Futebol Americano não é Futebol e você não é cool

Televisão quarta-feira, 08 de Fevereiro de 2017

Vamos falar sobre esporte.

DESDE QUANDO FUTEBOL AMERICANO É ASSUNTO PORRA.

Cês tem noção de quantas vezes na minha vida eu tive que ouvir sobre “imperialismo americano”? Cês tão ligados? Porque não dá pra ir pra escola nesse país sem ouvir falar em Zé Carioca, Carmen Miranda e estrangeirismo. Horas e horas e horas gastas ouvindo de como a cultura americana é forçada goela abaixo da América Latina e blá blá blá Nike e preço do dólar, pra nego virar e me dizer que a porra do Super Bowl é assunto no Brasil. Puta que me pariu.

Eu entendo que desde o 7 a 1 as coisas não foram mais as mesmas, e mesmo o vôlei, esporte nacional reserva, perdeu o Bernardinho esses dias, mas vejam só: Tem gente dando moral pra futebol americano em pleno 2017.

E qual o problema é esporte é saúde

É A PUTA QUE TE PARIU, RAPÁ. Porque essa gente só viu bola bicuda na prateleira da Decathlon caraio.

Ou vai querer me dizer que o brasileiro liga alguma coisa pra futebol americano? Me mostra um José Pereira da Silva que saiba o que exatamente é a porra de um touchdown e eu tenho absoluta certeza que o filho pivete de 12 anos ficou enchendo o saco dele o mês todo pra comprar uma camiseta de time. Aliás: JERSEY É A PUTA QUE TE PARIU VALEU. Enfia no cu e vê se sai um apito junto.

Eu sequer tenho um problema com o esporte… Como bom gordo preguiçoso eu cago igualmente pro futebol normal ou pro futebol gringo, mas porra, essa gente não liga a mínima pro esporte. É só pela atenção: Quem gosta de esporte vai praticar esporte, seja em clube caro seja em terreno baldio, o que importa é a diversão. Mas nãããããão, não esse monte arrombado que trata Super Bowl como Copa do Mundo. O negócio dessa gente é achar um time com uniforme legal e que esteja se dando bem nos jogos ultimamente. Aí o filho da puta lê dois de artigos na Wikipedia e no G1 e pronto: Especialista em esporte que só existe no país porque meia dúzia de gente realmente se interessa. Lembra quando teve enchente de corinthiano por causa daquela porra de camiseta roxa? É a mesma merda.

É exatamente a mesma merda que rola com a Seleção Brasileira: Quando tá na época, todo mundo torce, é fã e tem orgulho de ser brasileiro… Exceto que pelo menos a Seleção Brasileira é relevante no país. Eu não sei o que é pior: Fingir gostar da parada só pra não ser deixado de fora (Quarta série mandou um beijo) ou reclamar porque “ain, não tem ninguém pra falar sobre o superbóu comigo”. É como se as pessoas brigassem pra ver quem vai ser o primeiro a postar foto assistindo jogo: Quanto tá? Não sei. Quanto tempo falta pra terminar? Não sei. Quem é o camisa 82? Não sei. Essa é a final?

 É A FINAL MTO FODA OS PATRIÓTES TÃO GANHANDO E NINGUÉM ACHÔ Q ELES GANHAVA OOOOOOOOOOOOOOOOOO Ê ÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔ

E essa gente tem a coragem de dizer que é preconceito reclamar. Porra mermão, preconceito é te negarem uma breja por você ter cara de pirralho, isso aí que cê tá fazendo é pedir pra apanhar na rua. Porque você vai apanhar na rua. Porque quando te perguntarem do último jogo e você disser que o jeito certo de jogar futebol é com as mãos a organizada vai cair pra cima de ti mais rápido que a tia Dilma caiu no Congresso. E sabe o que mais? Bem feito, ninguém mandou ser otário. Caso ninguém nunca tenha te dito, seguidor não te defende de porradaria e curtir não é substituto pra bolsa de sangue.

Sei lá, mano, vai jogar videogame, vai cortar a grama… Cê nem precisa arranjar um emprego, só para de fazer merda pra ser cool, porque você não é cool, ninguém chamado Robiscleison ou Jhéssyka é cool. Aliás, ninguém no Brasil é cool. Você é só um tipo diferente de filho da puta que, ao invés de me torrar o saco com o Flamengo, tá me torrando o saco com um esporte que você não sabe jogar e, pior ainda, não liga a mínima pra aprender.

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito