Detona Ralph (Wreck-It Ralph)

Cinema quinta-feira, 03 de Janeiro de 2013

 Inspirado na linguagem dos videogames, a trama segue os passos de Ralph, um vilão de jogo de fliperama determinado a provar que pode ser o mocinho da história. Com a ideia fixa de ser herói, pelo menos uma vez na vida, o protagonista é dublado por Tiago Abravanel, que conquistou o público vivendo Tim Maia no musical “Tim Maia – Vale Tudo”, baseado no livro de Nelson Motta. “Ralph decide mudar de vida. Para isso, ele entra em vários jogos e encontra com vários personagens conhecidos. É divertido’’, disse Abravanel. Rafael Cortez empresta a voz ao personagem Conserta-Felix Jr., conhecido por consertar tudo. MariMoon dubla a personagem Vanellope Von Schweetz, a jovem e encrenqueira “bug” de um jogo de corrida de carros. É ela quem ensinará Ralph o verdadeiro significado ser um mocinho.

Antes de mais nada: Eu vi a versão dublada. Eu preferia ter visto legendada, como sempre, mas não foi uma escolha, então tive que me contentar com gente famosa fazendo dublagens. Mas não ficou tão ruim quanto parecia que poderia ter sido.

Se você tem mais de 20 anos, deve se lembrar do Nintendinho, do Master System, e da guerra dos consoles. E se você se lembra, esse filme é pra você: Temos Sonic, Zanguief e mais uma porrada de personagens licenciados que ninguém dá a mínima. E não, o Mario não foi licenciado, por ser muito caro. Mas não se preocupe, foi feita a devida homenagem ao encanador bigodudo.

 Mas, por motivos mais ou menos óbvios, as personagens licenciadas ficaram expostas o mínimo possível.

Mas vamos lá: O enredo do filme gira em torno da ideia imbecil [E que, no entanto, todo menino teve] de que, por trás dos jogos, haviam personagens com vida própria e o escambau. Uma espécie de Toy Story, só que pros vídeo-games.

 Tudo culpa desses babacas ae.

Imagina que você é o cara mau, e todo mundou passou a sua vida inteira te esculhambando porque você era o cara mau. Parece ruim, não? Agora, imagina que você quer agradar essa galera imbecil, por um motivo que não está claro pra você. Soa familiar? É claro que soa, essa é a vida em sociedade como nós conhecemos. E que animação consegue botar isso de forma tão sutil e ao mesmo tempo tão arrebatadora? Isso mesmo, a sua amiga Disney.

 Mistura de Halo com Call of Duty? Impressão sua…

Pois bem, eu falei, falei, e não disse nada. Ralph é o vilão do jogo Fix-It Felix, onde Felix é o herói, que sempre leva os louros. Como qualquer imbecil, Ralph não quer ser só esculachado, e queria se dar bem de vez em quando. E, pra isso, ele foge do jogo dele e vai atrás de uma medalha em outro jogo, porque isso teoricamente o tornaria um herói. Mas ó só, isso não o torna um herói automáticamente. Ele terá que lutar por isso e blá blá blá. Como todo filme da Disney.

 Não é uma coisinha cuti-cuti?

Depois de invadir o Hero’s Duty, Ralph vai parar no jogo Sugar Rush, onde conhece Vanellope von Schweetz, um bug do jogo. Que acaba conquistando o coração de Ralph e da audiência [ÓUN]. E graças à ela Ralph aprende o que é ser um herói e blá blá blá. Mas o que realmente importa no jogo filme, se você não é uma menininha, é que vários jogos da sua infância estão ali representados. Cara, tem até o Sonic!

Detona Ralph

Wreck-It Ralph (108 minutos – Aventura)
Lançamento: EUA, 2012
Direção: Rich Moore
Roteiro: Rich Moore, Phil Johnston, Jim Reardon e Jennifer Lee
Elenco: John C. Reilly, Jane Lynch, David Hyde Pierce, Dave Foley, Sarah Silverman, Jack McBrayer, Teddy Newton, Jamie Elman

Leia mais em: , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Loney

    SONIC >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> mario

  • LP

    “Mas ó só, isos não o torna um heróia automáticamente.” Estagiários, Estagiários Everywhere.

  • Na verdade isso foi culpa minha, por escrever bêbado e sem óculos.

busca

confira

quem?

baconfrito