Meu sobrinho favorito

baconfrito quarta-feira, 19 de junho de 2019

Esse texto faz parte de uma série, em que ex-colaboradores e conhecidos retratam sua percepção sobre os 10 anos de Bacon. Esse está cheio de MENTIRAS e CALÚNIAS!

Aproximem-se! Aproximem-se!

Sentem-se e peguem suas bebidas, pois o conto que trago agora remonta de um tempo distante, onde a #lulalivre era sobre pesca ilegal, o presidente não passava de um idiota que era zoado no CQC, ser blogueiro era ofensa grave e isso aqui era tudo mato…

Em 2008 eu arrumei um emprego numa montadora, e no dia de conhecer a equipe, ele estava lá. Franja, piercing no lábio, magro, vestido pra um enterro… Se isso não é um emo não sei mais o que é, mas algo me chamava a atenção sobre aquele garoto que viria a ser o pai desta criança…

Com o tempo, começamos a trocar ideia de assuntos diversos, música (No fim ele só parecia emo), séries, cultura pop… Algo ainda me chamava a atenção. Talvez fosse a sigla RPG gravada na testa dele, talvez fosse só a falta de contato humano. Um dia, numa conversa avulsa, mencionei que jogava e nosso relacionamento mudou. Fui convidado pra jogar na casa dele. Nessa época eu estava ficando maluco pela falta de contato humano, pois estava casado. Podia ser só um truque pra roubar meu rim, mas provavelmente ia ser melhor que passar mais um final de semana olhando pro teto na casa da minha ex-mulher.

Conforme os dias iam passando ele tentou me apresentar o blog site chamado AOE, pro qual ele escrevia sobre cinema. Sempre tive uma relação estranha com o Bacon… Ele aqui, eu lá. Nunca achei que pudesse produzir algo relevante ou de interesse pra esse site. Mesmo assim, o dono deste estabelecimento de baixo meretrício insistia (E continua insistindo) pra que eu escrevesse aqui.

Ignorando completamente os pedidos, jogando RPG e trabalhando todos os dias durante 3 meses com esse menino, nossa amizade foi forjada a cagadas (Literais), máquinas de café e chocolate chips. Um dia, o AOE pregou a melhor peça da história do 1º de abril: Avisou o encerramento de suas atividades. Essa pegadinha dura até hoje, e isso fez com que o Pizurk tivesse seu primeiro filho oficial, que é esse site.

Hoje tenho orgulho de dizer para as pessoas que o Sr. Pizurk é o irmão que minha mãe não me deu. Chato, intransigente, troll nas horas vagas. Meu irmão já segurou as minhas barras mais pesadas, e esteve comigo nos piores e melhores momentos dos últimos 10 anos. Por tabela, também esteve o filho mais problemático dele: baconfrito.com

Nesses 10 anos, o Pizurk carregou nas costas o Bacon, escreveu, se estressou, pensou em desistir, persistiu, e chegou ao décimo ano. Nesse meio tempo, jogamos, rimos, amores vieram e se foram, tomamos decisões boas e ruins (No meu caso, ruins em sua maioria, pra poder ter mais história pra contar). Mal sabe ele que a adolescência é uma fase bem pior e o Bacon tá se encaminhando pra ela.

Nesses 10 anos eu escrevi quatro vezes pro Bacon, comecei uns 3 projetos de séries de textos e fui convidado a escrever pra essa data comemorativa, em que o meu sobrinho faz 10 anos. Sim, eu me considero o tio do Bacon, e como um bom tio, vejo umas três vezes por ano e as vezes dou um presente.

Minha relação com o Bacon é misturada com a minha relação com o Pizurk. Ele é a família que eu escolhi pra mim, e o Bacon é o agregado que veio junto.

Que os próximos 10 anos do Bacon sejam bons, e que as experiências da adolescência transformem ele em um adulto como todos nós (Sem muita noção do que tá acontecendo). Talvez, se ele não estourar, ele chegue a se tornar o blog site mais velho em atividade neste país (Se não cancelarem por ser subversivo, talquei?).


























O que? Acabou o conto! Se quiserem saber os podres do Pizurk vão ter que me pagar bem mais que uma cerveja.

Thiago, o Gordo, gosta de cozinhar, contar mentiras, inventar mundos e dar asas pra imaginação. Além de mexer com esses negócios perigosos de RPG.

Leia mais em:

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito