Alice no Enem 2012

Contos sexta-feira, 09 de novembro de 2012

– Merda.

Alice, 17. Se sua vida fosse um filme, a trilha sonora do momento seria a música tema de Psicose, de Hitchcock. Violinos agudos capazes de rasgar a alma expressariam bem o terror em seus olhos. O ódio em seu coração. O sangue fervendo em suas veias. Sua cabeça? Vazia. O único termo compreensível, a única palavra que sua cabeça transtornada conseguia formar e que sua boca poderia articular era:

– Merda.

E de fato, a situação era uma merda. Alice, que passou seus quinze anos transportando laranjas em bicicletas e tentando se bronzear com lâmpadas incandescentes. Alice, que passou seus dezesseis anos lendo HQs do Capitão América pelo seu namorado nerd. Alice, que passou o início de 2012 estudando tudo o que não valia a pena. Alice agora se encontrava presa. Encurralada. Sem esperanças. O ENEM batia em sua porta.

“Será que ainda dá pra fugir?” – pensava consigo enquanto via as árvores lá fora correrem. Ela sabia que as árvores não corriam, mas não saberia explicar o fênomeno que acontecia diante de seus olhos caso fosse preciso. Como a situação chegou àquele ponto?

Alice tratou o ENEM como se fosse uma doença terminal, oras.

Como assim? Tudo começou em janeiro.

[Dramatização]

Alice: PAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAI, eu vou ganhar aquela viajem pra Bombinas com o Milton no fim do ano?
Seu Antônio: Quem é Milton?
Alice: Meu namorado.
Seu Antônio: Quem?
Alice: O Milton
Seu Antônio: O que tem o Milton?
Alice: É o meu namorado.
Seu Antônio: O Milton tá com o seu namorado?
Alice: … Pai, eu vou ganhar uma viagem no final do ano?
Seu Antônio: Bem, isso depende. Já decidiu o curso que você quer fazer?
Alice: Medicina!
Seu Antônio: … Você andou assistindo Grey’s Anatomy de novo
Alice: … Não?
Seu Antônio: … Ok. Você ganha a viagem pra Bombinhas SE você passar em medicina na UFRJ.
Alice: Haha! Vai ser moleza!

Desde então, Alice percebeu que, para conseguir a tão sonhada viagem, precisaria estudar. Estudar como nunca estudou antes. Estudar longe da televisão. Estudar sem copiar da Wikipedia. E, acima de tudo, estudar por mais de dez minutos. Convenhamos, uma novidade e tanto para uma garota de classe media-alta que foi bancada pelos pais por toda a vida! Não, leitor. Sua colega do colégio não é assim. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência, as pessoas não são assim. O mundo é um lugar bom e a ficção é apenas a simulação de como as pessoas poderiam ser superficiais! A partir de fevereiro daquele ano, Alice estava matriculada em um cursinho preparatório. E é aqui o início da primeira fase de sua jornada.

NEGAÇÃO

“Não é grande coisa, eu li na internet que esse tal de ENEM é fácil pra caramba! Certeza que eu vou pra Bombinhas!”

Alice pegou um caderno de questões. Sentou à mesa do escritório de seu pai e iniciou a resolução. Após cinco questões resolvidas, deu-se conta: Aquilo era fácil. Ridiculamente fácil. Fácil, extremamente fácil. Pra você e eu e todo mundo cantar junto. Tão fácil que até Rogério Flausino esfregaria na sua cara o quão não-difícil era aquilo tudo. A partir de certa hora, a jovem passou a indagar: “Mas faculdade é só para gente inteligente. As pessoas entram na faculdade pelo ENEM. Eu acho o ENEM fácil. Então eu devo entrar fácil na faculdade. Então eu devo ser uma gênia. EU SOU UMA GÊNIA”.

Largou os estudos e postou em seu Twitter “GENTE, eu sou uma gênia rsrsrsrs #einsteineeu”.

As preocupações com a prova caíram por terra. Ia se preocupar com o que? Por favor! Tantas coisas mais legais na vida. Um namorado gostoso, duas amigas que poderiam sustentá-la caso virasse mendiga, memes na internet, ajudar o mundo pelo Facebook!

Todavia, algo estava errado. Seu namorado não lhe dava atenção, muito menos suas amigas. Estavam todos estudando. Os memes da internet não eram tão engraçados, as tirinhas todas eram sobre estudos. O mundo ainda precisava ser salvo, mas poucas imagens sobre a África apareciam. O que dominava as páginas eram frases motivadoras para o vestibular. Ser um gênio era difícil para Alice. Qual a graça de ser a única inteligente, a única que não precisa estudar? Seus seguidores não davam RT! PELO AMOR DE DEUS, ELES NÃO DAVAM MAIS RT! Não podia mais aguentar aquilo. Se não pode vencê-los, junte-se à eles. Aqui começou a segunda fase do ano de Alice.

RAIVA

“Por que os meus amigos são tão burros? Por que eu preciso estudar com a ralé? CACETE.”

Alguém decidiu contar à Alice que a palavra “gênia” não existia. Ela riu por duas horas e depois foi procurar no Google. Percebeu que estava se fazendo de idiota nos últimos quatro meses. Decidiu mostrar para o mundo que não era otária. Decidiu mostrar para o mundo quão fáceis eram as questões daquela “provinha de merda”.

Até que a jovem percebeu que todos ao seu redor consideravam aquela prova fácil. Quem explicou para Alice foi Juninho, um rapaz apaixonado pela mesma. Não queria que o amor da sua vida “levasse bomba ao invés de Bombinhas”. Juninho sofria muito na escola, tanto pela sua aparência esguia, quanto pelo seu senso de humor de merda. No entanto, o que deveria ser uma boa ação, resultou em um trauma. Alice respondeu Juninho.

Leitor, pedimos encarecidamente para que tire as crianças da sala. Se você se considera uma pessoa sensível, por favor ignore o texto que virá a seguir em caixa alta. A resposta de Alice foi algo parecido com:

– FILHO DA PUTA, VOU COMER SEU CU. ARROMBADO DO CARALHO, SUA MÃE ALUGA A BUCETA PRA COMPRAR FIXADOR DE DENTADURA PRO SEU PAI, AQUELE CORNO BROXA. CHIFRUDO, VOU ENFIAR MEU BRAÇO NO SEU ÂNUS E ARRANCAR SEU INTESTINO. LOGO DEPOIS VOU ENFORCAR SUA AVÓ COM ELE, AQUELA VELHA BISCATE QUE FAZ CROCHÊ PRA FORA EM TROCA DE PICA. SUAS TIAS TÊM PÊLO NO DENTE E SUA IRMÃ TEM POLENGUINHO NA VIRILHA, SEU GRANDE FILHO DA PRÊULA. SUA MÃE DAVA LEITE DA CABEÇA DO PAU DO SEU PAI PRA VOCÊ BEBER, FILHO DA PUTA. ISSO MESMO, VOCÊ TOMAVA MAMADEIRA DE PORRA DESDE CRIANÇA. POR ISSO É O RETARDADO MENTAL QUE É HOJE, SEU ZÉ BEBEDOR DE SUCO DE CARALHO. O PADRE TE BENZEU COM ÁGUA PARADA, HOJE VOCÊ SOFRE OS EFEITOS RETARDADOS DO AEDES AEGYPT QUE SE ALOJA DENTRO DO SEU OUVIDO, SEU MONTE DE ESTERCO. SEU AVÔ ARROMBADO USA FRALDA E TE OBRIGA A LIMPAR OS COCOZUDOS DELE COM UMA COLHER DE DANONINHO, SEU CAPACHO DO CARALHO. SUA MÃE TE FAZ DORMIR COM O REX, AQUELE CHIUAUA FILHO DA PUTA E CHEIO DE SARNA. E DURANTE A MADRUGADA O REX ABUSA SEXUALMENTE DE VOCÊ, ATOLA A PATINHA DENTRO DESSE SEU CU PELUDO, SEU FRACASSADO. LEMBRA DA JANDIRA, AQUELA SUA PRIMA MONOTETA? POIS É, ENFIEI UM TACO DE BASEBALL NO CU DELA. A MÃE DELA DEU O FLAGRANTE NA GENTE E AO INVÉS DE FICAR BRAVA, PEDIU O TACO EMPRESTADO. VADIA DO CARALHO ESSA SUA TIA, SÓ PODE TER APRENDIDO COM SUA MÃE, AQUELA BISCATE. QUE ALIÁS, CONTINUA CHUPANDO O CARALHO DO ZÉ DO PACOTE, O TRAFICANTE QUE MORA AÍ DO LADO DA SUA CASA DE BARRO, SEU FILHO DUMA MACONHEIRA VAGABUNDA. O CABELO DA SUA MÃE É TÃO RUIM QUE ELA FAZ CHAPINHA NOS PÊLOS DO SOVACO E USA UM DESODORANTE COM CONDICIONADOR CAPILAR, AQUELA VELHA CARCOMIDA DESGRAÇADA. VOCÊ FOI ENCONTRADO NO LIXO, SEU MERDA. E ATÉ HOJE SUA MÃE PEDE DESCULPAS PRA DEUS PELO PEDAÇO DE MERDA QUE PARIU. ATÉ TE EMBALOU NUM SACO PRETO ANTES DE JOGAR NO LIXO, MAS VOCÊ É TÃO HORRÍVEL QUE UM MENDIGO TE ENCONTROU E QUASE TE COMEU ACHANDO QUE TU ERA UMA LAZANHA, SEU ESCROTO FILHO DA PUTA. SEU PAI VENDE CARTA DE MAGIC ROUBADA PRA JOGAR UMA HORA NA LAN HOUSE E ENTRAR EM SITE PORNÔ. DEPOIS ELE SE MASTURBA E GOZA DENTRO DO SEU TRAVESSEIRO. ISSO MESMO, AQUELA MANCHA BRANCA QUE INSISTE EM APARECER TODA VEZ QUE VOCÊ ACORDA NÃO É SUA SALIVA, SEU FILHO DA PUTA. VOCÊ SEMPRE FOI O MAIS ALOPRADO DA CLASSE. LEMBRA QUANDO ENFIARAM UM GIZ NO SEU CU? VOCÊ FICOU UMA SEMANA CAGANDO BRANCO, PARECIA GESSO. E QUANDO VOCÊ IA RECLAMAR COM A PROFESSORA, ELA TE MANDAVA CALAR A BOCA. AQUELA VELHA SEMPRE SOUBE QUE VOCÊ TEM PROBLEMAS MENTAIS, SEU RETARDADO. AÍ VOCÊ TINHA QUE CALAR ESSA SUA BOCA ENQUANTO O GIZ DERRETIA DENTRO DO SEU INTESTINO, HAHA. FRACASSADO, VÊ SE PASSA UMA GILLETTE NESSE SEU BIGODINHO RIDÍCULO. TU PARECE O MANO BROWN, PORRA. E DÁ UM JEITO NESSAS SUAS TETINHAS DE BRIGADEIRO, ELAS ESTÃO COMEÇANDO A FEDER. TODA VEZ QUE EU PASSO DO SEU LADO, SINTO CHEIRO DE CACHORRO MORTO. QUE ALIÁS, SE ASSEMELHA AO CHEIRO DA XAVASCA DA SUA MÃE, AQUELA LEITOA MALDITA. DIZ PRA ELA CONGELAR O FEIJÃO QUE HOJE EU VOU CHEGAR TARDE, SEU PUTO. SEU FILHO DUMA PUTA DO CARALHO, SE ENXERGA PORRA… VAI TOMAR NO MEIO DA ÍRIS DO OLHO DO TEU CU SEU FILHO DUMA VENDEDORA DE PIROCÓPTERO! SEU PAI VENDE BILHETE DE LOTERIA ESPORTIVA NA FRENTE DA SAPATARIA SEU FILHO DUMA PUTA DO CARALHO! TOMARA QUE SUA VÓ ESCORREGUE NO BOX ENQUATO TIVER TOMANDO BANHO E CAIA DE TESTA NA SABONETEIRA SEU CORNO DO CARALHO! QUERO MAIS É QUE VOCÊ SE FODA JUNTO COM TODA A SUA FAMÍLIA AQUELE BANDO DE CATADOR DE GARRAFA DO CENTRO COMUNITÁRIO! SUA MÃE DÁ AULA DE MAMULENGO PROS PRESIDIÁRIOS DO CARANDIRU SEU FILHO DA PUTA! SEU PAI ANDA PUXANDO UMA CARROÇA PELA CIDADE CATANDO PAPELÃO PRA DEPOIS FAZER UM PACOTÃO E VENDER TUDO POR 1 REAL! SUA MÃE ENCAPA SEUS LIVROS E CADERNOS COM SACO DE ARROZ TIO JOÃO SEU FILHO DUMA LAVADERA DO CARALHO! SEU PAI VENDE REDE NO FAROL SEU FILHO DA PUTA! SEU VÔ CONSERTA PANELA DE PRESSÃO E AMOLA FACA DE PORTA EM PORTA SEU FILHU DUM PÉ DE AIPIM! SEU PAI FAZ CARRETO DE KOMBI PORRA… CARALHO! VAI TOMA NO CU SEU FILHO DA PUTA! É ESSA PORRA DESSE CARALHO ESPACIAL VOANDO ATRÁS DE VOCÊ! PORRA VAI TOMA NO CU, CARALHO! QUERO MAIS É QUE VOCÊ SE FODA E QUE A TOWNER Q SEU PAI USA PRA TRABALHAR (PERUEIRO FILHO DA PUTA) PEGUE FOGO COM VOCÊ, SUA MÃE, SUA IRMÃ, SUA VÓ E MAIS 3 CLIENTES… SEM CONTAR TAMBÉM QUE QUERO QUE TENHA INFILTRAÇÃO NO SEU BARRACO TODO! QUERO QUE SUA FAMÍLIA TODA SEJA VÍTIMA DUMA EPIDEMIA DE MALÁRIA E FEBRE AMARELA! E DIGO MAIS! DESEJO QUE VOCÊ TENHA CÂNCER NO CÉREBRO E QUE SUA MÃE CAIA COM O CU NA QUINA DA MESA DA SALA! SUA MÃE GUARDA PÉ DE MOLEQUE E SUSPIRO QUE ELA FAZ PRA VENDE EM PACOTE DE MANTEIGA CAMPESINA SEU FILHO DUMA BISCATE RAMPEIRA E SEM DONO DO CARALHO QUERO MAIS É QUE VOCÊ MORRA JUNTO COM TODA SUA FAMÍLIA PORRA CARALHO VAI TOMA NO CU MERDA VAI SE FUDER… FILHO DUM SACO DE ADUBO MANAH! SEU PAI FAZ GLOBO DA MORTE DE BARRAFORTE COM SUA MÃE NA GARUPA FILHO DA PUTA! SUA MÃE AGUENTA A TORCIDA TODA DO CORINTHIANS E DO FLAMENGO SOZINHA E AINDA PEDE BIS SEU CORNO DO CARALHO, FILHO DA PUTA! SEU PAI É FEIRANTE AQUELE CORNO VENDEDOR DE ALFACE! SUA MÃE PEDE ESMOLA JUNTO COM TEUS TIOS NA FAROL AQUELA MULAMBA DO CARALHO! SUA MÃE VENDE AMENDOIM SEM CAMISA NO ESTADIO DE FUTEBOL SEU FILHO DUMA VAGABUNDA VADIA! SEU PAI É GAY IGUAL A VOCÊ SEU FILHO DUMA CADELA SARNENTA, PEGUEI ELE NA GRAVAÇÃO DO PROGRAMA DO LEÃO LOBO PARTICIPANDO DE UMA SURUBA JUNTO COM O CLODOVIL SUA BICHA ENRUSTIDA DO CARALHO! SUA MÃE É UMA PISTOLEIRA (E DAS BOAS) FEZ SERVIÇO COMPLETO PRA MIM E PRA MINHA GALERA, SEU FILHO DE UMA VERDADEIRA PUTA MALDITA! SEU PAI AQUELE CORNO DO CACETE É GARI, E SUA MÃE É VARREDORA DE RUA SEU FILHO DO CAPETA! ESPERO QUE VOCE SE FODA, MAS QUE SE FODA MESMO, E QUE VOCE SEJA ATROPELADO POR UM TREM, E QUANDO SEUS PEDAÇOS CHEGAREM NO IML, O LEGISTA AINDA COMA SEU CU HAHAHAHA, ATÉ MORTO CÊ TA DANDO O RABO RAPAZ… SE FODER FILHO DE UMA RAPARIGA DO MATO… SUA MÃE DIRIGE CAMINHÃO COM AS TETAS DE FORA, AQUELA VACA GORDA FILHA DA PUTA! SEU PAI TEM CARTEIRINHA VIP NO GALA GAY AQUELE TRANSFORMISTA DO CARALHO… PORRA! VAI SE FUDE SEU NERD DO CARALHO! VOCE NÃO NASCEU, VOCE FOI CAGADO SEU MONTE DE MERDA DE CAVALO!

Juninho nunca mais foi à escola.

Não era um bom dia para Alice. Estava ligeiramente irritada. Depois de defecar pela boca, inscreveu-se no simulado do cursinho, para adaptar-se à prova que estaria por vir. Se era fácil para todos, era fácil para ela. Isso não mudou. Com certeza iria deixar essa provinha para trás e poderia ir para Bombinhas! … E cursar medicina, é claro. Alguns dias depois, o resultado do simulado finalmente é divulgado. Tinha em mente que provavelmente acertaria por volta de 160 questões. Quanto à redação não havia preocupação. Todos davam likes em seus posts no Face. Com certeza o corretor daria outro like para seu texto.

“30 questões corretas”, “250 pontos na redação”. “Deve haver algum engano”. Não havia. A prova poderia ser fácil. O problema era execução.

Como dizia seu namorado, “Enem não é arcade, é survival”.

Agora aquilo fazia um pouco de sentido. Foi ali que se deu conta: Jamais iria para Bombinhas. Jamais passaria em medicina. Será que se passasse em outro curso, poderia conseguir a tão sonhada viagem? Talvez um curso mais fácil. Sim, soava como uma boa ideia. Ótima ideia. Uma nova época daquele ano chegou.

BARGANHA

“Acho que se eu mudar de curso o papai não vai ligar! Hehe, eu sou genial. Genioal. Geni… SOU INTELIGENTE.”

Sagaz, Alice aproximou-se de seu pai que acabara de sair de um banho relaxante. Uma massagem dizia “boa noite, papai”. Seu Antônio não era idiota.

[Dramatização]

Seu Antônio: o que você quer, Alice?
Alice: Papaaaaaaaaaaai, acho que medicina não é pra mim…
Seu Antônio: Como assim, menina? Você só fala disso há meses. Achei que você queria ser a Lexie Grey ou algo assim.
Alice: … Olha. Acho melhor não. Mas enfiiiiiiiiiim, eu andei pesquisando sobre uns cursos legaaais…
Seu Antônio: Tipo quais?
Alice: Ciências ocultas e letras apagadas.
Seu Antônio: QUE PORRA É ESSA, ALICE?
Alice: São cursos novos, certificados pelo MEC.
Seu Antônio: Em qual universidade?
Alice: UEAC.
Seu Antônio: Que porra é essa, Alice?
Alice: Universidade Estadual do Acre.
Seu Antônio: Sérião isso?
Alice: Sim, tem problema? Por favor, papai… É o meu sonho.
Seu Antônio: Não consigo dizer não pra minha filhota. Pode ter a cabeça mediana, mas ainda é a minha filha. Ok, pode mudar de curso.
Alice: Posso ganhar um carro também?
Seu Antônio: Só se passar em universidade pública.

Alice percebeu que letras apagadas na UEAC seria o único curso em uma instituição pública que a aceitaria com uma nota daquelas. Mas não importava o curso. Bombinhas: Esse era o objetivo.

Ah, sim. Era interessante cumprir sua meta inicial também. Afinal, já era agosto e ainda estudava em frente a TV por dez minutos pela Wikipedia.

“Estudar cansa muito, deve haver outro jeito” E foi ali que lhe ocorreu: Poderia comprar a prova do ENEM por fora! Seria mais interessante. Tudo que precisava era entrar na Deep Web e pesquisar alguém que vendesse. Uma nova fase iniciou-se.

