Resumão: UFC Fight Week

Televisão quarta-feira, 13 de julho de 2016 – 0 comentários

Semana passada rolou o que foi chamado de UFC Fight Week, três dias de paz, amor e música muita luta: Na quinta, rolou a disputa pelo cinturão dos Leves entre Rafael dos Anjos e Eddie Alvarez; na sexta, a final do The Ultimate Fighter 23, com o combate entre as Peso-palha Joanna Jedrzejczyk e Claudia Gadelha e, no sábado, a edição comemorativa mais importante do ano, o UFC 200, que já começou cagada. Com dois dias de antecedência, Jon Jones foi pego no exame antidoping não por uma, mas duas substâncias proibidas, sendo defenestrado do card, deixando o campeão interino, Daniel Cormier, desolado, pensando sobre o prejuízo financeiro e emocional de segurar essa barra que é ter Bones como principal oponente. Quem entrou para salvar o dia foi Anderson Silva, que não tinha nada a perder. Muito pelo contrário. Só vi vantagens. Engordou a conta bancária e lutou sem a menor obrigação de vencer. Só na brisa. Sobrou zica até para Bruce Buffer, o apresentador, que também quase desfalcou a semana mais importante da organização ao lesionar a perna numa batalha… de lip sync. Tem como ser mais maravilhoso? Não tem. Apesar da dor e das dificuldades, ele conseguiu comparecer. Estimamos melhoras.

Mas vamos por partes, porque rolou muita coisa nessa que foi uma espécie de festa estranha com gente esquisita. Chega mais!

continue lendo »

Baconews #39 – Êta, semana escrota!

Cinema, HQs, Televisão sábado, 04 de junho de 2016 – 0 comentários

E chegou ao mundo a edição mais atrasada de todos os tempos do Baconews. Então não perde mais tempo e dá um clique aí que hoje nós falamos até de UFC. Não gosta de UFC? E da Nelly? Ah, da Nelly cê gosta, né? continue lendo »

O que esperar do UFC 198?

Televisão sexta-feira, 13 de maio de 2016 – 0 comentários

Finalmente o Brasil receberá um mega evento do UFC no próximo sábado amanhã (14). A edição de número 198 acontecerá em Curitiba, na Arena da Baixada, e contará com um card de primeira linha, depois de uma série de eventinhos inexpressivos que sequer valeram minha assinatura mensal do Canal Combate. Teremos a estreia tão esperada de Cris Cyborg na organização, o embate entre os brasileiros Vitor Belfort e Ronaldo Jacaré e, pra coroar, a luta principal da noite, quando Fabrício Werdum e o croata Stipe Miocic irão disputar o cinturão dos pesos-pesados. Anderson Silva lutaria contra o americano Uriah Hall, mas o ex-campeão, em sua maré de azar que parece não cessar, retirou a vesícula de emergência e precisou se afastar. Não importa. Vai ser duro, vai ser rude. Vai ser do caralho. E, mesmo que você não goste de luta, não pode perder.

Então, o que esperar do UFC 198, além de muito dinheiro no bolso dos irmãos Fertitta e do CEO, Dana White?

…tem também Bruce Buffer falando português melhor do que você.

continue lendo »

UFC 167 – GSP vs. Hendricks: Garfado ou não?

Televisão terça-feira, 19 de novembro de 2013 – 3 comentários

Sempre que paro para assistir uma defesa de cinturão sinto algo diferente na barriga. E não estou falando de gases. Perco o sono, minhas mãos ficam nervosas e eu não consigo ficar quieta no sofá. Com a luta do UFC 167, a comemoração de 20 anos da organização, não teria como ser diferente. Apesar de não ser grande fã do modo burocrático de Georges “Rush” St. Pierre lutar, seu desafiante Johny “Big Rigg” Hendricks me anima. Fora a técnica do lutador de 30 anos, que contabiliza 15 vitórias e 2 derrotas em seu cartel no MMA, ele gosta do que faz. Está sempre sorrindo, mesmo durante os combates, e não tem medo de ir pra frente e encarar as adversidades. Em suma, o cara é foda. Mas foda o suficiente para destronar o campeão? continue lendo »

TUF Brasil 3: Team Silva vs. Team Sonnen

Televisão quarta-feira, 23 de outubro de 2013 – 3 comentários

HAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHA, CHAEL SONNEN VAI SER COACH NO TUF BRASIL HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA, CONTRA O WANDERLEI SILVA HAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHHAHA!

Será que o Euclides Pizurk vai querer comer minha bunda gorda se eu parar o texto por aí? Porque eu nem sei direito o que achar disso tudo. É claro que parte disso faz sentido, tendo em vista a rivalidade que os dois desenvolveram nos últimos tempos e a troca constante de elogios. O que não faz sentido é a figura mais odiada do MMA no Brasil treinar um time exclusivamente composto por… Brasileiros. Se o programa se chama The Ultimate Fighter Brasil: Em busca de campeões (Aliás, lixo de complemento) e é transmitido por uma emissora nacional, ele deveria ser composto por técnicos e lutadores brasileiros. Assim como seria estranho se Ronda Rousey e Miesha Tate tivessem treinado apenas homens, na última temporada do TUF americano. Ou seja, por mais interessante que pareça, qualquer elemento que não se encaixe nesse formato, descaracteriza o programa como conhecemos. continue lendo »

UFC 165: Jones vs. Gustafsson, a luta em que todos venceram

Televisão quarta-feira, 25 de setembro de 2013 – 3 comentários

Sou fã de artes marciais desde criancinha. Desde a época em que ficava na turma de apoio da educação física (Pedagogia: A gente vê por aqui), percebia que era diferente das demais meninas. Nunca tive aptidão para esportes, mas as outras crianças se divertiam jogando o funny vôlei que a professora mandava a gente jogar. Eu achava extremamente entediante. Via pugilistas, lutadores de judô e imaginava que deveria ser do caralho saber fazer aquelas coisas.

Meu primeiro contato, de fato, como praticante, foi aos 16 anos lutando boxe. E apesar de ser baixinha, gordinha e completamente ineficiente, me divertia tomando umas porradas na cara e chegando roxa no colégio. Sigo praticando, por prazer, do jeito que dá. E foi assim que comecei a acompanhar eventos de luta em geral, já que na época o MMA não tinha o peso que tem hoje e nem a mesma acessibilidade. continue lendo »

E viva o UFC

Televisão terça-feira, 25 de setembro de 2012 – 2 comentários

Você pode ser inteligente, pode ser inteligente para carambolas, pode até ser inteligente para caralho, mas você deve admitir que quando estava na escola e alguém jurava um outro alguém de morte na hora da saída, era o primeiro a sair e puxar o coro de: “briga, briga, briga, briga!”. Enfim, todos gostam de um bom porradeiro e se você é daqueles que dizem que UFC é coisa de viado porque são dois homens se agarrando, é bem possível que você seja viado. Vou te apresentar um senhor aqui, e tu xinga ele e a família dele de viado. Beleza?

 Achei mesmo que fosse mudar de ideia.

continue lendo »

confira

quem?

baconfrito