Eu odeio o Wii/Eu amo o Wii pt.2

Nerd-O-Matic quinta-feira, 03 de julho de 2008

Então, depois dos experimentos com haikais da semana passada – que só provaram que vocês realmente são umas bichas loucas porque gostam de poesia – vou finalizar a coluna em duas partes sobre as razões para comprar um Wii, tocar fogo nele de raiva, e depois comprar outro Wii, arrependido por ter incendiado o primeiro.

TRÊS RAZÕES BOMBÍSTICAS PELAS QUAIS EU AMO O WII

01 – Você nunca jogou nada assim

Você já sabe que o controle é inovador e mimimi. Que se foda isso. O que realmente diverte no Wii não é simplesmente a maneira diferente de controlar o que acontece na tela, mas a experiência como um todo. Vou pegar o exemplo de Medal of Honor do Wii; é lógico que sempre existiram jogos de tiro em primeira pessoa que você podia jogar com uma pistola, aumentando a imersão ao mirar e atirar diretamente na tela. Mas o que rola no Wii é bem diferente dos jogos de tiro dos arcades: aqui você se comporta como se realmente estivesse no jogo. Não é só mirar e atirar; é também você levantar a bunda do sofá e se inclinar junto com o controle na mão, pra fazer o personagem no jogo se inclinar e dar uma espiada no que tem por trás daquela caixa de granadas. É outro nível de realismo.

Ou então tu pega lá o No More Heroes, onde você tá andando na tela, com o direcional, normal. De repente o telefone celular do seu personagem toca e você escuta o wiimote na sua mão chamando também, como se fosse um celular. Aí você, se sentindo meio retardado mas de forma instintiva, levanta o wiimote e coloca no ouvido e “atende” mesmo a porra do celular, que começa a falar com você através do alto-falante do wiimote. Espetacular. Momentos mágicos de surpresa em um jogo.

E, é claro, a maior promessa do wiimote de todos os tempos:

 FUCKING “UóóóN” MOTHERFUCKER!!!

Jogar um jogo de Star Wars com um SABRE DE LUZ na mão porra! Se isso der certo vai ser o EPIC WIN mais EPIC WIN de todos os tempos da história dos games dos últimos dois séculos. Me desculpem detratores do Wii, mas é o único console que vai permitir a simulação da fantasia nerd erótica de 11 entre 10 nerds fãs ou não de Star Wars. É tipo o graal nerd dos vídeo-games.

02 – Potencial gamístico incipiente do console

Não sabe o que significa “incipiente”, né? Eu sempre falo que vocês são uns ignorantes do cacete. Mas cê vai entender no final.

Outra grande vantagem do Wii é que nós ainda não conhecemos os limites do que pode ser feito nele em termos de jogabilidade. Mais do que o sabre de luz á base de wiimote, o Wii Fit é um grande exemplo de como podemos ter maneiras nunca antes imaginadas de jogar disponíveis pela primeira vez a um grande público, tudo dependendo apenas da criatividade dos desenvolvedores.

É um fato que nós ainda não absorvemos totalmente o Wii. Nós fomos moldados por décadas de vídeo-games confinados, onde o controle e o movimento dos personagens na tela eram apenas um correspondente digital dos movimentos feitos em uma plataforma de mão, o joystick. Com o wiimote a experiência é mais… orgânica… ou instintiva, não sei. É diferente, e isso basta.

E a diferença é que justifica o caráter de potencial incipiente, pois precisamos efetivamente aprender a pensar os jogos de uma maneira diferente que pensávamos até agora. Quando nos remodelarmos mentalmente para esse nova forma de jogar, aí sim o potencial pleno do Wii poderá ser aproveitado em novos jogos espetaculares. Essa promessa de ver coisas que eu nunca vi antes num jogo me emociona e certamente me mantém otimista com o Wii, apesar da avalanche de remakes e merdas que saem para o console todo dia.

03 – Mulher

A grande vantagem do Wii ser um console meio boiola é que (como todas as coisas meio boiolas) ele atrai mulher. A homoatratibilidade das mulheres é fato comprovado desde o fenômeno Hello Kitty, que certamente é a coisa mais bicha e inútil que já apareceu no mundo, entretanto é objeto erótico de adoração pelas mulheres. Vá entender.

 Ok. Parei de reclamar de Hello Kitty.

Mas tudo bem, cê não precisa entender como as mulheres funcionam para apreciá-las, você só precisa assisti-las jogando Wii, para se convencer do poder do console:

Pode ser uma boa idéia comprar um Wii pra sua namorada…

…ou não.

De gostosas a gordas sem-noção, as mulheres se agrupam em torno do Wii, que parece não lhes oferecer a mesma ameaça nerd do X360 e do PS3. É lógico que existem gostosas jogando os outros dois consoles, mas o poder do Wii nesse quesito é imbatível. Algo acontece e você junta mulheres em torno do Wii. Deve ter algo a ver com o formato fálico do wiimote:

 Tem como NÃO pensar merda vendo isso?

E convenhamos, assistir uma mulher executando os movimentos dos jogos é algo mágico, principalmente porque elas ficam absorvidas pela experiência e esquecem que você tá ali comendo ela com os olhos. OU elas fazem de propósito, o que te beneficia do mesmo jeito. Não tem como perder, amigão!

E é lógico que quanto mais sua mulher gostar de vídeo-games, menos ela vai te encher o saco por você ficar jogando, então o Wii é realmente um console estratégico para todo homem que pretende manter vídeo-games e mulheres simultaneamente em sua vida. Ponto pra Nintendo.

Conclusão

Espero que vocês tenham se convencido de que o Wii, assim como todos os outros consoles da história dos games, tem suas vantagens e desvantagens. Pese bem o que é mais importante pra você e decida-se pela compra ou não.

E, por favor nintendistas e sonystas, VÃO SE FODER ao invés de ficar fazendo comentários motherfuckers do tipo “o wii é uma bosta”/”o wii é o melhor console do mundo”, ok? Comentários sem conteúdo ou puramente xingativos serão deletados.

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito