The Walking Dead – O longo caminho até a 100° edição – Parte 1

HQs quinta-feira, 21 de junho de 2012

Pois bem moçadis, faltando menos de um mês para a 100° edição da HQ mais foda que já existiu sobre zumbis, vamos relembrar todas as aventuras muito loucas em que os xerife Rick e sua turminha do barulho se meteram até agora. Claro que tem spoiler pra quem ainda não leu até a edição 98 ou pra quem acompanha apenas a série.

 Parte 1 – Days Gone Bye (Dias Passados) – Quando Rick Grimes acordou do coma, ele não sabia que essa seria a pior coisa que poderia lhe acontecer. Desesperado para reencontrar sua família, Lori e Carl Grimes, o xerife parte para Atlanta, apenas com uma égua, uma sacola de armas e muita vontade de rever sua mulher e filho. No caminho, conhece Morgan Jones e seu filho Dwayne, que situam Rick sobre a atual condição do mundo, além de lhe dar abrigo e alimentá-lo. Partindo novamente, ele chega a Atlanta, apenas para ser cercado pelos walkers e ver sua égua virar lanche de defunto. Já sem esperança e achando que iria bater as botas, Rick acaba sendo salvo por Glenn, que estava buscando suprimentos para os sobreviventes que estão acampados perto dali. Se achando sortudo por ter sido salvo, Rick descobre que é ainda mais cagão quando reencontra sua família no mesmo acampamento de Glenn. Seria tudo uma grande alegria, se nesse acampamento não estivesse também Shane, amigo policial de Rick e atual comedor da sua mulher. Além de Shane, Lori, Carl e Glenn, no acampamento também estão: Andrea (Que aqui não é uma vagabunda egoísta), sua irmã Amy, Dale, Carol e sua filha Sophia, Jim, Allen e Donna e seus filhos gêmeos Billy e Ben (Que serão responsáveis pelas bolas de Carl descerem). Pois bem, após se vestirem com tripas de zumbis para irem até a cidade em busca de mais armas e de um ataque zumbi que leva embora 2 personagens, o primeiro arco de The Walking Dead se encerra com a morte de Shane, baleado no pescoço por Carl. Confesso que comecei a ler The Walking Dead após ver o 1° trailer da série na internet, meses antes da estréia da mesma, e sinceramente, não esperava grandes coisas. Um xerife em seu cavalo em busca de sua família em um mundo cheio de zumbis? Eu imaginei um Evil Dead, mas me surpreendi logo na primeira edição e li as próximas 70 ou 80 HQs em poucos dias, quase nem dormia, tamanha era minha alegria em ler TWD.

 Parte 2 – Miles Behind Us (Caminhos Trilhados) – Após abandonarem o acampamento, os sobreviventes dos sobreviventes enfrentam o inverno (Não, não aquele Inverno de Game of Thrones, mas ainda sim, é ruim) enquanto buscam um lugar seguro para ficarem. Nesse arco conhecemos o (Até então) personagem mais foda da série, Tyreese, ex-jogador de futebol americano, sua filha Julie e seu genro (Pau no cu) Chris. Os sobreviventes encontram um condomínio particular que parece ser seguro, com ênfase no parece. Eles até passam a noite no local e pela manhã, quando Rick vai até o trailer, percebe uma placa que antes a neve estava tampando. O que a placa dizia? Não lembro, mas era algo sobre o local estar infestado de zumbis. Rick corre para avisar os outros, mas já era tarde e Donna já havia vira petipetisco de walker. Os sobreviventes, cada vez mais fodidos, fogem novamente. E agora, temos o acontecimento que leva os sobreviventes para a fazenda. Rick, Tyreese e Carl saem para caçar e o Grimes juvenil é baleado por Otis (Que não é careca, nem gordo e tão pouco tem um papel significativo como na série). E assim, eles chegam a fazenda. Sem muita enrolação, Hershel opera o garoto, Glenn cata a filha do fazendeiro (Piada velha) e Rick descobre que o celeiro está cheio de zumbis. É nessa hora que está a maior diferença entre os quadrinhos e a série. É Hershel quem conta sobre os zumbis no celeiro para Rick, também não temos todo aquele lenga lenga com a Sophia e o mais importante, Hershel tem 6 filhos, até agora. Enquanto tenta colocar outro zumbi no celeiro, os outros saem e 2 filhos do fazendeiro vão pro saco. Irritado com a porra toda, Hershel bota geral pra fora da sua fazenda, menos Glenn, que decide ficar com sua namoradinha, Maggie. Ao final desse arco, o pequeno grupo de sobreviventes encontra a prisão, sem saber que o que viria a seguir, seria o pior momento de suas vidas.

 Parte 3 – Safety Behind Bars (Segurança Atrás das Grades) – A prisão, pela primeira vez na vida de todos, parece o melhor lugar para se viver atualmente. Então Rick e seus amiguinhos invadem o local e começam a limpeza. Após matarem dezenas de zumbis no pátio, eles decidem entrar na prisão e terminar de limpar o local. Qual a surpresa deles ao encontrarem 4 presidiários vivendo de boa no refeitório. Rick decide então ir buscar Hershel e os outros na fazenda, uma vez que a prisão é mais segura do que a fazenda. Após voltar com Hershel, família e agregados, tudo começa a piorar. Glenn e Maggie decidem que vão foder em todos os locais possíveis e impossíveis da prisão. Isso é relevante? Não seria, mas é por causa deles que as desgraças começam a acontecer. Existe um assassino entre eles. Após isso, uma nova lei se instala entre os sobreviventes, você mata, você morre. Aqui também temos suicídios, amputações e tentativas de amputações. Um dos primeiros arcos onde os walkers não são o grande problema, mas sim os vivos. Aliás, esse será um caminho trilhado e muito bem trilhado por Kirkman nas próximas edições, especialmente a 100°, que ao que tudo indica, será o maior massacre de TWD desde a época do Governador. E é claro que todos queremos que isso seja verdade.

