Faxinando os quadrinhos

HQs sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Quando se pensa nas profissões dos personagens das HQs, as primeiras que surgem em nossas mentes são heróis, repórteres, policiais, cientistas, etc. Raramente alguém pensa naquele ser com um escovão e vassoura que perambula pelos quadrinhos como não quer nada: Os zeladores.

E essa semana, por um mero acaso, descobri que se comemorou ontem (09), o Dia do Zelador e por essa razão resolvi apresentar um breve levantamento desta profissão tão importante quanto qualquer outra.

E para começar, precisamos saber primeiramente o que é um zelador. Basicamente, as pessoas vêm o zelador como o responsável pela manutenção e limpeza de prédios, escolas, hospitais, etc. Mas a verdade é que a função do zelador é maior do que isso, uma vez que o zelador é, literalmente aquele que cuida. E isso, como pretendo mostrar no final, vai além do esfregão.

Então iniciemos nossa viagem conhecendo um zelador inigualável dos quadrinhos nacionais, trata-se de… Zelador. O personagem é uma das estrelas do Condomínio presente nas Striptiras, do cartunista Laerte. O personagem (Juntamente com núcleo completo) surgiu em 1973, e segundo o próprio Laerte, as histórias do Zelador e cia surgiu quando ele se mudou pela primeira vez para um prédio e conheceu o Síndico e o Zelador que lhe serviram de inspiração para as tiras.

As histórias, praticamente baseadas em histórias reais vividas por muitos moradores de prédios, retratam os problemas diários de um condomínio e, em grande parte das vezes, no Zelador procurando as soluções para esses pepinos com muito humor.

Já um zelador que é um pouco mais famoso no mundo vem das páginas dos quadrinhos e está presente no Universo DC, se transformou em herói e até fez parte Liga da Justiça Internacional. Trata-se de Michael Jon Carter, o Gladiador Dourado. Em sua origem, o herói anteriormente famoso por ser um atleta de alto nível, acabou sendo banido por trapacear nas partidas em que atuava como jogador de futebol americano.

Como perdeu sua fama e acabou como zelador do Museu Espacial no século XXV, Carter acabou “pegando emprestados” alguns apetrechos tecnológicos e voltou no tempo onde passou a atuar como o herói Gladiador Dourado.

O herói, criado por Dan Jurgens, sempre teve um lado cômico e acabou fazendo uma dupla perfeita com o Besouro Azul Ted Kord. Seu status como herói de baixo nível, já que o mesmo usava sua “popularidade” para ganhar dinheiro como garoto-propaganda – sendo que, inclusive, seu uniforme contava com estampas de logotipos de empresas, tal qual um uniforme esportivo – durou por muitos anos mas veio a mudar durante o evento 52, no qual ele, juntamente com Rip Hunter, salvam o Multiverso.

A partir de então ele se torna o Maior Herói Que o Mundo Jamais Ouviu Falar e passou a defender a linha do tempo do Universo DC, evitando que vilões alterassem o passado, o presente e o futuro dos heróis decenautas.

E pra não dizer que os zeladores dos quadrinhos são apenas pessoas normais ou heróis, temos também um vilão que outrora sustentava a vassoura e o esfregão: O Parasita. O personagem é um vilão do panteão do Superman e ao longo dos anos foi encarnado por dois personagens: Maxwell Jensen (no pré-CNIT¹) e Rudy Jones (no pós-CNIT¹).

Ambos eram faxineiros de laboratórios que acabaram se tornando em seres meta-humanos que necessitavam sugar a energia vital das pessoas para sobreviverem. O Parasita tem a capacidade de temporariamente absorver poderes, força, memórias e a essência vital de seres vivos, bem como somar cada habilidade absorvida.

Pra fechar o artigo, voltemos ao Brasil, desta vez para falar do Web Projeto Zeladores. A história, uma produção independente, com roteiros de Nathan Cornes e Anderson Almeida, apresenta zeladores num sentido diferente e longe das vassouras, baldes e esfregões.

Na realidade, esses zeladores tem como missão zelar pelo mundo misturando lendas brasileiras em meio ao cenário urbano de São Paolo da década de 70. O personagem principal é Zé Pilintra, uma espécie de xerife malando e boêmio que precisa lidar com ameaças mágicas e sobrenaturais ao lado de seu melhor amigo, o detetive paranormal Opala 78.

A história foi lançada em versão imprensa pela Editora Devir em 2010, mas a história pode ser acompanhada gratuitamente no site www.zeladores.net.

Só pra fechar mesmo, vou fugir dos quadrinhos e citar outro zelador conhecido do público brasileiro, mas desta vez dos desenhos animados, pois esse personagem marcou a infância de muitos na década de 80 e 90 (A minha pelo menos), trata-se do amavél Penry Pooch, o heróico Hong Kong Fu, zelador de uma delegacia de polícia, que nas horas vagas enfrentava o crime com suas apuradas técnicas de Kong Fu. É claro que ele mais atrapalhava do que ajudava…

¹Só para quem não sabe… CNIT é o evento de 1985 que mudou o Universo DC, a Crise nas Infinitas Terras, e que por sua vez dividiu o DCverso em duas fases distintas pré e pós crise.

Leia mais em: , , , , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • tem o faxineiro de fables! O ‘papa-moscas’, Ele é um personagem bem carismático (:

busca

confira

quem?

baconfrito