Livros e a escola

Livros terça-feira, 07 de junho de 2011

Sei no que estão pensando: Outro post chato e sem graça sobre os livros igualmente chatos que as escolas nos fazem ler. Mas vocês estão errados (Como sempre), o post é sobre livros e a escola (Sacou o porque do título?), mas nada de parnasianismo e naturalismo por aqui.

 Pesquisei “literatura” no Google e apareceu isso, algum problema?

Para o choque de meus queridos amigos de colégio, sempre gostei de ler, diferentemente deles, que gostavam (E ainda gostam) de correr atrás de bolas e caras suados. Como na época eu tinha poucas coisas para fazer, passava o dia no computador, video-game e, claro, lendo (Hoje não é muito diferente, só sou emo menos feliz). Como na época ainda não tinha uma renda, me via meio que obrigado a ir à biblioteca da escola para encontrar livros, uma vez que já tinha lido boa parte do que tinha em casa e que o que eu não tinha lido sequer me despertava interesse.

A biblioteca não era grande, e contava principalmente (E obviamente) com mais livros “de escola” do que livros comuns, para diversão. Como todos sabemos, bibliotecas te “alugam” o livro por algum tempo (No caso, 12 dias), podendo ou não renovar tal requisição. Pois é, lá na escola não podia renovar, o que me obrigava a fazer uma coisa que nem minhas professoras gostavam e nem meus amigos entendiam: Ler durante a aula.

 Leitura para os fracos.

Já li diversos livros durante a aula ao longo dos anos de escola, tanto livros comuns (Terminei Harry Potter 4 no dia da devolução na biblioteca) quanto livros que serviriam para provas de português, literatura, geografia e história (Meu recorde consiste em ler Que Farei com Este Livro?, do Saramago, em uma hora e meia – PEGAEL). Claro que você vai perder toda a matéria das aulas e será visto como um possível serial killer (Isso dependerá do que você estará lendo, claro), mas quem precisa de amigos quando se tem personagens bem desenvolvidos?

E depois, não são seus professores que dizem que você deve ler mais? Pois faça a alegria deles: Leia sim durante as aulas. Geologia, briófitas, análise sintática, matrizes, movimento relitínio uniforme, revolução francesa, nada disso importa, o que importa é adquirir conhecimento e vocabulário, o que importa é quem matou o Coronel Mostarda e porque os pés de uma garota, cujo nome vem de uma estação de trem, não encostam no chão.

E vocês, já leram/leem durante as aulas? Gostam de perguntas óbvias nos textos só para aumentar a quantidade de comentários? Sabem qual a resposta fundamental para a vida, o universo e tudo mais? Sabem quem matou o Coronel Mostarda? Sabiam que o Harry casa com a Gina e tem três filhos com ela? Então deixem aí nos comentários os livros que vocês já leram enquanto seus amigos aprendiam a fazer equações de segundo grau!

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito