FFR – GTA: Chinatown Wars (NDS)

Games sexta-feira, 01 de Maio de 2009

Não sabe o que é isso? Veja a introdução aqui.

GTA: Chinatown Wars – Nintendo DS

EU NÃO BOTAVA FÉ NESSE JOGO.

Pronto, eu precisava falar isso logo de cara. Eu juro pra vocês que achava que GTA no DS seria a pior coisa do mundo depois de cerveja quente. Mas sabem como é: eu sou noob com esse negócio de vídeo-games, e eu me engano muito.

Confessa vai, vocês também ficaram em dúvida. GTA é uma puta duma responsa de jogo pra você ficar enfiando num console totalmente sem poderes como o DS. Mas felizmente a Rockstar continua sendo uma das desenvolvedoras que eu mais respeito no mundo dos games.

Quando eu comecei a jogar eu fiquei meio chateado com o jogo. Jogar no DS é ter que reaprender um monte de coisas sobre GTA, inclusive voltar às raizes top view dos primeiros jogos no PC. A diferença é que o DS consegue trabalhar com gráficos 3D e, inacreditavelmente, TODO O JOGO foi feito em 3D no Chinatown Wars. É uma alegria jogar um game simples porém muito bonito no DS. Todos os edifícios, objetos e veículos ficaram interessantes e funcionam muito bem.

Os desenvolvedores também souberam aproveitar a tela de toque do DS, incorporando todas as funcionalidade possíveis e imagináveis para você se tornar o rei do submundo. A que eu mais gosto é um “aplicativo” para o seu PDA no jogo, onde você acessa todas as estatísticas para a venda e compra de drogas como se estivesse mexendo num palmtop ou celular. Graças ao seu PDA fica muito fácil se localizar na (enorme) cidade de Chinatown Wars, e estabelecer rotas entre um objetivo e outro. Ele também adiciona automaticamente os traficantes com quem você negocia, mostrando os tipos de drogas preferidas para compra e venda por cada um deles. Espetacular. Aliás, esse lance de comprar e vender DOGRAS no jogo é altamente… viciante. Rá, fiz piada.

Embora o mini-game de tráfico seja um dos maiores atrativos do jogo, ainda assim a história principal vale a pena ser seguida, já que as missões dadas pelos vários chefes a quem você vai servir liberam novas funcionalidades, carros e armamentos, quando cumpridas. Aliás, algumas são extremamente divertidas, principalmente quando envolvem chacinas de grupos adversários. É lindo ver aquele bando de pixels coloridos se tranformando em pequenas poças vermelhas no chão. Impressionante o quanto conseguiram enfiar de conteúdo e diversão nesse jogo.

Recomendação final: Pra quem gosta de GTA é obrigatório. Eu sou fã da Rockstar, e com Chinatown Wars os caras conseguiram manter minha admiração. Puta jogo bem-feito no DS, mostrando que é possível ter jogos adultos em meio à enxurrada de jogos de acariciar cavalos que o DS apresenta.

Leia mais em: , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Simon

    O jogo já começa fervendo. Te dão um teco na cabeça e te jogam com carro e tudo no mar, em um cais de Liberty City. Daí você tem que quebrar o vidro do carro (com a caneta do DS) e sair nadando até a beira do cais. A história também é do caralho, pois só tem bandido sem vergonha no jogo inteiro.

  • Cara, é melhor que o primeiro GTA?

  • Simon

    Muito melhor que o primeiro e o segundo GTA. Na verdade é mais parecido como GTA III e IV do que com os primeiros GTA, embora pelas fotos não pareça.

busca

confira

quem?

baconfrito