DEPRESSÃO

“FODEU, BOMBINHAS NUNCA MAIS.”

De repente era fim de outubro. Foi como se um vórtex tivesse sugado todo seu tempo. Na verdade ninguém tinha entendido muito bem o que acontecera. O fato é: Nenhum estudante da face da terra entende muito bem a distorção temporal que ocorre entre os meses de agosto e outubro. É um fenômeno que só poderia ser explicado por uma mente do nível de Einstein, que está morto ou a de Sheldon Cooper.

Mas ele não existe, DEAL WITH THAT.

Stephen Hawking poderia explicar também.

Mas ele não liga pra você.

A distorção do espaço-tempo contínuo entre agosto e outubro permanece um mistério.

Alice perdeu seus últimos meses de estudo em busca de alguém que vendesse o caderno de provas do ENEM 2012. Tudo que conseguiu foi um assassino de aluguel para botar dona Carla, a professora de francês do primeiro ano, pra dormir. Conseguiu também alguns segredos sobre OVNIS do estado brasileiro. Foi perseguida pelo FBI por algumas semanas também. No entanto, todo o esforço foi em vão. Com os constantes vazamentos, o MEC optou por uma estratégia no mínimo curiosa: Os cadernos de prova do ENEM 2012 estavam salvos no banco de dados do governo federal como “Strip-do-dilmao.avi”. Não houve vazamentos naquele ano.

O tempo acabou. A prova era na semana seguinte. Não poderia fazer mais nada. Nada. Nada. Nada. Nada. Nada. Nada.

Nada. Mesmo. Estava sem ideias. Queria se afogar em um copinho de Coca Cola. Preferia curtir a Rock Wins a fazer aquela prova. Como ficaria seu sonho de cursar Letras apagadas? COMO FICARIA BOMBINHAS? Como…?

O dia da prova chegou.

– Merda. Se sua vida fosse um filme, a trilha sonora do momento seria a música tema de Psicose, de Hitchcock. Violinos agudos capazes de rasgar a alma expressariam bem o terror em seus olhos. O ódio em seu coração, o sangue fervendo em suas veias. Sua cabeça? Vazia. O único termo compreensível, a única palavra que sua cabeça transtornada conseguia formar era…

– Merda.

E de fato, a situação era uma merda. Subestimar o ENEM nunca foi uma boa ideia. Depois de tanto drama, veio finalmente a…

ACEITAÇÃO

– Ah, sabe qualé? Vou pra Bombinhas ano que vem, sem estresse.

Moral da história: Você não é a Alice. Você é um estudante. Seu pai não vai te bancar para sempre. Da próxima vez, não subestime o ENEM.

Gus é leitor/amiguinho da Aline, que não tem nada a ver com esse texto. Acho. Se você também quer ter seu texto publicado aqui no Bacon, é só clicar aqui.

Leia mais em:

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Lívia

    O que eu aprendi com esse texto::::: a Aline, opa, Alicequeridinha não aprende nada pro enem, mas me ensinou formas inovadoras de ofender sua mãe

  • GIBE BOMBINHAS

  • Mateus SFTC

    Eu conheço o Gus, mas ele não gosta de mim. Eu gosto tanto dele…

  • Mateus

    Ai, ai… Gus.

  • Paulo

    Quanto tempo demorou pra acabar o parágrafo da explosão de raiva? Horas imaginando e procurando no google por ofensas imagino.

  • Victor

    This is a FUCKING MASTERPIECE!!!

  • Gus

    Durante o escrever do texto, eu precisava exaltar o fato de que Alice é uma pessoa não muito legal. Eu precisava de xingamentos, muitos xingamentos. Eu lembrei que na época de Orkut, existia algo que as pessoas costumavam a copiar e colar em tópicos. Era conhecido como “maior xingamento do mundo”. Assim que eu lembrei disso, eu passei um tempo procurando até achar. Aí o meu único trabalho foi transformar essa caralhada de palavrões em caixa alta.

  • elle

    o_õ
    o word faz isso rapidinho .-.
    Acho que eu demorei mais tempo pra ler do que você pra fazer :p

busca

confira

quem?

baconfrito