O Dia em que a Terra Parou (The Day the Earth Stood Still)

Cinema quinta-feira, 08 de janeiro de 2009

  Em O Dia em que a Terra Parou, versão contemporânea do clássico de ficção científica de 1951, a renomada cientista Dra. Helen Benson (Jennifer Connelly) se vê cara a cara com um alienígena chamado Klaatu (Keanu Reeves), que atravessa o universo para nos avisar da iminência de uma crise global.
Quando forças que fogem ao controle de Helen ameaçam o extraterrestre, que consideram hostil, e negam seu pedido de conversar com os líderes mundiais, ela e seu enteado Jacob (Jaden Smith) rapidamente descobrem as decorrências mortais da alegação de Klaatu de que é “um amigo do planeta Terra”.
Agora, Helen terá de encontrar uma maneira de convencer a entidade enviada para nos destruir de que vale a pena salvar a humanidade – mas pode ser tarde demais.
O “processo” já começou.

Filme de ETs com Keanu Reeves no papel de alien? Perfeito! Quem mais poderia simular um humano que não é humano e não tem emoções? Somente o escolhido mesmo.

 Quiporréssa?

O filme começa com uma aula sobre seres vivos que tem como casa ambientes hostis, e não tão nem ae com isso. E quem nos dá essa aula? A doutora Helen Benson, especialista em astrobiologia, que volta para casa e é chamada às pressas pelo governo americano para tratar de um assunto confidencial, o que a obriga a deixar seu enteado mala, Jacob Benson, com sua vizinha. Mas porque raios chamaram-na com tanta urgência? Nem o oficial que foi busca-la sabe.
Depois de chegar num complexo militar com bilhões de soldados, ela e o resto da equipe são apresentados ao problema: um objeto vinha em direção à Terra, ou, mais especificamente, Manhattan. Em velocidade astronômica. Ou seja, vamos todos morrer, igualzinho aos dinossauros! GAH!

 Máquiporréssa?

Calma, porra, isso é Hollywood, nós nunca perdemos para seja lá o que venha do espaço!
Eis então que, quando eles esperavam o impacto na grande maçã, nada acontece… Porque o troço desacelerou, e veio pousar no Central Park. Da esfera gigantesca sai um alien, que é prontamente atacado por algum soldado idiota. E quem está lá pra acudir? Doutora Helen! O ET é levado pra ter o projétil removido, num processo cirúrgico semelhante ao executado em humanos. E é descoberto que ele tomou a forma humana pra andar entre nós, aquilo era só uma “roupa biológica” pra andar por aqui. Como sempre, o governo tenta abafar, mas o cara, que chama Klaatu é fodão, tem poderes e sai andando. Ele sai por ae pra terminar o que começou: a extinção da humanidade pra salvar a Terra.

 “Dá carona, tio?”

Não vou me aprofundar para não tirar a graça do filme, mas a idéia de que o ser humano é um vírus acabando com a Terra não é nova. O diferencial, além dos efeitos especiais fudidos, é que alguém vem de fora pra limpar. Claro que, no final clichê, ele nos salva. Mas isso já era de se esperar.

O Dia em que a Terra Parou

The Day the Earth Stood Still (103 minutos – Ficção)
Lançamento: EUA, 2008
Direção: Scott Derrickson
Roteiro: David Scarpa
Elenco: Keanu Reeves, Jennifer Connelly, Kathy Bates, Jaden Smith, John Cleese, Jon Hamm, Kyle Chandler, Robert Knepper, James Hong, John Rothman

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Red

    porra pizurk vc praticamente contou o filme todo
    =\

    agora fala logo que no final o klaatu para o processo de destruição e salva os humanos

  • b

    Cadê a foto básica do Keanu?

  • Porra, que ele ia salvar a gente todo mundo já sabia…

    O que tira a graça é contar todo o processo, afinal, “o processo já começou”

busca

confira

quem?

baconfrito