Overdose Adaptações: Batman – O Cavaleiro das Trevas (Batman: The Dark Knight)

Cinema sexta-feira, 18 de julho de 2008

 Muito material, mas muito MESMO, foi lançado pro filme Batman – O Cavaleiro das Trevas: Pôsteres, vídeos, imagens, sites e virais que incluiam tudo isso, além de telefones e quebra cabeças pro povo desvendar. Eu, como sou um grande preguiçoso, só vi alguns trailers [Quando chegou no trigésimo sétimo eu parei de acompanhar, já que eram todos parecidos.] e fotos. Ou seja, não cheguei a ver tudo o que tinha saido sobre, mas também não fui ver o filme sem saber nada.
E não acho que seja necessário ter acompanhado. O máximo que você precisa é ter visto é Batman Begins, ou nem isso. O filme por si só já é suficiente. Claro que você pode ir com um monte de expectativas, mas elas provavelmente serão superadas. A desgraça tem duas horas e meia, e você nem NOTA que passou tanto tempo. A não ser que tenha bebido muito, ai sua bexiga vai te trazer de volta ao mundo real.

EFEITOS VISUAIS / SONOROS

Muito bons, quase perfeitos. Nada como ver o Batman pulando de um prédio e abrindo a capa, de modo que ela vire tipo uma asa delta, e depois sair planando como se fosse a coisa mais normal do mundo. Meu único problema visual foi com algumas das cenas de luta: Odeio quando a luta fica meio encoberta, talvez por isso goste tanto de filmes de kung fu. Mas a maior parte delas mostra o morcegão quebrando todo mundo. E também apanhando um pouco, por que não?
Se as imagens são quase, os sons são perfeitos. A risada do Coringa é a melhor parte sonora do filme. Tudo bem que eu sou um psicopata, mas você realmente nota a insanidade do cara. Isso é mérito do Heath Ledger, claro. Mas se o som fosse uma bosta, talvez não tivesse tanto impacto. As cenas de ação, perseguição, luta e o escambau tem sempre efeitos sonoros muito bem trabalhados, de modo que você tem certeza que a explosão foi do seu lado. Sem contar que as músicas se encaixam (heh) perfeitamente com os momentos. Quando é ação, da-lhe música movimentada. Quando é tensão pura, aquela música chata que não deixa você em paz. Quando é aquela ceninha mela-cueca com a honra de alguém sendo mostrada, vai que vai com música-para-momentos-épicos. Ou algo assim.

 Cês nem imaginam de onde ele tira essa moto!

ENREDO

Batman e o tenente James Gordon se unem ao novo promotor público de Gotham, Harvey Dent, para acabar com a onda de crimes do psicopata conhecido como Coringa, enquanto o próprio toca o terror na cidade.
A questão é que isso não é nem metade do enredo do filme. Reviravoltas, tramas paralelas e coisa do tipo acontecem com freqüência, de modo que praticamente qualquer coisa que eu fale possa ser tomado como spoiler pelos pentelhos leitores do site.
Claro que deixaram uma GIGANTESCA abertura para uma provável continuação, mas também terminaram alguns assuntos pendentes do filme anterior, como o que aconteceu com o Espantalho, que tem uma pequena participação no início do filme.
Ah, sim, aqueles capangas que usam máscaras de palhaço aparecem só na seqüência inicial. Mas nem por isso deixam de ser importantes, mostrando o quão doente o Coringa é.
Fora aquela milícia que quer ajudar, aquela que o nome não me importa, que se veste de Batman e cai no tiroteio, que tem uma participação fundamental, sendo usada como “cartão de visitas” do Coringa.

 “Cê me chamou de PALHAÇO, véi?”

PERSONAGENS

Christian Bale é o Batman: exército de um homem só com treinamento em lutas, porrada, mas também mental, calculando coisas que você, pobre mortal, não consegue nem ferrando.
Aaron Eckhart é um Harvey Dent bonito, que fala bem e age com confiança, ganhando assim o povo de Gotham, ao mesmo tempo que arruma muitos inimigos, por conta das prisões que fez. E acaba pagando por isso.
Alfred é o Grilo Falante do Batman: Poe o fortão pra pensar, evita que ele faça cagadas, ao mesmo tempo que encoraja o rapaz. Mais uma vez interpretado pelo brilhante Michael Caine.
Rachel Dawes é o par romântico de Bruce Wayne E Harvey Dent. Tem papel fundamental na história, já que essa disputa desencadeia uma série de acontecimentos. E eu comia a Maggie Gyllenhaal.
James Gordon é o cara que dá suporte ao Batman, mesmo ele sendo um fora-da-lei. Sem ele, Gotham estaria pior ainda, já que a colaboração do Batman com a polícia se dá por ele. Mais uma vez Gary Oldman manda bem no papel.
Lucius Fox é o tio das modernidades tecnológicas. Faz o que Bruce pede, enquanto cuida da empresa. No papel, Morgan Freeman, outro que volta muito bem.
Tou esquecendo alguém? Ah, sim:

 “Você parece tenso. Quer uma… massagem?” (heh)

O Coringa.
PUTA QUE PARIU. Essa é a melhor forma de expressar o que eu achei da atuação de Heath Ledger. Não tem como não ficar impressionado. O Coringa de Ledger é doente, psicopata, frio, calculista e… divertido! Ele realmente tem graça, um humor negro refinado, que muita gente não vai entender ou achar graça, mas eu achei. O grande diferencial do Joker é que ele não é movido pela ganância, pela junção de bens materiais, ou por vingança, ou por outra coisa que não seja… Diversão. O palhaço só quer se divertir. E o único que é tão insano quanto ele, segundo ele mesmo, é o Morcegão. A única lógica dele é que: não há lógica.

EXPECTATIVA BLOCKBUSTERIANA PóS BATMAN – O CAVALEIRO DAS TREVAS

Uma obra prima. Os filmes de gibi, a partir desse Batman, serão divididos entre antes e depois do Batman de Nolan. Principalmente O Cavaleiro das Trevas. Eu sei que isso vai ser só até sair um filme melhor. A grande questão é: Sairá, algum dia, algum filme MELHOR que esse, na área de HQ? Com certeza é a melhor adaptação do ano. Quase certeza que é o melhor filme do ano. Quiçá um dos melhores de todos os tempos. A não ser que você seja ranheta igual o théo. Por até marvelete muito do xiita se rendeu ao filme.

 “Obrigado, obrigado. Vocês foram ótimas vítimas.”

Ah, não tem nada depois dos créditos.

Batman – O Cavaleiro das Trevas

The Dark Knight (152 minutos – Ação)
Lançamento: EUA, 2008
Direção: Christopher Nolan
Roteiro: Jonathan Nolan e Christopher Nolan
Elenco: Christian Bale, Michael Caine, Heath Ledger, Aaron Eckhart, Maggie Gyllenhaal, Gary Oldman, Morgan Freeman, Eric Roberts, Cillian Murphy, Anthony Michael Hall

Leia mais em: , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Luli

    Com certeza o melhor filme do ano!
    Perfeito *-*
    O Coringa é muitooo foda! Muito mesmo!
    O filme é fodástico!!!
    O Théo é tanga, por isso não gosta de filme foda!

  • guts

    o filme eh muito bom msm, definitivamente melhor do ano. Agora quanto a melhor adaptacao de hq, depois de ver o trailer de Watchmen to axando q a concorrencia vai ser forte ano q vem

  • @guts
    Watchmen pra mim é um grande “?”

  • ricardus

    to loco pra ver isso

    e o watchaman ta mandando bem até agora, esperemos =D

  • .Leorick.

    Eu assisti 3 vezes hoje iuahIUAHUihaiuHAIUH

    Sem pagar ainda por cima!

    Muito foda o filme…

  • Feanor

    Erh, depois do Pizurk e o Leorick ficarem me enchendo o saco o dia todo hoje, farei questão de assistir isso …
    Na verdade só vou pq o Pizurk vai pagar *o*

    “Vou fazer uma Magica”

  • Queria ver a resenha feita pelo THÉO, isso sim.

  • sandrine

    Ok, agora que eu vi o filme pude ler a resenha.

    Eu quero oscar póstumo, sem mais.

  • Tem que sair uns cinco Oscars no minímo.
    Melhor filme de super-heróis já feito.
    Se Watchmen for tão bom quanto, minha cabeça explode.

  • “Claro que você pode ir com um monte de expectativas, mas elas provavelmente serão superadas. A desgraça tem duas horas e meia, e você nem NOTA que passou tanto tempo. A não ser que tenha bebido muito, ai sua bexiga vai te trazer de volta ao mundo real.”

    Véih,no MEIO DO FILME,eu com móh vontade de mijar!
    mais o filme era tão fodástico que eu aguentei até o fim,minha bexiga quase explodindo e meu amigo querendo me dar um “tapa”

    Mas fodástico o filme!

  • wiliam

    ahahHAhAHHaHaHaHAhaHaHhHaHAHahahaHaHAHAhahAhahaHAhaHAhahaHaHaHAhAhaHahaHAhahaHAHhAhAHAhahaHahhhh!!!!!

  • Jonny B. God

    Bom mesmo! Normalmente baixo filmes, mas esse filme valeu cada um dos meus 4 reais da meia entrada… foi o dinheiro mais bem investido do ano!!! Taí um filme que não merece ser roubado!!! Os caras merecem rachar de ganhar dinheiro pra daí fazerem o próximo filme… só ficou uma questão pra uma eventual continuação, quem deveria ser o curinga? e como fazer? dizer que ele morreu e alguem decidiu copiar ele, ou fingir que nada aconteceu?

  • Doug®

    Depois de assistir Batman-TDK, os filmes do cabeça de teia ficaram com cara de Sessão da tarde.
    Que o Tim Burton me perdoe mas o Nolan é o cara que deu a luz (ou as trevas ?) ao morcegão no cinema.
    Dizer que os fimes de heróis se resumem a antes e depois de O Cavaleiro das Trevas é a conclusão perfeita. Quero ver a Marvel suar a cuéca para fazer melhor…huahuahua.

  • O filme é óTIMO. Os personagens se desenvolveram bastante desde o primeiro filme e o Coringa nem se fala. Mas acho que Dark Knight não será nenhuma referência para adaptações de quadrinhos. Mesmo com toda a genialidade do Heath Ledger, o filme não passa de um… filme.
    Revolução só ano que vem, com Watchmen. =D

busca

confira

quem?

baconfrito