A “arte” de Joan Cornellà

HQs quinta-feira, 16 de maio de 2013

Joan Cornellà é um artista espanhol que vem fazendo sucesso na internet apenas com tirinhas sem diálogos, mas com muito humor. Bem, esse humor é a causa do seu sucesso, já que ele é no mínimo diferenciado. Apreciado por pelo menos 200 mil seguidores ao redor do mundo em sua página do Facebook (Falando diretamente da era do politicamente correto, é um bom número de malucos) e denunciado diariamente pelo mesmo número de pessoas, Cornellà definitivamente é o criador de um tipo de material que te faz imaginar se já viu pela internet algo mais nonsense e doentio.

Inspirado livremente por outro artistas como Como Uma Luva de Veludo Moldada em Ferro, Daniel Clowes, Cowboy Henk, Herr Seele, Helge Reumann, Paco Alcázar, Kaz, Michael Kupperman, Glen Baxter, Johnny Ryan, Roland Topor e Tim Hensley.

Abaixo vocês podem conferir uma pequena galeria com alguns dos “melhores desenhos”, pra quem ainda não conhece o trabalho do cara. Uma dica: Se você não tem estomago forte nem curte coisas nonsense, passe longe disso e vai ler Turma da Mônica.

Pois é galera, Cornellà realmente é conhecido principalmente por ser um artista bastante original e surreal, com ilustrações sem texto algum, totalmente absurdos e ofensivos. Não tente encontrar o significado desses desenhos, pois provavelmente não existe. No entanto, esses quadrinhos com uma ou seis caixas podem conter uma moral ou uma crítica em suas entrelinhas. Além do seu traço inconfundivel, os desenhos de Cornellà sempre trazem alguns elementos comuns: A auto-mutilação, sorrisos fixos, personagens em caixas e até alguma lógica. Quem quiser curtir a página do maluco no Facebook pode clicar aqui e quem quiser comprar seus desenhos pode clicar aqui. Boa sorte!

Leia mais em: , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito