Fountains of Wayne

Música segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Conheci essa banda anos atrás, do mesmo modo que todo mundo deve ter conhecido:

Pois é… Então, caso cês se lembrem, a música ganhou a versão do American Pie, Stifler’s Mom, e bem, assim começa FoW pra mim.

Conheci a budega há vários anos, mas na época foi só uma música legal, com um clipe com duas gostosas (Gianna Distenca e Rachel Hunter – De nada), e esqueci a banda por muito tempo, até rever o clip e ir procurar sobre o que mais eles tinham feito. A banda começou em 1996, em NY, com Chris Collingwood, Adam Schlesinger, Jody Porter and Brian Young (Vocalista, baixista, guitarrista e baterista), e mantém a formação até hoje.

A banda já tem 5 álbuns: Fountais of Wayne (1996), Utopia Park (1999), Welcome Interstate Managers (2003), Traffic and Weather (2007) e o mais recente, Sky Full of Holes, de 2011. O terceiro é, sem dúvidas, o mais famoso, e o que mais gosto: Além de Stacy’s Mom, tem Mexican Wine, All Kinds of Time e Hey Julie. O Segundo conta com Denise… bem, eu ficaria falando de faixas por mais uns quatro parágrafos, na parte dos sigles, ouçam I Want An Alien For Christmas.

Basicamente, o que cês precisam saber sobre a banda é que apesar de ser americana, ela soa muito mais inglesa. Além disso, ela tem várias músicas mais “depressivas”… Não no estilo Evanescence, mas mais para o lado… Esse lado:

Além disso, você provavelmente já ouvi várias músicas dos caras, já que entre filmes e séries, as músicas deles apareceram em The O.C., Gossip Girl, Space Dogs, How I Met Your Mother, Veronica Mars, Robôs, Scrubs e Smallville… Eu sei, Vila Pequena não é um bom exemplo, mas fez sucesso… E Todo Mundo em Pânico. Ainda em filmes, eles foram responsáveis por várias das letras de Josie e as Gatinhas (Aquele filme horrível com umas gostosas), além de um desenho sem graça para a VH1 e o Teletoon e VÉI, o Teletoon mudou o logo… Que heresia!

Na real, Fountains of Wayne é uma banda meio estranha, que alterna de coisas alegres e divertidas, para coisas mais… Emos… Mas não, não são emos… Talvez lembre um pouco o Weezer, no começo da carreira. De uma forma ou de outra, FoW é completamente diferente do que você pode esperar de uma banda americana (Seja isso bom ou ruim). Não espere solos ou riffs, uma bateria pesada, nem o uso de muitos outros instrumentos/efeitos/tralhas, a banda não usa aquele esquema clássico de formação de música, se prendendo mais na letra e numa melodia suave do que em grandes exibições de técnica.

Não se preocupe, apesar da falta de solos (O que sempre melhora uma música), tanto a parte escrita quanto a parte tocada encaixam muito bem (Na grande maioria das vezes): Você não ficará com nenhuma das duas lhe perturbando por semanas, mas vai querer ouvir de novo… Espero. Não são músicas incrivelmente marcantes ou memoráveis, são boas nos seus próprios limites, e esse talvez seja um trunfo (E um problema) da banda: Eles nunca tentam fazer uma música parecer melhor do que é.

Como falei alí em cima, ano passado eles lançaram Sky Full of Holes, que eu já baix comprei, mas ainda não criei vergonha na cara para ouvir. Road Song, aqui no post, faz parte do álbum, e creio que este será o mais “alternativo” que eles já fizeram. Assim que eu ouvir, faço a resenha aqui no Bacon.

Aliás, uma coisa que vocês podem notar, é que além dos clips oficiais da banda, ela costuma inspirar as pessoas a criarem clips para eles:

Vai entender.

Leia mais em: ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Essa banda é bem bacana! A primeira que ouvi foi Stacy’s Mom mesmo e só fui ouvir outra música deles muito tempo depois por preguiça, mas são bem legais. Vou dar uma ouvida nesse cd novo…um dia.

busca

confira

quem?

baconfrito