Esposa de Mentirinha (Just go with it)

Cinema quinta-feira, 03 de março de 2011

 Em Esposa de Mentirinha, um cirurgião plástico de caso com uma professora bem mais jovem pede à sua leal assistente que finja ser a esposa de quem ele está se divorciando para encobrir uma mentirinha casual. Após mais mentiras que saem pela culatra, os filhos da sua assistente também acabam envolvidos, e todo o grupo parte para um fim de semana no Havaí que mudará as vidas de todos eles.

Antes de mais nada, devo avisar: Não, essa sinopse ae tá errada. Mas isso que dá ser preguiçoso e copiar o que a galera das distribuidoras divulga [Nada contra vocês, galera. Eu sei que muitas vezes as ordens vem de cima]. A questão é que Danny, o cirurgião em questão usa uma aliança e muita lábia pra dar o golpe do cara que só se fode com a esposa em casa pra pegar umas cocotas. Porque todo mundo sabe que mulher adora dar um colo [E algo mais] pra cara que tá na merda.

Até ai tudo ótimo, ele passou a vida toda fazendo isso e nunca ligou. O problema dele começa quando ele acha uma garota que se importa com isso: Palmer. E não só se importa com isso, eles se conheceram sem ele usar o golpe, e a aliança falsa que ele guardou no bolso fodeu tudo. O que ele, gênio que é, resolve fazer? Faz o que todo homem faz em busca de mulher: Mente, que sua esposa é a assistente Katherine.

 Má vá dizer que você também não mentiria até seu cu fazer bico por ela?

E, como em todo bom filme de Hollywood, a mentira é, na verdade uma bola de neve descontrolada jogada pelo Hulk: Ela não para. Pelo contrário, só vai crescendo e tomando proporções catastróficas. Tanto que os filhos de Katherine são engolfados em tal balbúrdia. Mas eles até gostam. Afinal, criança sempre gosta de causar. Tou mentindo?

 Óun, que lindinhos os dois fodendo com a vida do patrão da mãe…

O grande problema, no entanto, à meu ver, é o clichê de que a assistente é linda e não se produz, mas quando Danny banca sua transformação, vira uma gostosa pra caralho, e ele começa a notar que ela conhece e entende ele mais do que qualquer pessoa. Claro, ô imbecil: Você paga pra ela fazer isso!

 Fora que a titia Aniston não fica devendo em nada pras gostosas mais novas.

Quero verem fazer um filme-clichê desses que o cara troca uma mulher no nível da Palmer por uma a lá Preta Gil. Aposto que as mulheres iam amar, e os homens iam sentir náuseas. Ou arrancar os próprios olhos com o ingresso da sessão.

Esposa de Mentirinha

Just go with it (117 minutos – Comédia Romântica)
Lançamento: EUA, 2011
Direção: Dennis Dugan
Roteiro: Allan Loeb e Timothy Dowling, baseados no roteiro de Pierre Barillet e Jean-Pierre Grédy, por sua vez, baseados no roteiro de I.A.L. Diamond em Cactus Flower
Elenco: Jennifer Aniston, Adam Sandler, Nicole Kidman, Heidi Montag, Elena Satine, Bailee Madison, Brooklyn Decker

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito