Música Gospel, definitivamente, é um saco

New Emo quarta-feira, 18 de junho de 2008

Não é só porque eu sou um ateu determinado, é por bom senso mesmo. Sério, essas músicas são um pé no saco tremendo, e eu vou explicar por quê. Se você é um religioso fervoroso, não sabe interpretar textos muito bem e está sempre afim de xingar quem fala mal de vocês, não leia esse texto. NÃO – LEIA – ESSE – TEXTO. Não que eu vá dar uma de anti-cristo por aqui, véis, mas acreditem: É sempre bom dar ênfase com esse povo, cês sabem.

Ler essa coluna é pecado, não prossigam.

Mas enfim, é de MÚSICA que eu vou falar.

Em primeiro lugar, seus vizinhos nunca escutam o Gospel raíz, ou pelo menos um Gospel que tenha… ritmo, melodia e coisas básicas E necessárias para uma música. Seus vizinhos sempre vão escutar aquelas músicas gravadas dentro da igreja por um fiel que não sabe cantar e uma banda que ainda estava na terceira aula, por isso o ritmo é sempre o mesmo, sempre… monótono.

Isso é FATO, véi. Qualquer filho de deus pode gravar um disco e falar “eu tenho meu próprio disco Gospel” mas, porra, aquilo NÃO É Gospel. Aquilo é uma música ruim pra cacete em que ele expressa sua fé. Ou seja: É fácil ter banda, difícil é fazer música.

Eu diria que, nesses casos, Gospel caminha ao lado do Funk que você conhece (manja quando dizem que deus caminha ao lado do Diabo ou só eu disse isso até hoje?). Aquilo não pode nem ser chamado de música. E eu acho que as pessoas que gravam aqueles discos são as únicas que realmente têm saco para ouví-los. Bom, infelizmente não é o caso, e meus vizinhos sempre colocam um disco “Gospel” no REPEAT num som razoavelmente alto. Por muitas vezes eu entrei em fúria, acho que fui possuído pelo demônio ouvindo Gospel. Sério, o jeito de cantar daquele povo se divide em duas partes: Calouros do Raul Gil OU KLB way of life.

Ouçam isso até o primeiro “xalalalalá” para vocês entenderem o que eu estou dizendo.

Em relação á música em si, também é fato o lance de os músicos não saberem tocar. Mas é claro que quando o “cantor” tem grana, ele contrata uma banda. Porém, o disco fica parecendo que foi gravado em um… karaokê. Por exemplo, procurando por crente no YouTube, achei alguns vídeos.

Sara Chris, Quando o Crente Chora. Sim, eu também fiz essa cara.

Suellen Lima, Só Mais Uma Lágrima. Incrível, todas as músicas envolvem CHORO, véi. ás vezes eu acho que estou ouvindo emocore.

Enfim, juro que não vou passar de dois exemplos. Repare que as músicas não têm uma harmonia, parece que as “cantoras” aí escolheram umas músicas instrumentais e cantaram em cima delas em casa mesmo, gravando em uma fita. Não tem nada inovador, nada criativo, e as gravações sempre ficam com um som “isso parece ter sido gravado dentro de uma caixa”.

Em segundo e último lugar, nesse caso, as letras são sempre iguais. E tudo que é muito igual é um pé no saco. Já no Gospel raíz eles não falam de choro e sofrimento a todo momento.

Bom, reparem que eu estou falando de qualidade musical, e não de fé. Afinal, até mesmo a música Gospel conta com as suas exceções, mas eu não tenho nada em mente – e reparem no meu esforço de não generalizar. Pode ser white metal? Porque aí eu citaria My Tortured Soul do PROBOOOOOOOOOOOOT! ISSO é música. Quer mais?

As I Lay Dying, 94 Hours. ISSO é música.

Bom, acho que é só isso. Tá certo que eu sou suspeito a falar, mas não é tão bom quando a música é feita por uma banda criativa e um vocalista que saiba cantar?

