Por que os finais das séries não agradam? – Parte IV

Sit.Com quarta-feira, 04 de agosto de 2010

Imagina aquela sua série super alto astral, que fez você gargalhar por anos a fio e, justamente no final, você acabou chorando, mas não de rir.

Por mais que você tenha as boas lembranças, das trapalhadas daqueles amigos, ou daquela família muito louca, que aprontava altas confusões, ou daquele agente que fazia bombas nucleares com clipes de papel… Enfim, uma infinidade de exemplos de séries que a premissa era divertir, dar risadas ou manter o astral lá em cima e, simplesmente, terminaram de forma melancólica, triste ou de fazer chorar.

Segue alguns exemplos:

Friends

Segundo muitos, e bota muitos mesmo, a melhor série de todos os tempos. Chandler, Monica, Joey, Rachel, Phoebe e Ross garantiram boas risadas por longos 10 anos. O capítulo final é de dar nó na garganta, mas quando todos saem do apartamento e a câmera dá uma última panorâmica no principal ponto de encontro deles, sem ninguém lá dentro, bate uma aflição e fica difícil segurar as lágrimas. Nada a ver para uma série que bateu vários recordes de audiência e tinha como ponto chave divertir.

Chapolin

É rapaz, até o herói nacional do México teve um fim decepcionante. No melhor estilo fim de feira, Chapolin e todos os coadjuvantes do programa se despedem do público e agradecem à toda equipe técnica pelos serviços prestados. Claro que o Senor Abravanel não comprou e exibiu esse episódio, mas tá lá no youtube para quem quiser ver e sentir aquela dó.

MacGyver (Profissão: Perigo)

Ok, não era uma série cômica, mas era super alto astral, com aquele quê de aventura inocente, onde o protagonista escapava de situações impossíveis usando um chiclete mascado e um band-aid. O final é meio estilo Chapolin, com a diferença ao se despedir do chefe Pete, MacGyver pega seu filho, põe na garupa e sai num road movie pelo país, com ele falando com o público, agradecendo a audiência e aquela coisa toda. Boring ao extremo.

Seinfield

Aqui, de acordo com o Théo, a melhor série de todos os tempos. Apesar de umas boas tiradas, os produtores acharam que seria “legal” fazer um final, onde os protagonistas pagavam pelos 8 anos em que foram politicamente incorretos, indo em cana e jogando fora a maior oportunidade da vida deles. Sério, não foi legal e achei um lixo. Tento apagar esse final da cabeça, já que também adorava a série, mas praticamente cagaram nas cabeças dos fãs.

Louco por Você (Mad About You)

Simplesmente um dos casais mais legais, Paul Buchman e Jamie Stemple, que sempre deram provas de amor um ao outro, garantindo boas risadas por conta da convivência entre eles, se divorciam!? Sério, sem noção o cara que pensou nisso.

Família Dinossauros

A pior de todas em minha opinião. Merecia até um post à parte. Imagine uma série da Disney, com superprodução, roteiro bem escrito e personagens carismáticos e cativantes? Agora, imagine que essa série, apesar de ser cômica, tinha um quê de Simpsons, muitas vezes apelando para um humor ácido e à velha crítica à sociedade americana? Enfim, agora imagine, após uma senhora trapalhada do protagonista, Dino da Silva Sauro (Um Homer megalossauro) somado à queda daquele meteoro, que simplesmente vai acabar com mundo, com a família perdoando Dino e ainda confortando um Baby Sauro assustado? Bem, some-se a tudo isso à despedida do William Bonner da Globo de Pangea e temos o final mais triste de todos os tempos de uma série de TV. De arrepiar os pelos do saco.

E para vocês, quais as séries que fizeram vocês rirem e, no final, o choro que veio e marcou aquela história?

Leia mais em: , , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito