DreamWorks ou Disney/Pixar? – Parte II

Televisão quarta-feira, 08 de abril de 2009

O que seria de nós sem a tecnologia para resolver os problemas que não existiam antes dela.

Enfim, sem choro, continuarei a ideia da semana passada.

Como em 2002 a Pixar estava concluindo sua maior obra-prima, os dois estúdios resolveram apostar suas fichas em animações tradicionais – Lilo & Stitch e Planeta do Tesouro, da Disney, e Spirit, da DreamWorks – a surpresa do ano foi o lançamento de A Era do Gelo do estúdio independente Blue Sky, com selo Fox.

Mesmo assim, quem surpreendeu naquele ano, faturando o Oscar em 2003, foi A Viagem de Chihiro, uma animação japonesa com estilo e elementos de anime (redundância?).

 Alguém aí também acha que lembra A História sem Fim?

Resumindo, em 2002 os dois estúdios tiveram que engolir um novo e forte concorrente, além da consagração de uma animação tradicional oriental.

Para o ano seguinte, a Pixar veio com tudo, lançando a animação mais vista de toda a história e, também, mais lucrativa: Procurando Nemo, mostrando uma história no melhor estilo à Odisséia, de Homero, e uma qualidade jamais vista, com a água do oceano sendo mais perfeita que a original.

 ÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔ

Para se ter uma idéia, Nemo faturou cerca de U$ 1 bilhão de dólares em todo o mundo, custando ‘apenas’ 94 milhões.

A DreamWorks se contentou com uma animação ‘meio’ tradicional, já que Sinbad – A Lenda dos Sete Mares, era predominantemente 2D, mas com algumas cenas em 3D.

Mesmo com um elenco estrelado – Brad Pitt, Catherine Zeta-Jones, Michelle Pfeiffer e Joseph Fiennes – foi mal nas bilheterias, faturando menos que 100 milhões de dólares em todo o mundo.

 Dentes brancos e fortes, heim

Com a consolidação da parceria Disney/Pixar com as indicações ao Oscar de Procurando Nemo e Irmão Urso, com a saga do peixe-palhaço levando o prêmio, a DreamWorks foi obrigada a mudar.

Mas será que a Fábrica dos Sonhos fez o certo? A parceria entre a Disney e a empresa da lâmpada estava mesmo ás mil maravilhas?

To be continued…

Leia mais em: , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Nemo comanda!
    E tá bacana a série. :D

  • Marcos Bonilha

    @Budrush

    Valeu Bud, volte sempre!!

  • Caio, The Eldar

    procurando nemo é muito bom!

    E eu tb acho q chihiro lembra, e muito, história sem fim…

  • Jônatas C. Aparecido

    Olha, eu considero a Pixar um grande estúdio, mas eu prefiro bem mais a DreamWorks. Primeiro porque seus filmes passam muitas mensagens de reflexão, o que admiro muito, e segundo porque a diversão é o dobro da Pixar. Mesmo sendo um humor pastelão, você ri sem parar, como em Kung Fu Panda, meu filme predileto.

    DreamWorks é a melhor!

  • joão !

    chihiro é foda. pra mim, nível de dogville e oldboy, em termos de qualidade intelectual.

  • Procurando Nemo, sei lá… Não achei tão legal, o azul predominante deixa a pessoa com sono, faltam elemantos que chamam mais a atenção.
    Pensa só, se fossem animais exóticos procurando o nemo, e fosse numa selva, seria mais interessante, o Marlin poderia ser um papagaio vermelho, a Dóri um azul, os tubarãoes seriam falcões, seria muito mais legal.
    Matéria legal, gostei.

busca

confira

quem?

baconfrito