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Uhul! Primeiro comentário!
    Então… Eu concordo PLE NA MEN TE com o que disse. Realmente, desde os meus zero anos de vida to dentro da igreja, até hj (18 anos) e to vendo que só tá crescendo merda. Qualquer mulher com 2 nomes (Cristiane Juliana, Paula Jussara, Etc) acha que pode lançar um CD gospel. GOSPEL? Vá escutar Laboriel tocando baixo pra vc escutar alguma coisa Gospel. GOSPEL? Escuta João Alexandre mano. Agora… esses playbacks são uma ofensa a músicos em geral. E como o théo, escutar música de merda eu NAO ESCUTO. Desssce um PROBOOOOOT. Recomendo procurar “É Proibido Pensar – João Alexandre ( by Windpill)” no Youtube. O cara mete o pau em UM MONTÃO de artista falso da crentaiada… GG Théo. [Antes de alguem xingar, sou cristão tbm hein. To reclamando do que eu vejo dentro da minha própria igreja]

  • @Angelo Dias
    OLOLCO! Cara, eu to desde 2005 falando mal de muita coisa que envolva religião e você é o PRIMEIRO religioso que CONCORDA comigo.

  • @Théo

    é que eu devo ser o primeiro cara que vc conhece que ODEIO religião. Cara… eu acho que religião é uma coisa da SUA cabeça. Se vc acha que o Lemmy é o salvador e sua verruga é uma parte do jardim do édem, BELEZA. Eu acredito no que EU ACREDITO. Então, não sou crente não. Cristão, no máximo. Pq crente, que rouba, que simula exorcismo, que fala que TUDO é pecado… isso, dentro da igreja, é chamada de FANATISMO.
    Li num site uma vez, uma notícia dum cara que decepou o próprio órgão (aquele mesmo) pq o pastor disse que sexo era pecado. MANO! Se o cara acha que é pecado, BELEZA pra ele. Mas, NÃO DECEPA O BILAU! Isso é fanatismo cara. Iii… se eu for começar a falar de tudo que o pastor fala que não é verdade, vão ter que abrir uma coluna pra mim aqui hehehehehe

    Como minha vó dizia: “pode demorar, mas a primeira vez vem, e ninguem se arrepende”
    É a primeira vez que alguem concorda? Não vai se arrepender, cara…
    CHEGA de escrever. UFA.

  • Hermann

    Cara, eu acho que bom ou ruim é relativo ao gosto de cada um…
    Eu particularmente acho a maior parte das músicas gospel um saco, mas se vc for procurar tem muita coisa boa também…
    Oficina g3 tem músicas muito boas, sem contar q, na minha opinião, o Juninho Afram está entre os melhores guitarristas do cenário musical brasileiro..
    Rosa de Saron também tem muita coisa boa, Filhos do Homem fazem um música boa também…
    Por aí vai…
    No final das contas eu acho q a música gospel não foge a regra das músicas em geral: a maior parte das músicas gospel são ruins, assim como a maior parte das músicas são ruins…

  • @Hermann

    tu tem certa razão cara. Of.G3 eh bom sim!
    Rosa de Sarom… nao conheço muito.
    Como você mesmo disse, depende do gosto, e é claro que existe o gospel ruim e o gospel bom.

    :D issae.

  • Henriquesuper

    Cara, eu concordo…
    Isso porque eu também sou evangélico…
    Mas na minha igreja não toca essas tranqueiras não.
    Eu nem sei se você vai ler esse comentário, mas se ler escuta essa música aqui: http://br.youtube.com/watch?v=ipW0jli1ll8
    Se não gostar, eu fico quieto…
    Abração!

  • Lemmy é Deus, mas aquelas verrugas não são o paraiso, é pra lá que vão os pecadores

  • Opa! Pode crer. Lemmy É Deus. A verruga É o inferno.

    Novo Tom? Nunca ouvi falar. Mas pra mim, parece todo o resto do Diante do Trono e filiais.

  • Tem gospel bom sim.

    Alias, vamos generalizar: Música “de igreja”, independente da fé, geralmente é ruim.

