Ironia fina é pouco

Games sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Cambaleando, Lúcio se dirigiu no escuro ao computador adormecido. Clicou no botão de boot e se dirigiu ao banheiro, onde admirou seu rosto adolescente. O rosto magrelo e com resto de amassados do travesseiro, contrastante com o cabelo loiro-avermelhado, lhe lembrou um personagem de The Sims.

Voltou ao quarto, abriu Fallout 3 e começou a jogar. Eram 5h45.

No andar de cima, os pais ressonavam.

Algumas horas depois, Lúcio estava explorando um cenário alternativo, enquanto a mãe preparava o café da manhã. O pai ouvia as notícias matinais na televisão.

… enquanto isso, em Seattle, houve um problema generalizado nas antenas responsáveis pela distribuição de sinal telefônico. Os cidadãos estão em alvoroço, tentando se comunicar por meio de office-boys e serviços de entrega. Os profissionais do setor estão procurando soluções para o problema, cuja origem segue desconhecida.

“Lúcio, vem tomar café!”

O menino pegou seus fones de ouvido, plugou na entrada de áudio e continuou jogando.

“LÚCIO, CAFÉ!”

Quanto mais o filho ignorava, mais Dona Edite gritava. E o pai, já puto, brigava com a esposa por continuar na mesma briga todos os dias.

“Porra, tem é que tirar essa merda de computador dele. E o Playstation. Moleque mimado.”

“Ah, mas ele precisa do computador para a escola…”

“Tomar no cu”

Lúcio não ouviu a série de explosões, mas seus pais sim. Os dois abandonaram seus cafés e saíram pela porta dos fundos, onde viram um céu vermelho-sangue.

Um etê verde segurando um salame gritava “Cês são tudo noobs, NOOOOOOOOOOOOOBS”.

Lúcio estava executando a morte de uma formiga gigante no jogo, quando o planeta começou a implodir lentamente. Eram 11h32. O etê continuava lá, rindo sadicamente do desespero humano. Apontou o salame estrategicamente para Lúcio, que continuava no assassinato de pobres indefesos (aham) insetos, e começou a tagarelar.

“Véi, o bicho-grilo tá lá, jogando um negócio baseado no apocalipse e não percebe que essas tretas tão acontecendo. MERECE MORRER MERMO”

Materializou o salame entre os miolos de Lúcio, que morreu após explodir virtualmente sua cidade com uma bomba atômica.

Morre, inútil.

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Renan

    *Palmas*

  • Olaf!!

    …Caralho!

  • Manuela
    Drogas não fazem bem para a saúde.

  • dervecna

    Tsc, que horror. =/
    É péssimo saber que uma garota bonita como você, tão inteligente… tá indo pro caminho do benflogim, que nem alguns perdidos desse site. =/
    Larga essas más companhias [Theo], garota. Sai dessa vida enquanto é tempo.
    [Sim, o texto ficou legal. Mas pare de injetar benflogim no cérebro. Sério]

  • @dervecna
    Cê me ofende assim. Minhas companhias são tão melhores… *suspira*

    @geral
    IARIARIARIARIARI DORGAS, MANO

  • Guten

    Acho que não virei à esquerda em Albuquerque. Tava procurando o AutoGamer e caí no Culinária alternativa. Alguém pode me mostrar a saída?

  • ja me chamaram muito pra tomar café…

  • ramso

    POASKJGOIAFGIAHFISAFAHFIAHFAS

    SÓ eu que ri AIFJAISFJAIFJAIFJAF

  • Victor

    WTF?

  • Manuela está usando “dorgas”, pessoas.
    Enfim, mantenham uma certa distância ou podem ter sérios problemas. Noobismo, por exemplo.

  • Vane

    Eu ri. Muito. =D

  • Caio, The Eldar

    putz… o pior de tudo é o etê segurando o salame… hehehehe…

    Manuela, fala a verdade vc está usando “tóchico” do forte, né?

busca

confira

quem?

baconfrito