Estreias da Semana – 09/03/2017

Cinema quinta-feira, 09 de Março de 2017

Kong: A Ilha da Caveira (Kong: Skull Island)
Com: Tom Hiddleston, Brie Larson, Samuel L. Jackson, Corey Hawkins, Toby Kebbell, Shea Whigham, Jason Mitchell, John Goodman e John C. Reilly
Sabe de onde veio aquele gorilão do filme? Então, essa é a história.
É tipo um Batman Begins pro King Kong. Mas que bela merda, hein?

Versões de Um Crime (The Whole Truth)
Com: Keanu Reeves, Renée Zellweger, Gugu Mbatha-Raw, Gabriel Basso, Jim Belushi, Jim Klock e Ritchie Montgomery
Richard Ramsay é o advogado de Mike Lassiter, que com 17 anos é acusado de assassinar o pai, Boone. Acontece que Mike não deu um piu sobre o caso, exceto pra confessar o crime, e Ramsay prometeu à viuva Loretta que ia manter seu filhote fora da jaula. Ramsay vai contar com a ajuda de Janelle, que pega mentiroso no pulo, pra tentar virar o caso, graças à novas revelações e ao tipo de homem que Boone era.
O que é pior? Um advogado que não segue regras, mas faz a coisa certa, ou um que não quebra uma regra, e mesmo assim caga na cabeça de geral? É, eu também acho.

Fome de Poder (The Founder)
Com: Michael Keaton, Linda Cardellini, Patrick Wilson, Laura Dern, Nick Offerman, B.J. Novak e John Carroll Lynch
Ray Kroc era um vilão do Batman vendedor em Illinois, quando conheceu Mac e Dick McDonald, que tinham várias lojas de hamburguer ali no sul da Califórnia. Vendo que o esquema funcionava, o que ele fez? Tomou a porra toda, e criou esse monstro que cês conhecem hoje em dia.
A fazenda do velho McDonald não dá mais conta do recado.

Negação (Denial)
Com: Rachel Weisz, Tom Wilkinson, Timothy Spall e Andrew Scott
A pesquisadora Deborah E. Lipstadt escreve um livro onde cita o historiador David Irving, que nega o holocausto de judeus durante a segunda guerra mundial, dizendo ser só uma invenção dos mesmos pra ganhar mais dinheiro. Irving, sendo o cuzão que é, entra com uma ação por difamação contra Deborah. E como na lei britânica quem acusou tem de provar a veracidade da acusação, o rolê toma proporções além da conta, já que Deborah vai ter de provar a existência do holocausto, numa disputa judicial que vai englobar muito mais do que dois meros estudiosos.
Pensa só se essa moda pega no Brasil? O que vai ter de gente provando que coisa existe não tá no gibi.

Silêncio (Silence)
Com: Andrew Garfield, Adam Driver, Liam Neeson, Tadanobu Asano, Ciarán Hinds e Issei Ogata
Sebastião Rodrigues e Francisco Garupe são dois padres jesuítas do século XVII, que vão ao Japão procurar seu mentor desaparecido, que por um acaso é Liam Fuckin’ Neeson. O problema é que o Japão tá numa época de ser fechado, proibir catolicismo, matar padre, etc. Então eles vão ter de ser unir pra combater os samurais com artes marciais católicas nunca antes vistas.
Mentira, não tem artes marciais católicas, só descobertas espirituais. Mas se tivesse, ia melhorar o filme 500%.

Personal Shopper
Com: Kristen Stewart, Lars Eidinger, Sigrid Bouaziz, Anders Danielsen Lie, Nora von Waldstätten e Benjamin Biolay
Vivendo como personal shopper [É MESMO?] de uma celebridade em Paris, Maureen também tem uma habilidade psíquica de falar com os defuntos, do mesmo jeito que seu irmão gêmeio, Lewis. Só que Lewis morreu recentemente, e ela tá esperando uma mensagem do irmãozinho. O problema é que alguém desconhecido resolveu papear com ela, enquanto isso não acontece.
Sério, com esse nome, eu esperava uma crítica ao consumismo, ou ao parecido, não uma trama sobrenatural.

Souvenir
Com: Isabelle Huppert, Kévin Azaïs e Johan Leysen
Ao ficar em segundo lugar num show de talentos europeu, Liliane achou que 1974 era seu ano. Não foi, e ela foi trabalhar numa fábrica, depois de ser esquecida pelo público. Mas quando ela se envolve com Jean, um boxeador de 21, que faz com que ela volte à sonhar com palcos e sucesso.
Nada contra quem corre atrás dos próprios sonhos, mas que caralhos um boxeador de 21 anos tá incentivando terceiros à buscarem seus sonhos, ao invés de ir atrás dos próprios?

Papa Francisco: Conquistando Corações (Francisco – El Padre Jorge)
Com: Darío Grandinetti, Silvia Abascal e Anabella Agostini
Jorge era só um argentino marrento comum, que nunca imaginaria se tornar o papa católico. Mas com o tempo, em um dos poucos casos em que o ego de um argentino acertou, ele começou a se preparar para, finalmente, ser sacramentado como o Sumo Pontíficie da Igreja Católica Apostólica Romana, adotando o nome de Papa Francisco.
Considerando que é o filme de um argentino atingindo o ápice dentro de uma organização, os brasileiros não devem gostar muito.

O Crime da Gávea
Com: Simone Spoladore e Ricardo Duque
Paulo chega em sua casa, na Gávea [CÊ JURA?] e encontra a esposa morta. Sua filha, entretanto, está dormindo tranquilamente no berço. Não há sinais de arrombamento, roubo ou mesmo pistas do criminoso. Bolado com tudo isso, Paulo começa a investigar o que rola por fora do trabalho da polícia, e começa a se perder no labirinto das próprias contradições.
Meu irmão, é o Rio de Janeiro. É óbvio que foi bala perdida.

Insubstituível (Médecin de Campagne)
Com: François Cluzet, Marianne Denicourt e Isabelle Sadoyan
Jean-Pierre é médico em uma cidadezinha nos confins da França. Porém, mais do que médico, ele é parte integrante da comunidade, faz muito tempo. Acontece que Jean-Pierre tá doente, e quem trata o médico do interior? Os médicos da capital. É ai que Natalie entra: Ela tem de conquistar a população, que acha que Jean-Pierre, o nome mais francês do mundo, é insubstituível.
Ninguém é insubstituível, ao mesmo tempo em que todo mundo é totalmente substituível. Depende só do ângulo que você olha.

Leia mais em: , , , , , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito