O Mendigo Com uma Espingarda (Hobo with a Shotgun)

Filmes bons que passam batidos terça-feira, 24 de janeiro de 2012

 Um homem sem passado escolhe viver em uma grande cidade, em meio ao caos urbano onde quem dita às regras é o crime organizado. Vendo essa paisagem caótica repletas de ladrões, policias corruptos, prostitutas e até um Papai Noel pedófilo, Hobo (Rutger Hauer) decide fazer justiça com suas próprias mãos com ajuda de apenas um amigo: Sua espingarda calibre 20.

Antes de mais nada, se faz necessário lembrar que esse filme não saiu nos cinemas do Brasil [E nunca sairá, já que foi lançado direto em DVD]; o que é uma pena, porque é um excelente filme trash, bem no espírito splatter de ser. É aquela violência tão exagerada que cê vê de longe que é falso. O que não impede aquela contração involuntária de “ai meu pinto”.

E uma reclamação totalmente esdrúxula aqui pela forma como o título foi traduzido: Esse “o” foi totalmente desnecessário e soou estranho pra caralho. Se não tem “the” no começo, não enfiem “o” no meio, tradutores. Já que vai lançar direto em DVD, faz o negócio ficar mais atrativo. Se bem que eu preferia ir ver no cinema.

Mas isso não é relevante para quem quer apreciar um bom filme já que cês são uns pobres que vão piratear a parada, o que importa é que o filme não chega a ser tão sem sentido quanto possa parecer. Claro, um mendigo pegar uma porra de uma arma e sair matando a galera pode parecer só revolta ou um indigente mental [Sacaram o trocadilho?], mas não é o caso. Há todo um propósito, e um plano de fundo para a história se desenvolver.

 Porque mendigo de primeiro mundo é outra coisa.

Tudo começa em Hope, uma cidade que, apesar do nome, tá mais caótica [Não que isso seja ruim], degenerada e corrupta que uma mistura do Rio de Janeiro com Gothan. Um mendigo sem nome está só tentando viver a vida dele de boa, catando lixo e tomando umas biritas. Tudo que ele quer é juntar uns trocados, comprar um cortador de grama e ganhar a vida honestamente. O problema é que Hope tem pouca grama e muito lixo.

 O lixo brota do chão.

Eis que, devido à um acaso do destino, ele tá lá, com os cinquenta mangos que arrumou [De uma forma não muito agradável, mas fazer o que], pronto pra pegar o cortador de grama, criar uma empresa de jardinagem e ficar multimilionário, mas três assaltantes irrompem na lojinha. Ele, apesar de ser um mendigo, tem um senso de justiça muito forte [Vish, falei bonito agora], e resolve meter a mão na massa: Pega a espingarda e senta chumbo nos vagabundos. E como a espingarda tem o mesmo preço do cortador, ele resolve mudar de ramo.

 Castração dá uma grana que vocês não imaginam.

O problema é que, conforme ele vai limpando a cidade, Drake, o dono da bagunça todo, vai perdendo poder. E ninguém gosta de perder poder. O que ele faz? Oferece uma recompensa pelo mendigo certo. O que abre a temporada de caça aos mendigos. O que ninguém esperava é que Abby, uma das moças salvas pelo mendigo, fosse ajudá-lo. E eu vou parar de contar a história aqui, que senão tira toda a graça da coisa.

 Afinal, como vou explicar um cavaleiro medieval em uma moto sem ficar por horas aqui?

O que não quer dizer que o filme seja só história. Porra, as cenas de gore são lindas em sua simplicidade tosca. É pé explodindo com martelada, tripa, o diabo a quatro, no melhor estilo Planeta Terror. O que faz total sentido, já que O Mendigo Com uma Espingarda é uma cria de Grindhouse, assim como Machete. Eu diria até que tem um quê de Um Drinque no Inferno. Sem os vampiros. Ou seja, assista essa birosca se você não liga pra efeitos toscos propositalmente, mas gosta de uma boa história.

O Mendigo Com uma Espingarda

Hobo with a Shotgun (86 minutos – Ação)
Lançamento: Canadá, 2011
Direção: Jason Eisener
Roteiro: John Davies, Jason Eisener, Rob Cotterill e John Davies
Elenco: Rutger Hauer, Molly Dunsworth, Brian Downey, Gregory Smith, Nick Bateman

Leia mais em: , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • lucas

    Esse filme é foda, principalmente porque todo o objetivo de vida do mendigo consistia em comprar um cortador de grama e tudo só aconteceu porque o cortador e a espingarda custavam exatamente a mesma coisa HAHA

busca

confira

quem?

baconfrito