Os 7 Livros Mais Prejudiciais a Sua Mente – 5. Por Trás dos Vidros (Modesto Carone)

Livros domingo, 10 de fevereiro de 2008

Este texto faz parte de uma lista que, definitivamente, não é um top 10. Veja o índice aqui.

Agora a coisa começa a ficar Séria. Já falamos sobre subversão e sobre drogas, mas o Choque Mental começa de verdade a partir da quinta posição.
Vocês conhecem Kafka? Franz Kafka? O autor de A Metamorfose e O Processo, por exemplo. Dono de um estilo narrativo que aproxima a história de um pesadelo. Paranóia, Loucura & Claustrofobia. Isso é Kafka.

Mas, a menos que você leia no original em Alemão, para conhecer Kafka você teve que passar por esse senhorzinho: Modesto Carone. O Tradutor oficial de Kafka no Brasil. O simpático velhinho já está próximo de traduzir a obra completa do escritor judeu e não mede palavras pra descrever sua fascinação pela obra do cara.
Mas não acaba aí – Modesto Carone Também escreve. Escreve de forma Bizarra, Louca e leva ao extremo toda a paranóia e falta de sentido que encontramos em Kafka.

A linha é a mesma: o irreal é tão gritante que as personagens são obrigadas a Se Acostumar com a situação para não enlouquecer ou perder a cabeça. Os contos seguem um foco extremamente obsessivo, e a narração em forma de Pesadelo contrasta violentamente com as reações e falas dos envolvidos.
Acabei escolhendo Por Trás dos Vidros por se tratar de uma compilação de contos dos principais livros do autor. Só assim eu poderia colocar lado a lado o bizarro Dias Melhores com o confuso e instigante Jogo das Partes.

enforcado.jpg

Só assim vocês poderiam sentir a porrada no cérebro de contos como O Espantalho, onde o narrador inicia o conto declarando que, após ter encontrado o Cadáver do Enforcado dentro de seu armário, passou a prestar mais atenção na forma de se vestir. E aí segue-se uma longa pormenorização das diferentes combinações de roupas e as horas gastas em frente ao espelho. Fim.

20070124_aesmorga_pesadelo.jpg

Mas há Dias Melhores, em que o narrador começa explicando que Não Sabe a razão pela qual há, todas as madrugadas, um atirador escondido numa moita em frente á sua casa, disparando com uma carabina incessantemente. A situação é tão sem sentido, e ao mesmo tempo, tão rotineira, que nosso querido personagem acaba por incluir o belo som dos tiros, o gesso das paredes voando, dentro de seu ritmo de trabalho, enquanto permanece deitado no chão para não morrer.
E o que dizer de O Cúmplice, onde nosso narrador declara que “Ele” sente atração por seu dente podre? E quem é “Ele”? Não se sabe, mas “Ele” surge inesperadamente assim que o dente começa a doer…

Publicado em 2007, Por Trás dos Vidros reúne os principais contos de As Marcas do Real, Dias Melhores e Aos Pés de Matilda, todos de autoria de Carone. Com uma prosa calma, meticulosa e até científica, os contos assustam pelo paradoxo com seu conteúdo surreal e paranóico. Os contos assustam com o mesmo tom de Terror Impossível que o aparecimento daquele cara vestido de Urso no meio do filme O Iluminado.
E, ao fim, você já estará pronto para pegar sua lupa e vigiar constantemente o crescimento dos pêlos de seu corpo. São…As Faces do Inimigo.

Por Trás dos Vidros


Ano de Edição: 2007
Autor: Carone, Modesto
Número de Páginas: 201
Editora:Companhia das Letras

[CONTACT-FORM]

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • joao

    cara.ca-ra.CARAA! muito bom isso!

busca

confira

quem?

baconfrito