C.B.B – Rinoceronte

Música terça-feira, 04 de outubro de 2011

Rinoceronte é um powertrio de Santa Maria (RS) formado em 2007. A banda é formada por Paulo Noronha (Voz e guitarra), Vinicius Brum (Baixo e voz) e Luiz Henrique “Alemão” (Bateria). Com influencias como Black Sabbath, Queens Of The Stone Age, Led Zeppelin e muito rock anos 70, a banda produz um rock tão pesado quanto o (Se vocês me permitem o trocadilho) animal que os nomeia.

O primeiro EP da banda, intitulado Rinoceronte, foi lançado em 2009. E, diga-se de passagem, a arte é animal cheio dos trocadilhos hein Ricardo?. O EP, que contém 4 músicas, já deixa claro as influencias da banda e o talento dos membros. Vale lembrar que apesar da banda ser criada apenas em 2007, todos os membros já tocavam há um bom tempo.

Em 2010, a Rinoceronte lançou o seu primeiro álbum, chamado Nasceu. O álbum foi lançando pelo selo Monstro Discos. No álbum temos as músicas do primeiro EP e mais algumas novidades, como a música Furacão, que eu considero a melhor obra deles. Essa foi a primeira música que escutei da Rinoceronte, e ela me fez querer conhecer todo o trabalho dos caras. Parafraseando a própria música para explicar ela, a Furacão começa como uma leve brisa, e depois se transforma em uma tempestade quando chega no refrão, com uma guitara pesada e uns riffs que mostram que a banda é rock mesmo. Pesado e de qualidade.

A banda já possui um clipe da música Anda no Ar:

Enfim, Rinoceronte é o tipo de banda que eu gosto de recomendar praquele maluco que só veste camisa do Iron Maiden e diz que “o rock morreu no Brasil”. É um rock pesado e de qualidade, totalmente brasileiro e em português. O que é meio “raro”, já que aqui a maioria das bandas que tentam um rock apelam para músicas e nomes em inglês (Não sei por qual motivo). Você pode ouvir e conhecer mais a banda no Facebook, Myspace, Trama Virtual e no Toque no Brasil.
Recomendo irem a um show bater cabeça com o som deles. Além da banda manter a mesma qualidade durante as apresentações, é um show a parte ver o baixista tocar com tanta facilidade e precisão (Minha mania de tentar ser baixista faz com que eu preste atenção mais nesse instrumento). Enfim, vai na fé em todas as músicas, em especial Furacão, Eu que não queria e Chaves e Segredos.

Leia mais em: ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Porra, é muito bacana, mesmo.

    Esses dias eu conheci o Ounce of Heaven, num site que eu não me lembro (olha só, que informativo!), mas que era americano, cheio de bandas independentes. Muito bom tb.

  • Ricardo G. Souza

    Ounce of Heaven? Não conheço. Vou dar uma procurada o/

  • Yoda

    Gostei, Nice véi!

busca

confira

quem?

baconfrito