Os Smurfs (The Smurfs)

Cinema quinta-feira, 04 de agosto de 2011

 Quando o mago malvado Gargamel expulsa os pequenos seres azuis da sua vila, eles rolam do seu mundo mágico e caem no nosso – mais precisamente, bem no meio do Central Park de Nova York. Os Smurfs precisam encontrar um jeito de voltar para a vila antes que Gargamel os localize.

Essa sinopse ae é pura balela. O filme começa com o Gargamel na verdade invadindo a vila, e com os Smurfs abandonando os pobres cogumelos por sua conta e risco. E eles não rolam do mundo mágico deles até o nosso, na verdade eles rodopiam, já que o portal é em uma cachoeira, que parece mais um vortex de água. Mas chega de fazer reclamações infundadas da sinopse só pra enrolar. Vocês vão ler isso aqui de qualquer forma mesmo.

Mas o importante mesmo é que o filme, que eu pensava que ia ser uma bucha total, até que não é tão ruim. Pelo contrário, eu até me animei com os anões pentelhos que são sempre legais e sempre fazem tudo cantando e lalalalalalARGH! Puta que pariu. Talvez pelo fato do Neil Patrick Harris ter sentido a mesma coisa com relação aos azuis [Pelo menos no começo do filme].

E apesar da Katy Perry dublar a Smurfete, pra mim não fez a menor diferença, já que eu vi a versão dublada da bagaça. Mas eu tenho que dizer que o Papai Smurf tava igualzinho o Lula, sério, eu não consegui não pensar num Papai Smurf sem mindinho e incitando os Smurfs a fazerem greve [Não sei contra quem, já que eles vivem em uma comunidade de subsistência, mas isso são meros detalhes].

 Fodeu, os DOPS achou a gente, companheiros.

Mas eu tenho que dedicar um trecho especificamente ao Gargamel, e o comparsa dele, o gato Cruel. Puta que pariu, que serviço bem feito o de efeitos especiais do felino, parecia realmente humano. E muito mais esperto que o próprio Gargamel, diga-se de passagem. Hank Azaria se prestou à fazer o serviço direito, e ficou bastante convincente. Mas convenhamos, as piadas são infantis pra caralho. E você queria o que, Pizurk seu babaca? O filme é pra criança!

 Tem até um gatinho.

O roteiro, como não poderia deixar de ser, é pífio: Os Smurfs tentando voltar pra casa, não conseguem de primeira, o nativo desse mundo se irrita com o modo deles fazerem as coisas cantando, eles vão se virar sozinhos, dá merda, alguém volta pra buscar o nativo, ele ajuda a resolver o problema, final feliz. E falando em música, não misture o filme dos Smurfs com Nyan Cat, é pior que lavagem cerebral dos pôneis com A Banda Mais Bonita da Cidade [Se bem que eu nem ouvi os dois últimos pra poder falar].

 E como não poderia deixar de ser, uma foto em que a gostosa do filme aparece.

Aproveite pra levar seu pai pra ver isso, que aposto que ele vai gostar. Mesmo que você já não tenha nove anos de idade, faz bem fingir as vezes. A vida se torna mais divertida assim.

Os Smurfs

The Smurfs (103 minutos – Aventura)
Lançamento: EUA, 2011
Direção: Raja Gosnell
Roteiro:J. David Stem, David N. Weiss, Jay Scherick e David Ronn, baseados nos personagens criados por Peyo.
Elenco: Hank Azaria, Neil Patrick Harris, Alan Cumming, Katy Perry, George Lopez, Jonathan Winters, Tim Gunn, Sofia Vergara, Jayma Mays, Fred Armisen

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito