Sobre o descaso das empresas com os servidores nacionais

GameFreaks quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2009

O tema que eu iria escrever nesta semana era outro, mas decidi que esse era um assunto mais importante e que deveria ser abordado o quanto antes. Jogo MMORPGs há um tempo relativamente grande, 6 anos, e posso dizer um pouco sobre as minhas experiências.

Como muitos devem saber, comecei com o Tibia, o que durou bastante tempo, se comparar com vários outros MMOs pelos quais eu já passei, e, enfim, alguns de vocês podem não saber, mas o Tibia já teve um “mundo” brasileiro.

Issae, o Tibia TEVE UM SERVIDOR BRASILEIRO. Ele existe até hoje, só não é mais… brasileiro. Quem viveu naquela época sabe o que aconteceu. Todo um hype no TibiaBR, brasileiros ansiosos como macacos no cio e especulações sobre o porquê do nome. “Tenebra”. Desde deusas de mitologias estranhas, até associações com palavras e ao nosso país.

tenebraO mito, a lenda.

Finalmente o servidor foi lançado, não lembro-me bem quando, e todo brasileiro que se preze fez uma conta no dito cujo. Sabe o resultado? O servidor era um lag só, caía toda hora, tava uma bosta. Semanas depois foi anunciado que o servidor se mudaria pros EUA. Esse foi o primeiro de muitos casos que eu vi acontecer no mundo dos MMOs. Não tenho certeza se foi só descaso, talvez o Brasil só não estivesse pronto pra receber um servidor de Tibia, mas eles nunca tentaram de novo.

Tempos depois, a LU!G estaria trazendo Ragnarök pro Brasil, e isso foi um marco pra minha entrada no mundo dos Games Online porque, mesmo eu não conseguindo jogar Ragnarök, assinei o “Newsletter”, e um tempo depois, ela trouxe mais alguns jogos estrangeiros. Meu primeiro contato com um servidor nacional foi com GunBound. Eu sei que não é da LU!G, mas isso explicarei depois. GunBound tinha bastante lag, hackers, cheaters, spammers, chatos e… eu só vi um GM lá uma vez. UMA VEZ.

 Apesar de não gostar de Ragnarök, tenho que adimitir, as personagems são… (heh)

Depois disso, voltei a jogar em servidor nacional no Grand Chase. Não tive muito o que reclamar no começo, sendo que joguei desde a segunda semana do lançamento da bagaça. Até que depois de mais um hype, foi lançada a segunda classe da Arme, a Alquimista. Pena que alguns conseguiram pegar ela antes de outros, já que eles, por acidente, colocaram o teste à venda alguns dias antes do lançamento oficial, e depois retiraram rapidamente. Tá, até aí tudo bem, já que isso acontece e tudo mais. Só que após o lançamento oficial, jogar Grand Chase era só um grande… desafio. Sério, um DESAFIO. Metade do Grand Chase estava tentando pegar a segunda classe da arme, e a outra metade estava tentanto jogar normal. TENTANDO, eu disse, já que além do jogo bugar em 6 de cada 5 partidas, caía toda hora, estava um lag infernal e, após duas atualizações, o problema ainda não havia sido resolvido. Alguns bugs eram ruins, outros eram bons, como o que te dava mais de um fragmento por partida, mas o jogo estava realmente uma porcaria. Outro caso que fiquei sabendo logo seguido ao do Grand Chase era o do Gunz: The Duel. Em alguns lugares ele simplesmente… não pega. Não tem nada a ver com o computador, ou a velocidade da internet, é só um bug que a LU!G não sabe corrigir. Na minha casa, por exemplo, não posso jogar The Duel. O Entravix, revisor do ScS, também não. Agora a segunda gordinha mais quente da galáxia, perdendo apenas para o Luke, pode (Nota do editor:Luke? WTF? – Atillah). E daria um pau na gente se nós fossemos jogar com ela. Triste, muito triste…

fuuuuu “Agent Error: Agent not available” FUUUUUUUUUUU

Um caso mais recente aconteceu há pouco tempo atrás, quando a LU!G juntou todos os servidores de Ragnarök em um só, e criou um servidor “gratuito”, o que enfureceu muitos jogadores. Outro caso, ainda com a LU!G, foi a Season 2 de Grand Chase, que além de ter chegado atrasada, veio cheia de bugs, depois de um tempo RETIRARAM o drop de itens em missões, o lag estava alto, a Amy demorou pra chegar, promoções de cash em abundância, itens criados só pra arrancar dinheiro dos jogadores. Também houve todo um hype pelo lançamento de Perfect World, que demorou ATÉ DEMAIS.

Se alguém da Level Up! Games está lendo isso, favor se pronunciar.

Agora, tenho que dar os parabéns à Gamemaxx, que trouxe Cabal Online pro Brasil. Podem falar que eu sou paga pau do jogo, ou nerd, ou babaca, ou qualquer coisa, mas eu nunca tive do que reclamar. Nunca tomei DC no Cabal Online, tirando as vezes que a MINHA internet caía. Sempre que encontrava algum bug ou tinha alguma dúvida, tinham GMs online no Canal 2, e eles sempre me responderam de forma clara e educada. Muita, mas muita gente mesmo, enche o fórum de reclamações por causa de eventos como os de natal, ano novo, ou Halloween, que eles entregavam itens ou colocavam monstros especiais nos mapas. Eles reclamavam que os loots dos eventos estavam “nerfados”, ou os drops ruins, ou os servidores cheios demais, só que na minha opinião, eles nem poderiam reclamar. Cara, é um evento, eventos NÃO SÃO obrigatórios, e se você não gostou, basta não participar. Eu acho super foda a Gamemaxx fazer eventos temáticos em praticamente TODOS os feriados especiais que temos no ano, deixa o jogo mais movimentado e divertido, além de aproximar mais os jogadores. Ou essa deveria ser a verdadeira intenção.

A coluna dessa semana fica por aqui. Bjsmeliga (heh)

Leia mais em: , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito