Santos Demônios – Parte III

HQs sábado, 27 de novembro de 2010

Se tem uma coisa que é comum aos heróis é ter um sidekick/parceiro-mirim. E como vamos tratando dos demônios que atuam como heróis, mesmo que apenas algumas vezes, não poderíamos deixar de lado esse segmento.

Dessa forma, vamos abordar no texto de hoje Daniel Patrick Cassidy, o Demônio Azul e seu parceiro-mirim Eddie Bloomberg, o Kid-Demônio/Demônio Vermelho.

 Os parceiros Demônio Azul e Kid Demônio

Inicialmente, Cassidy não tinha vocação nenhuma para ser herói, e muito menos se tornar um demônio, já que o mesmo não passava de um especialista em efeitos especiais. Foi quando, ao ser convidado para criar e dar vida ao personagem Demônio Azul, que Cassidy viu sua vida ser virada de ponta cabeça.

Ele criou uma armadura com aparência de demônio e capaz de produzir vários efeitos. As gravações para o filme iam bem até que dois companheiros de gravação de Cassidy acabaram libertando o demônio Nebiros.

Pra salvar o elenco e a equipe de filmagem, Daniel acabou saindo no braço com Nebiros, e durante o conflito acabou sendo atingindo por uma rajada mística que fez o uniforme se unir permanentemente ao corpo do herói. Mas, apesar de tudo ele consegue enviar Nebiros de volta aos quintos do inferno.

 De ator a herói

Com isso, Cassidy passou a atuar em inúmeras aventuras, pois desde que teve sua armadura fundida em seu corpo, as criaturas mais estranhas passaram a aparecer repentinamente em sua vida. E entre uma luta e outra, o novo herói do pedaço buscava uma forma de se livrar da armadura para poder voltar a ter uma vida normal.

Porém, Cassidy deu adeus a esse sonho quando ele passou a fazer parte da Liga da Justiça da América. E foi nesse período que o demônio Neron tomou o controle do inferno para si e passou a buscar mais almas na Terra, fazendo de Cassidy um alvo em potencial.

O diabo ofereceu a Cassidy a chance de se tornar uma estrela de cinema, mas não mencionou que a proposta teria um preço: A vida de uma pessoa muito próxima a Cassidy de quem falaremos mais adiante. Assim que aceitou o acordo, Cassidy acabou causando sem querer a destruição de uma subestação elétrica no deserto, matando duas pessoas e selando o pacto com Neron.

 Neron, o senhor dos “acordos”

Sentindo-se enganado por Neron, Cassidy lutou contra o demônio e morreu no processo, mas sua morte não lhe trouxe paz já que, em seguida, ressuscitou como o atual demônio, sendo que agora não está mais preso em seu uniforme. Ele é o próprio Demônio Azul.

De volta a vida, Cassidy seguiu lutando ao lado da Liga da Justiça até que perdeu sua vida numa luta contra o vilão Mist. Mas, mais uma vez ele foi ressuscitado por um feitiço realizado por Sebastian Faust.

Faust tinha o objetivo de fazer com que Demônio Azul, juntamente com outros heróis, fossem ao inferno para reacender as chamas do mesmo, que encontrava-se literalmente congelado, dando oportunidade a vários demônios de circular pela terra. No inferno, a equipe enfrentou Nebiros, o último demônio do Inferno, que guardava o portal da Cidade de Dis. Nebiros portava um tridente dado a ele pelo Rei das Mentiras. Durante a luta, Fausto roubou o tridente, ressuscitando Cassidy, enquanto os heróis venceram os demônios.

Após reacender o inferno, Cassidy se aliou aos Sentinelas da Magia, junto com Fausto e outros heróis, com o objetivo de proteger a magia da Terra. E mais uma vez Cassidy morreu numa luta, desta vez contra Hermes Trismegistus, mas não permaneceu morto por muito tempo, pois conseguiu ao banir o demônio de volta ao Inferno, acabou ressuscitado.

Cansado desse vive-morre-vive, o Demônio Azul sumiu por um tempo, passando a trabalhar como guarda-costa do Oblivion Bar (Um lugar místico da DC, onde todos os seres mágicos passam pra aquele happy hour). Porém ele se viu obrigado a voltar a atuar em sua carreira heróica quando o vilão Eclipso passou a manipular o Espectro para matar toda a magia existente.

Esses fatos ocorrem em Dia de Vingança, e serve para prelúdio para Crise Infinita. Enfim, para sobreviver e deter o espectro, um novo Pacto das Sombras surge, tendo Daniel como o “homem-forte” do grupo. Após ajudar a derrotar o Espectro, o Demônio Azul, juntamente com o Pacto das Sombras, passou a patrulhar a magia que estava caótica no universo.

 Demônio Azul com os companheiros do Pacto das Sombras

E foi no meio dessas “patrulhas” que Cassidy reencontrou um demônio de fogo que afirma ser seu irmão. De acordo com ele, o acordo feito entre Daniel e Neron incluía toda sua família e não apenas ele. Isso não foi oficialmente confirmado, mas fez com que o Demônio Azul se corroesse em remorso uma vez que Cassidy é um católico devoto.

Antes de se tornar o Demônio Azul, Dan Cassidy já possuía treinamento em artes marciais e acrobacia, o que contribuiu muito em seus primeiro dias de heroísmo. Atualmente, Demônio Azul possui força sobre-humana e porta o Tridente de Lúcifer, que o permite encontrar demônios e bani-los ao Inferno.

Apesar de gostar de sua vida como herói, Cassidy detestava a presença de seu parceiro e fã Eddie Bloomberg, já que tinha medo do mesmo se machucar. Mas Eddie nunca ligou para isso. A vida de aventureiro de Eduard Bloomberg teve início aos 12 anos, quando ele era assistente na companhia de filmagens de sua Tia Marla Bloomberg que produzia o filme do Demônio Azul.

 Kid Demônio

Durante as filmagens, ele passou a admirar Daniel Cassidy, que encarnava o personagem. Sua admiração cresceu mais ainda quando Daniel enfrentou Nebirus. Nesse momento ele resolveu atuar ao lado do Demônio Azul a qualquer custo.

Sendo inteligente e conhecedor dos processos fundamentais do traje do Demônio Azul, Eddie construiu uma versão do uniforme para si mesmo e passou a se denominar de Kid Demônio. O garoto sonhava em se tornar herói e para isso se tornou parceiro de Daniel, mesmo Cassidy sendo completamente contra a idéia de ter um parceiro.

Provar sua capacidade como parceiro-mirim era tudo que Eddie queria, e sua chance surgiu durante um confronto entre o Demônio Azul e Verner’s Vanquisher. Ao descobrirem sobre as aventuras de Eddie, seus pais o trouxeram de volta para casa e deixaram sua educação para um trio de professores do Instituto de Conflitos Hipernormais.

Durante esse período, Eddie enfrentou Capitão-Frio e encontrou Jason Todd, o segundo Robin. Eddie agora atuava como heróis com ou sem o consentimento de Demônio Azul, pois estava determinado a se tornar um herói a qualquer custo.

Quando Daniel fez o acordo com Neron para voltar a ser uma estrela de cinema, ele causou um acidente numa subestação elétrica no deserto, que veio a matar a tia de Eddie, Marla e o piloto do helicóptero que ela estava.

 Demônio Vermelho

Com a morte de sua tia, Eddie passou a se dedicar no mundo cinematográfico de forma a honrar a memória de Marla, porém sem sucesso. Nessa época, ele meio que se afastou de sua carreira heróica, mas acabou ajudando a Justiça Jovem em algumas aventuras.

Eddie resolveu reassumir sua carreira como Kid Demônio quando, após a Crise Infinita, os Novos Titãs passaram a recrutar novos membros. Assim, Bloomberg viajou até a Torre Titã em São Francisco, mas por não ter poderes acabou não sendo aprovado para a equipe.

Como seu sonho era se tornar um herói, ele passou a buscar poder de qualquer forma. Ele tentou entrar no programa “Everyman” de Lex Luthor, mas também foi rejeitado por razões “psicológicas”. Desesperado por habilidades sobre-humanas, Kid Devil usou os poderes místicos de Zatara para contactar o demônio Neron, que daria poderes a Eddie com uma condição: Se a confiança entre Eddie e Daniel Cassidy fosse quebrada, Eddie deixaria o mundo dos homens no seu vigésimo aniversário para se tornar o parceiro de Neron, no Inferno.

Tendo total certeza de sua confiança no Demônio Azul, Kid Demônio aceitou a proposta, sendo transformado por Neron em um ser vermelho, com chifres e com chamas nas bocas, passando a adotar o nome de Demônio Vermelho. Porém a alegria de Eddie acabou quando Neron revelou que Daniel Cassidy havia sido o responsável pela morte de sua tia Marla.

Mesmo com sua fé no Demônio Azul, Eddie se juntou aos Novos Titãs realizando seu sonho de se tornar um super-herói de verdade. Desconsiderando a “mentira” de Neron, Eddie foi atrás de Demônio Azul para saber toda a verdade. Após encontrá-lo, Eddie ficou chocado ao descobrir que Daniel teve papel sórdido na morte de sua tia. Então, a confiança foi quebrada.

Com o fim dessa confiança, o Demônio Vermelho passou a se torturar por saber que em três anos, estaria ao lado de Neron e essa sua preocupação ele manteve em segredo de todos. Mas, se antes, quando usava o traje de Kid Demônio, ele possuía uma resistência e agilidade aumentada e capacidade para grandes saltos, além de um tridente gerador de propulsão, permitindo que voasse por um curto período, Eddie passou a ser bem mais poderoso após se tornar um demônio, já que além de força e velocidade super-humana, ele também dispara chamas através de sua boca, possui asas similares as de um morcego que lhe permitem pequenos vôos, além de contar com uma resistência extrema.

Durante suas aventuras com os Titãs, Eddie se encontra com uma versão futura sua que afirma que, apesar de perder a alma para Neron aos 20 anos, o poder adquirido após isso é muito melhor. Além disso, ele descobre que no futuro acabaria matando o Besouro Azul e Eddie passa a se torturar com essa idéia.

Procurando se divertir e com o resto dos Titãs longe, Eddie resolve dar uma festa na Torre Titã. O que ele não sabia é que ele acabaria introduzindo no local um vilão pertencente ao grupo Terror Titãs que quer destruir o grupo de heróis. Eddie acaba sendo capturado e mais tarde salvo por seus companheiros. Durante uma de suas aventuras, ele acaba se tornando um grande amigo de Besouro Azul, o que diminui sua preocupação com o fato de no futuro poder a vir matá-lo.

Durante a Crise Final, ele se junta a resistência contra Darkside e quando tudo volta ao normal, Eddie passa a buscar novos integrantes para os Novos Titãs. E em meio a esse recrutamento ele se junta aos Novos Titãs para enfrentar o Irmão Sangue, que estava ressuscitando diretamente do inferno.

Durante a batalha, o vilão consegue absorver o poder demoníaco de Eddie, deixando-o novamente humano, e aparentemente livre do acordo com Neron. Querendo recuperar seus poderes, Eddie vai ao inferno com a ajuda de Kid Eternidade e descobre que Neron apenas ativou seu metagene, ou seja, poderes que ele próprio possuia.

Disposto a recuperar seus poderes a qualquer custo, Eddie procura “assinar” um novo contrato, desta vez com Blaze, que agora é o novo comandante do inferno. Porém, Kid Eternidade intervém trazendo a alma da tia de Eddie, Marla, que lhe convence a não assinar o contrato.

Mesmo sem poderes, Eddie continua a ser membro dos Titãs, passando a usar seu antigo traje em uma ou outra ocasião. Aparentemente, ele morreu em uma história dos Novos Titãs (Não publicada no Brasil), onde, para salvar São Francisco de um homem radioativo que estava prestes a explodir, ele se sacrifica levando o vilão para longe.

Enfim, tanto a vida de Daniel Cassidy quanto a de Eddie Bloomberg não são perfeitas nem fáceis, mas eles fazem de tudo para tentar realizar aquilo que é certo e se tornarem grandes heróis.

No próximo artigo o garoto do inferno.

Leia mais em: , , , , , , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito