O Fantástico Senhor Raposo (Roald Dahl)

Livros quinta-feira, 03 de dezembro de 2009

Antes de mais nada, devo dizer que só li esse livro por dois motivos básicos: Primeiro, foi que eu ganhei ele de grátis, logo depois de ver o filme. Segundo, porque eu não tinha o que fazer e peguei o livro pra ler. Mas não é tão ruim quanto parece. E não tem muito a ver com o filme, também.

Vamos aos argumentos:

O livro é leve, curto, cheio de ilustrações [Pelo menos essa edição que quer pegar carona no sucesso do filme], ou seja, é um livreto totalmente infantil. Ótimo pra você, que quer influenciar seus irmãos pirralhos a começarem a ler algo além da caixa de cereal matinal. Basicamente, ele conta a história do Seu Raposo [Dã], que vivia numa boa, com sua esposa, a Dona Raposa e suas quatro Raposinhas. O problema é que o modo de vida do Sr. Raposo era meio, digamos… folgado. Ele viva roubando frangos de Boque, um criador de galinhas, patos e gansos de Bunco, criador de… patos e gansos, e roubava vinho de maçã de Bino [É uma cilada!], que plantava maçãs e criava perus. É claro que isso deixava os três irmãos [Eu citei que eles eram irmãos?] putos, afinal, quem gosta de ser roubado?

Acontece que Seu Raposo, maroto que era, nunca deixava pistas pra trás. E os fazendeiros não sabiam o que fazer. Até que um dia descobriram quem era o responsável, e resolveram que iam tira-lo da toca. Inicialmente, não deu em muita coisa, exceto que eles arrancaram o rabo do Seu Raposo fora. Até que eles resolvem cavar, e ao mesmo tempo pegar tudo que se mover ao redor.

Com isso, os animais que viviam por ali, como Seu Texugo, também foram prejudicados, e acabaram se unindo e encontraram o Seu Raposo e o resto da família [Se quer saber como, pergunte-me como! leia o livro], além de bolar um plano fodão pra se virar. Claro que não adianta contar, porque o livro é curto e perderia toda a graça.

É tipo contar pra criança que papai noel não existe. Com a diferença que esse livro é ótimo, pra criança chegar até o final e descobrir por si só. Claro que foi reeditado, agora com o mesmo nome do filme, pra embarcar no caminhão de dinheiro que o mesmo deve ganhar, mas não podemos desmerecer o mesmo autor de uma coisinha chamada A Fantástica Fábrica de Chocolate.

Só não achem que o livro é recente: É uma reedição do Raposas e Fazendeiros, de 1970, com o mesmo nome do filme, pra ver se a galera ganha mais uns trocados.

O Fantástico Senhor Raposo


Fantastic Mr. Fox
Ano de Edição: 2009
Autor: Roald Dahl
Número de Páginas: 92
Editora: WMF Martins Fontes

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito