Overdose Nicolas Cage: Resenha – A Outra Face

Cinema segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

NICOLAS CAGE
Um carrossel. Pai e filho brincam inocentemente, até que, a cena muda, e passa um cara com uma arma, que pouco depois dispara, acertando o pai e por tabela, acertando o garoto. Choros, lágrimas, um pouco de sangue, e aí sim, depois de um pulo de 6 anos na história, o filme tem seu inicio oficial…

a outra face

Um policial, atrás do terrorista Castor troy (Nicolas Cage) que é procurado internacionalmente e que aparece logo depois armando uma bomba em algum lugar do estados unidos, pra variar um pouco. O policial, Sean Archer, interpretado por John Travolta, que depois de muito tempo, o consegue capturar. Até aí, nada de mais, mas ao descobrir que a bomba irá explodir em poucos dias, toda a divisão dele tenta descobrir onde está a bomba de todas as maneiras possíveis. E é aí que entra a parte de uma operação, que retira a face da pessoa e a transfere pra outra. Quem é o melhor pra essa operação? a única pessoa que respirava castor troy, o policial bonzinho que o havia prendido, e o conhece mais do que a própria filha.

sean-archer.JPGSean Archer, com cara de “noça, te odeiou, cara”

E tá lá ele, depois de ter brigado com a mulher, filha, todo mundo no departamento, e com cara de cu, esperando pra ir pra mesa, com seu amigo do lado, que ele entrega sua aliança enquanto se dirige para a sala de operação, uma das melhores cenas do filme:

operacao.JPG

Logo depois, é aí que entra a total interpretação dos atores, fazendo o papel do outro, algo que me fez prestar atenção o restante do filme inteiro. Perceba na imagem abaixo, logo depois da operação, que mesmo sendo a mesma pessoa, a interpretação dele muda completamente, como se o terrorista não existisse mais, e fosse mesmo Sean Archer na pele de Castor Troy:

sean-troy.JPG

Infiltrado na prisão onde está o irmão de Castor Troy, o único que sabe da bomba, ele tenta descobrir a localização dela, se mete em uns problemas, e ao descobrir, tenta contatar seus superiores, o que dá um problema muito grande, afinal, quem é que aparece na prisão?

confronto.JPGámágah

aparece Sean Archer. Depois disso tudo, se eu contar mais com certeza estragarei o filme, contando é claro, que você não o tenha visto ainda. Só digo que o filme foi dirigido por John Woo, o mesmo de missão impossível, o que somente percebi em uma das cenas, que pra variar, aparecem pombas:

pombas.JPG

Que presumo que sejam algum fetiche dele, pois aparecem em quase todos os filmes dirigidos por ele. Ou deve ser algum tipo de assinatura, sei lá. ótimo filme, perfeito em sua direção, os efeitos na hora da operação são muito bem feitos, assim como as cenas de tiroteios, e as cenas da prisão, perfeitas. assista, garanto que não irá se arrepender. A não ser que você seja um paranóico, e depois disso, comece a desconfiar de todo mundo que passe ao seu lado.

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • joao

    filme muito bom, mesmo. Ja faz um tempo que eu assisti!foi uma coisa de doido!

busca

confira

quem?

baconfrito