Homem de Ferro 3 (Iron Man 3)

Cinema quinta-feira, 25 de Abril de 2013

 Em Homem de Ferro 3, o industrial, arrogante, porém brilhante, Tony Stark/Homem de Ferro luta contra um inimigo cujo alcance não tem limites. Quando Stark vê seu mundo pessoal destruído pelas mãos de seu inimigo, ele embarca em uma angustiante jornada para encontrar os responsáveis. Uma jornada que a cada reviravolta seus brios serão testados. Pressionado, Stark terá que sobreviver lançando mão de seus próprios dispositivos, contando com sua engenhosidade e instintos para proteger aqueles que lhe são mais próximos. Em sua luta para retornar, Stark descobre a resposta para a pergunta que o atormenta em segredo: o homem faz o traje ou é o traje que faz o homem?

Antes que vocês perguntem, sim. Esse é o encerramento da trilogia Homem de Ferro nos cinemas. Bom, pelo menos da primeira trilogia. Ou vocês acham que não vai haver outros filmes do personagem, com outro ator no lugar do Robert Downey Jr. [O que, inclusive, é praticamente uma heresia, ele É o Tony Stark]?

Mas isso não importa pra Marvel, afinal o lucro está acima de qualquer coisa [Não que ela esteja errada, blá blá blá capitalismo]. E não, ele não vai deixar de interpretar o personagem. Ele só não fará mais filmes solo. Ou vai estar nos filmes d’Os Vingadores, ou vai fazer bico em películas alheias, tipo Guardiões da Galáxia ou Star Wars VII.

Mas chega de divagar sobre as escolhas do elenco ou da produtora acerda de futuros filmes, vamos falar do presente. E o presente é bacana, é legal, é joinha. Mas, porém, entretanto, contudo, todavia… É, eu não tou muito criativo hoje, eu sei. Enfim, o filme é um belo encerramento pra trilogia. Mas não é tudo isso não. Não sei se é a fórmula repetida, ou a adaptação que distanciou muito o Mandarim e a Extremis do original, mas o filme, a despeito do entusiasmo inicial, acabou se tornando um encerramento digno.

 Mas o Ben Kingsley me surpreendeu como Mandarim. E não foi pouco.

Digno, não foda. Teve reviravolta? Teve. Teve efeitos especiais foda, com várias armaduras voando e o caralho a quatro? Teve. Teve o clássico “perdi meu uniforme mas um garotinho me ajudou a recuperar a fé” que já é clichê nos filmes de personagens da Marvel [Tipo Homem-Aranha]? Teve, e talvez o pirralho tenha sido um dos melhores personagens do filme, mesmo que seu tempo de tela seja pequeno. Teve tudo isso, mas o final me incomodou. A forma como foi “explicado” que não haverão outros filmes do latoso me incomodou. E eu não vou falar disso aqui, porque cês são uns putos que reclamam de spoiler, então morram.

 Tomem uma tetéia e não me encham o saco.

Resumindo o sentimento, que eu acredito que não será só meu, o negócio é o seguinte: Se você só viu os outros dois filmes porque é um fanfarrão, o terceiro é o desfecho perfeito. Agora, se você acompanha as HQs e sua enrolação eterna ou mesmo tem um pouco de noção de continuidade, vai achar o filme bacana, mas o que fizeram com o protagonista uma sacanagem do caralho. Ou talvez eu esteja mais chato que o normal, vai saber.

E, como sempre, tem cena pós-créditos. Mas não é nada de mais, cê pode ver no Youtube sem remorso.

Homem de Ferro 3

Iron Man 3 (130 minutos – Ação)
Lançamento: China, EUA, 2013
Direção: Shane Black
Roteiro: Drew Pearce e Shane Black, baseados nas HQs de Stan Lee, Don Heck, Larry Lieber e Jack Kirby
Elenco: Robert Downey Jr., Ben Kingsley, Don Cheadle, Gwyneth Paltrow, Jon Favreau, Guy Pearce, Luke Falconer e James Badge Dale

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Eu nem me importaria em novos filmes com outro ator, o foda é ter que aguentar eles recontando a origem toda vez.

  • TRÓU

    O final foi brochante. Mas de certo modo faz sentido, não tinha como fazer um filme acima desse (quer dizer, o Homem de Ferro já fez tudo o que podia fazer, contando 42 armaduras diferentes) então eles tinham que abaixar o nível pros próximos (sejam eles mais Homens de Ferro ou só os Vingadores).

    (E que review de 5 parágrados sem vergonha, hein, rapaz.)

  • luizbarret

    O filme foi bom, mas é o bom que não é ótimo. Final brochante, sem alguma música do ACDC na trilha sonora, e tem aquele sentimento de perda que faz tudo ficar pior. Enfim, teve seus pontos fortes, como a parte cômica, que foi superior a dos antecessores e Os Vingadores, mas não foi o que eu esperava.

  • André

    O filme é ótimo, mas que fizeram com o Mandarim foi brochante. E não só por ser o mandarim, mas podia ser um vilão normal. Perdeu muitos pontos comigo construire um personagem tão bem pra deixar tudo numa piada.

busca

confira

quem?

baconfrito