Gamers, se aposentem

Games terça-feira, 10 de março de 2009

Depois da coluna totalmente machista e ofensiva do Juno (e quem se importa?), recebi muito material estranho a respeito de games.

Caralho, vocês reclamam DEMAIS. E ainda vêm falar das mulheres? Se a gente joga, é porque a gente joga. Se a criatura portadora de genes iguais NÃO joga, é porque não joga. MIMIMIMIMI eterno, tomar no cu, GET SOME BALLS.

Pro homem gamer, não basta jogar. Tem que ler site de jogos, tem que criar site, tem que fazer menina que não joga escrever pra ele. Velho, teve MALUCO que sequestrou mulher usando uma pistola de Master System no sábado passado. HELLO, GET A LIFE, PEOPLE. Or person, no caso. Tenho esperança de que você, criatura que me lê, teria o MÍNIMO de bom-senso para não cagar tão lindamente.

Enfim, senso de limite? Fale mandarim que é mais fácil dos homens entenderem. Lembram do que eu falei a respeito de Travian, certo? Pois é, KD VIDA? Querendo mais um exemplo, tamos aí.

Estou eu fazendo minha humilde coluna mentira, só rascunhei os argumentos principais, nosso sexy editor-chefe, Juno, nos deu um exemplo de falta de limite masculino:

Em linhas gerais:

1, homem não tem senso de limite

2, homem não desenvolve sua maturidade

3, HOMEM É BESTA E FICA LENDO A COLUNA DOS OUTROS.

Oi, chefinho :) (Meu rascunho, já prevendo a “xeretice” de nosso ilustríssimo)

NEM LI, OK?! (Juno)

Claro, CLARO.

Juro.

Percebem?

Foda-se a mulher que acorda zonza de sono e cai lindamente no vaso sujo, porque o INÚTIL não conseguiu abaixar a tampa. FODA-SE. Mimimi só quero jogar meu videogame e éca nojinho desse negócio, odeio cerveja. Como uma criatura assim teria capacidade de saber onde parar? Seja com games, seja com whatever.

CARA, eu imagino vocês bebendo. Como foi no Termômetro de Ouro, mesmo? “Aquela colunista paga pau da Marimoon incentiva o uso de bebidas alcólicas”?

NEM FODENDO! Não bebam, gamers. Vocês não sabem o limite da bebida, não sabem ir chorar no seu cantinho. Sabe o que vai acontecer com vocês se beberem? Isso aí, ó.

 E É BEM FEITO, FDP.

Voltando pro assunto. E maturidade? Conheço MUITO gamer que para aos quinze anos. Se muito. Não faz faculdade, não trabalha, é um VaSP.

Vagabundo Sustentado pelo Pai.

Cara, NO MÍNIMO, você senta a bunda no sofá pra jogar videogame e vira uma criança. NO MÍNIMO.

E, falando em bunda, vocês têm problemas com a minha, hein? Foi comentário dizendo pra eu parar de falar merda e “prefiro jogar videogame a comer essa tua bunda suja cheia de estrias”, foi gente no chat AOE falando da minha “bunda branca azeda”…

Damn, assim eu fico complexada. Sempre me falaram tããão bem dessa bunda branca azeda, ok?

Os psicólogos explicam, gente. Obsessão por bundas é homossexualismo explícito, certeza. Se não for, você é só gay mesmo, beijos.

Então é isso aí, tou cagando e andando pro que vocês acham. MORRAM. =D

PS: Mais sobre o Termômetro: “pseudo-gostosinha-que-o-Juno-quer-pegar” my ass, fdp. É pra um público como VOCÊ que criam essas merdas aqui, olha.

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito