A Cegueira nos Cinemas

Primeira Fila sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Olha o público brasileiro que frequenta as salas de cinema do nosso circuito exibidor tão dando um trabalho para as distribuidoras nacionais, fica cada vez mais difícil prever o sucesso de um filme nos cinemas. Explico melhor, como um filme de público restrito, dramático e, considerado difícil por 10 entre 10 críticos, resiste no Top 10 Brasil há mais de um mês? Seu nome Ensaio sobre a Cegueira.

Mesmo, ainda, não tendo visto o filme (que pelo andar da carruagem não ocorrerá na telona, mas sim em dvd, infelizmente), sabe-se que Ensaio Sobre a Cegueira é um filme denso, lento, pesado, logo, não é um filme para todas as platéias. No entanto, já levou aos cinemas mais de 650 mil espectadores, no momento, somente outros dois filmes no Top 10 ja arrastaram um público um pouco maior ao cinemas (lembrando que esta época é considerada de “entressafra” no circuito exibidor, pós Blockbusters e pré concorrentes ao Oscar): Mamma Mia e Super-Heróis – A Liga da Injustiça.

RANKING
(semanas em Cartaz) /Título /Público (Semana) / Público (Total)
1 (-) Amigos, Amigos, Mulheres à Parte – 112,824 (112,824)
2 (1) As Duas Faces da Lei – 91,738 (334,499)
3 (2) Super-heróis – A Liga da Injustiça – 86,726 (681,478)
4 (3) Os Mosconautas no Mundo da Lua – 71,885 (324,384)
5 (-) Espelhos do Medo – 52,936 (52,936)
6 (-) Corrida Mortal – 40,243 (40,243)
7 (5) Ensaio Sobre a Cegueira – 38,285 ( 654,606)
8 (6) A Guerra dos Rocha – 33,529 (125,279)
9 (4) Noites de Tormenta – 30,335 (270,230)
10 (7) Mamma Mia! – O Filme – 24,456 (672,181)

Obs.: Notem a diversidade temática entre os 10 filmes, ou o público brasileiro anda com um gosto extremamente eclético ou estamos presenciando um FENÔMENO com o público conferindo o trabalho de Fernando Meirelles na adaptação da obra literária de José Saramago.

Confesso que estes MILAGRES cinematográficos que vez por outra ocorrem no nosso circuito exibidor me enchem de esperança de que bobagens americanóides (principalmente, porque dominam nossas salas) fiquem mais restrita ao público de dvd (para quem quiser assistí-las, por sua conta e risco!) e assim, abrindo espaço para filmes mais conceituais ou mesmo de filmografias de outros países, deixando claro que sou defensor de filmes BONS, não de filmes medíocres, chatos, egocêntricos, sem graça, pseudointelectuais e, simplesmente, ruins.

Leia mais em:

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • ensaio sobre a cegueira fez sucesso por conta da entressafra nos cinemas, e também porque o publicozinho classe média adora uma escandalização plastificada e anódina. mais sobre:
    http://sinestesia.tehospedo.com.br/?p=886

  • Thin Nigga

    Cara, eu vi Super-heróis – A Liga da Injustiça. Aliás, que nomezinho escroto… E que filme horrível.

    Mas até agora não achei aqui perto de casa um cinema sequer com “Ensaio Sobre a Cegueira” em cartaz. Foda.

    Não quero ler o livro antes de ver o filme :(

  • Páua Lima

    Fui assistir os mosconautas no mundo da lua, mas o namorado queria ensaio sobre a cegueira, vi os 2. E sinceramente, esperei mais de os mosconautas e esperei menos de ensaio sobre a cegueira. Eles conseguiram reescrever a obra de Saramago, dando um toque mais “dias de hoje”. Achei bom, mas fiquei agitada em algumas cenas.
    Uma coisa interessante é que filmes que colocam “um fim do mundo”, ou uma situação animalesca entre homens, estão virando tendência agora. Como é o caso de eu sou a lenda, nevoeiro e ensaio sobre a cegueira.

busca

confira

quem?

baconfrito