 Parte 4 – The Hearts Desire (Desejos Carnais) – É a partir daqui que a coisa começa a ficar séria. Os presidiários e Patricia decidem expulsar Rick e os outros da prisão, mas acabam sendo frustrados por Rick e seu super golpe, o tiro certeiro na cabeça. Aqui também surge Michonne e seus zumbis de estimação. Ela salva a bunda de Otis, que estava preso do lado de fora em sua carroça. Tyreese, que até então namorava Carol, começa a se interessar por Michonne, que retribui de maneiras muito generosas. Carol os vê juntos e começa a desenvolver suas tendências suicidas. Rick tem um ataque de pelancas e cai na porrada com Tyreese. Após cair do 2° andar da prisão, Rick dorme por dois dias e acorda pra descobrir que não está mais no comando, pelo menos não mais sozinho. Agora existem 4 líderes: Tyreese, Dale, Hershel e Rick. Tudo bem pra Rick? Aparentemente sim, mas isso tudo resulta na frase mais foda já proferida pelo xerife. “Nós somos os mortos vivos.” Ôlôcobixôoooestaferaaêmeu. E tudo caminha rumo ao caos. O caos que todos os leitores sádicos de TWD adoram. Aliás, acho que TWD é a única HQ que faz com que seus leitores torçam para os protagonistas se fodam. Não porque não gostamos deles, mas porque quando isso acontece, é resultado de uma história mega foda.

 Parte 5 – The Best Defense (A Melhor Defesa) – Após verem um helicóptero caindo próximo a prisão, Rick, Glenn e Michonne partem atrás dele para ver se encontram sobreviventes, mas ao chegarem lá, descobrem que seja lá quem fosse que estivesse no helicóptero já havia sido retirado de lá. Seguindo rastros, eles chegam a Woodburry, ou a cidade dos pesadelos. Capturados pelo Governador, Rick, Glenn e principalmente Michonne são torturados e mutilados pelo maníaco mais maneiro de todo o universo das HQs, porém, tudo isso desencadeará algo muito pior. Esse é um dos melhores arcos de TWD, pois começa a nos mostrar aos poucos a insanidade de Kirkman. Temos um vilão totalmente humano, perturbado e que ainda por cima governa toda uma cidade, com alguns habitantes tão loucos quanto ele. A arena onde humanos enfrentam zumbis é bem maneira e Michonne mostra que não tá de brincadeira nessa porra quando é lançada lá. A “filha” zumbi do Governados também é algo muito louco de se ver, porém, esse arco é apenas um aperitivo. O prato principal é algo muito maior e melhor, que nos mostra que em TWD, qualquer um pode morrer. Kirkman, seu gordo desalmado, fidumarapariga. Nós te amamos cara.

 Parte 6 – This Sorrowfull Life (Vida de Agonia) – Tentando descobrir onde fica a prisão de onde Rick e os outros vieram, o Governador continua suas torturas. Rick acaba sendo ajudado por 2 habitantes de Woodyburry. Os 3 fogem, Michonne tem sua vingança e eles retornam para a prisão, e é lá que Rick descobre como foi burro. Um dos habitantes de Woodyburry que o ajudou a fugir foi com ele até a prisão apenas pra voltar correndo e contar tudo pro titio Governador. E agora, Rick? Agora fodeu. A vingança de Michonne, ah, a vingança de Michonne. Nesse arco, percebemos que Michonne não é boa apenas com sua katana, mas também tem ótimas habilidades com uma colher. Até hoje, sempre que eu vejo uma mulher mal encarada segurando uma colher eu disfarço e corro. Corro por 3 dias seguidos, sem olhar pra trás. Rick continua nos mostrando que é capaz de tudo para manter sua família e a prisão segura, dando um fim ao seu ajudante traidor. Quantas vezes é preciso passar com um trailer por cima de um professor de educação física para ter certeza de que ele está morto e descontar sua frustração por ter sido enganado? E olha que o Rick só tem uma mão hein. Carai, que xerife endemoniado.

 Parte 7 – The Calm Before (Calmaria que Antecede) – A filha de Rick/Shane está prestes a nascer e por sorte, a outra habitante de Woodburry que fugiu com Rick e os outros é médica (Tá, ela é enfermeira, mas é melhor que nada) e faz o parto. Os sobreviventes se preparam para um possível ataque do Governador e seus seguidores. Eles nunca estiveram tão certos. Aqui também temos a morte de uma personagem chata e pirada que na série consegue ser ainda mais chata e pirada. E é uma morte foda, e enfermeirinha de Woodburry que agora está na prisão capturou um walker para ser estudado e o deixou amarrado em um ferro no pátio. Grande erro. Zumbis deveriam vir com o avido de: Mantenha longe do alcance de idiotas suicidas. Se bem que acho que nem é necessário, mas fazer o que. Esse é o ultimo arco em que veremos muitos dos personagens que estão desde o princípio. A partir do próximo arco, a HQ dá uma reformulada e nos deixa com pouco mais de 6 personagens, e que continuam a diminuir. A seguir, a maior matança do mundo dos quadrinhos.

Leia mais em: ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Marcos

    chega logo 100!!!!!!!

  • Arthur

    Ah, TWD. Quando eu comecei a ler nem sonhava que teria uma série, e nem sonhava que teria uma sigla e não tinha que explicar porque a hq é foda e a série não.

busca

confira

quem?

baconfrito