    Muitas vezes culpa dos próprios fieis, que fazem por panelinhas vingarem dentro da comunidade, fazem um idolo do filho de algum compadre, que toca mal, canta mal… Aquela coisa… HORRIVEL. Dai com apoio da comunidade, lança um CD horrivel, põe no youtube, fica horrivel… E por ser o que está na “midia”, é o que seus vizinhos acabam ouvindo.

    Mas, tem suas excessões:
    http://www.youtube.com/watch?v=1e0EQlQXoEo

    (Vai me dizer que num sabia que depois que ele largou as drogas, começou gravar Gospel dos bons?)

  • Olha, nada que você citou aí é Gospel. Por mais que eles queiram dizer que é, não é. E eu não falo isso, por essas musiquinhas serem chatas, cafonas e medonhas.

    Gospel só pode ser cantada em inglês e por negros nascidos nos Estados Unidos. Ou, por pessoas de origem negra também nascidas lá. Essa regra está escrita? Não, não está. Mas ela existe.

    Essa coisa tosca que eles fazem aqui, está mais pra um Pop-Religioso, e olhe lá. Cadê a voz? Cadê a cor? Cadê a poesia? Cadê o coral?

  • Andréia

    Concordo com o André Pacheco. Gospel é música de negão. São os únicos que conseguem falar de Deus e de fé sem serem chatos ou cafonas. Tenho pavor dessas criaturas do “gospel” nacional.

    Esses cantorzinhos de m* que vão assistir “Mudança de Hábito” pra aprender!!!!

  • adria

    Será q é mania de criticar só pq se refere a religião? A musica gospel é como qualquer outra, existem boas e ruins, assim como lindas e horriveis. Mas em se tratando de gospel, são musicas de louvores, mensagens de amor a Deus e ao próximo. Mas temos ótimos instrumentalistas, cantores exelentes também. Talvez vc conheça meia duzia, mas temos cantores e bandas de altissimo nível.

  • péricles

    putz pior que é!!!!

  • que nada mano é pecado falar mal da musica de crente. kkkkkk
    tem de levar em conta que isso é musica feita pra alienados, esse povo ai que ve anjo em reflexo do sol em camera aahhahahahha
    é por isso que eles gostam dessa porcaria.

  • José Henrique

    véio, se mata! quem escreveu essa matéria tá pertubado! engraçado, ninguém critica ninguém, mas todo mundo quer criticar os evangélicos…tá certo q tem música ruim, mas generaliza já não é o correto em uma matéria desse nível! e você vem me falar que “As I Lay Dying, 94 Hours” é bom?! ‘O’ fera, na moral, se mata! isso é um lixo cantado aos berros! ai como eu coloquei isso vão vir dezenas de milhares criticando, mas e a sua crítica em cima da música evangélica? e o seu respeito para com o próximo? esqueceu que você vive em sociedade e que tem outras pessoas q NÃO são iguais a você e que tem gosto diferente! não quer escutar música evangélica, vai morar no meio do deserto que tem paz! Então, para de criticar o próximo só porque “tú’ SE ACHA o perfeito, faz uma música decente e que todos gostem, ai sim você poderá criticar a forma de expressão cultural alheia!

  • Carlos Barros

    concordo em 100% com voce. digo isso nao por ter raiva de musica gospel, na verdade eu admiro pois já houve grandes cantores e compositores gospel no passado, até Elvis Presley cantou gospel e cantou MARAVILHOSAMENTE.
    Nos dias atuais virou caca niquel os caras fazem discos meia boca, sabem que vai vender bem pois algum pastor influente vai estar divulgando e vira uma maneira facil de ganhar muito dinheiro.
    Lamentavel mas é a verdade.
    Musica gospel boa se fazia antes dos 80.

  • Carlos Barros

    a conversa é sobre musica nao sobre religiao.

  • Carlos Barros

    tem de procurar MUITO!

  • Carlos Barros

    Elvis nao era preto e cantou gospel, nao viaja.

busca

confira

quem?

baconfrito