Overdose Sci-Fi: Contatos Imediatos do Terceiro Grau (Close Encounters of the Third Kind)

Cinema sexta-feira, 16 de maio de 2008

SCI-FI

 pôster original de cinema (1977)

Um clássico que merece ter seu espaço aqui entre o que há de melhor de ficção científica. Não por causa de seus efeitos, que até hoje ainda acho incríveis, mas sim por causa de sua história, tão simples e cativante do inicio ao fim.
Roy Neary é um cara que trabalha para uma companhia de energia elétrica e considerado por mim um pai muito dos filho da puta, pois trata seus filhos de uma maneira que nunca me esqueci e que pretendo anotar pra tratar os meus da mesma maneira. Logo no início, ele pergunta a um de seus filhos:
– Quantos anos você tem?
– Oito.
– Quer chegar aos nove? Vamos assistir pinóquio!

 Roy e seu bronzeado psico

Mais a frente, há mais partes que provam que ele é um “”bom”” pai. Enfim, no meio da noite, ele recebe uma ligação para checar umas linhas elétricas que estão falhando, mas no caminho pro local ele se perde. Enquanto tenta encontrar a rota certa, as naves do filme entram em contato com ele e com mais uma pá de gente, que pelo visto esperavam que as naves passassem por lá também. Um pouco antes do início do filme, aparecem umas cenas que parecem não fazer sentido, como aviões no meio do deserto que surgiram sem pilotos depois de terem sido dados como desaparecidos a pelo menos 30 anos, um navio no meio do deserto, e outras coisas mais; mas acredite, isso tudo é só pra dar um tom mais louco para o filme, que de comum não tem nada.
Como disse logo no começo, os efeitos são muito bons. Mesmo com mais de 25 de idade, o filme ainda consegue surpreender em algumas partes. Preste atenção na seqüência final que você irá entender o que estou falando. Mas é claro, eu não esperava menos de Steven Spielberg, diretor executivo desse filme.

 Algumas das naves

A trama também tem seus momentos dramáticos, como nas partes que mostram os conflitos familiares de Roy com sua familia, que se mostra preocupada e incomodada com o interesse que ele demonstra aos fatos que ocorreram. Apesar de tudo, não quer dizer que ele não tenha pontos fracos. Por exemplo, as cenas em que aparecem os soldados do governo. Até agora não consigo acreditar como eles são lerdos. Podem dizer que isso era justificativa para que a trama continuasse, mas acho que existe outras maneiras de que tudo siga seu rumo, não fazer com que civis corram mais que os soldados.

E as 5 notas que servem de cartão de visitas dos Discos voadores? aquela seqüência de sons é algo muito legal, ainda mais combinado com a sequência de sinais manuais que um dos personagens do filme utiliza em algumas partes:

 essa aí, ó

Resumindo tudo: assistam. Relembrar é sempre bom, e se o filme melhorou depois de alguns anos, é melhor ainda.

Contatos Imediatos do Terceiro Grau

Close Encounters of the Third Kind (137 minutos – Ficção Cientifica, drama, suspense)
Lançamento: 1977 (Estados Unidos)
Direção: Steven Spielberg
Roteiro: Steven Spielberg
Elenco: Richard Dreyfuss, François Truffaut, Melinda Dillon, Teri Garr, Gary Guffey, Lance Henricksen

Leia mais em: ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito