A História dos Desenhos Animados

Sem categoria quinta-feira, 04 de setembro de 2008

Finalmente consegui um espaço decente neste site.

Foi preciso um certo motim de minha parte e após algumas negociações, muito rum e gordinhas foi acertado que ficaria com a parte mais amaldiçoada do AoE: falar sobre desenhos animados.

Ah, por que amaldiçoado?

Simples, todos que tentaram tomar conta deste espaço foram assassinados sumiram sem deixar vestígios.

Até quando o Capitão da bodega fundiu a seção de animações com a de animes o antigo titular da coluna também desapareceu, deixando um rastro de purpurina no ar, assim como todo otaku fanático por desenho japonês (redundância?).

Enfim, abordarei sobre uma das mais nobres e antigas formas de entretenimento, mas antes de falar sobre desenhos toscos, clássicos, atuais ou algo do fundo do baú, vamos para uma história sobre os primórdios das animações.


Não achei o original, mas vocês entenderam a idéia

A origem dos desenhos animados datam de antes dos primórdios do cinema, quando o belga Joseph-Antoine Plateau fez a primeira animação mostrando o galope de um homem sobre um cavalo. Era um desenho bem besta, desses que se faz na escola com um bloco de papel. Mas, para o século XIX, era um baita avanço. Ele construiu um tambor aberto na parte de cima com desenhos colados na parte interna. Ao girar o tambor, os desenhos se refletiam e sobrepunham num espelho fixo colado em seu interior gerando imagens em movimentos.

Está bem que a história e o enredo eram um lixo, mas aposto que era melhor que Naruto.

Em 1892, o francês Charles Émile Reynaud aperfeiçoou a técnica de Plateau projetando imagens numa tela e apresentando o curta “Pantomimas Animadas”. Por meio de um tambor de espelhos ele projetava sobre um cenário fixo uma seqüência de personagens desenhados em várias etapas de movimento, passando a ilusão de movimento.

Cartaz da “animação” de Émile Reynaud

Para todo mundo não ficar com cara de paisagem, ou dormir na sala de exibição, a apresentação foi acompanhada de músicas exclusivamente escritas para ele.

Foi o que achei mais divertido, apesar das palhaçadas clichê

Para quem acha que isso é novidade de Walt Disney, já vê que é mais um mito que se vai.

Com a invenção do cinematógrafo pelos irmãos Lumiére, onde o aparelho projetava, em rápida velocidade, sucessivos slides em uma tela branca passando a sensação de movimento, muitas técnicas usadas em filmes, também passaram a ser utilizadas pelos desenhos.

Foi nessa época que o norte-americano James Stuart Blackton apresentou o primeiro desenho animado do mundo: o “Fases Cômicas De Caras Engraçadas”, filmando uma seqüência de desenhos com cada um dando origem a outro.

Rudimentares, mas bem melhores que algumas porcarias que passam hoje

Partindo para uma evolução, mas através de uma técnica mais simples, o francês Émile Cohl começou a desenhar traços brancos sobre um fundo negro. Seu primeiro desenho animado, Fantasmagoria, foi exibido em 1908, com o francês criando centenas de curtas depois, considerados obras-primas na época.

Durante esse período, muitos norte-americanos estadunidenses aprimoraram as técnicas de animações (rudimentares, mas aprimoravam), com o resto do mundo sendo influenciado por estas técnicas.

No final de 1914, com a Primeira Guerra começando a esquentar, o norte-americano Earl Hurd contribuiu para o que seria a o aperfeiçoamento total da técnica de animação, usada inclusive, até hoje.

Pela foto, nota-se que James é Tanga

Hurd começou a utilizar o papel-celulóide, um papel transparente que lembrava um tipo de plástico. Utilizando esse papel era possível para o artista desenhar cenários de fundo em uma película e, os personagens, em outra, para depois sobrepor um sobre o outro. Com essa técnica muito trabalho era poupado com um mesmo cenário de fundo sendo utilizado para a filmagem, pois os personagens podiam ser desenhados sozinhos, em várias posições (heh) e aplicado sobre o cenário de fundo.

Antes disso, os desenhos eram feitos refazendo os personagens e cenários a cada mudança de posição, sendo um saco fazer isso.

A partir da técnica de Earl, começou a bombar de vez a produção de curtas-metragens dando início à grande produção de desenhos animados e à popularização dessa arte, principalmente após a estréia de Gato Félix, seguido de Popeye, Betty Boop, entre outros.

Como o texto ficou um pouco extenso, talvez continue essa parte semana que vem.

Eu escrevi talvez…

Leia mais em: , , , , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • B-prime

    eh, realmente evoluiu muito a arte do desenho animado, continua sim essa matéria, tem mais coisa boa pra escrever…

    …Naruto é muito loko, eu gosto!!!

  • Entravix

    Disney não estava nem perto da invenção dos desenhos animados e aquele que você falou que era cheio de clichês, tente se lembrar que na época eram novidades e das melhores.

  • http://blogdolua.com Bonilha

    @b-prime
    Seu comentário estava legal até a hora de falar do Naruto, mas provavelmente a coluna continuará, pelo menos as primeiras, nesses moldes.

    @entravix
    Em nenhum momento falei que Disney tinha inventado isso e aquilo, só citei que a união de músicas e imagens era bem antes da época do velho Walt, que muita gente julga ser o criador da técnica.
    Quanto ao outro desenho, ele é, praticamente, o pai dos clichês.

    Caramba, o pessoal precisa de um pouco de aula de interpretação de texto. Vou falar para o Théo sortear uma cartilha Caminho Suave. VSF, viu.

  • http://www.atoouefeito.com.br Pizurk

    Cê precisa parar de batalhar com os seus textos antes de reclamar, Bolinha…

  • Cido

    Parabéns pelo resgate histórico da trajetória do desenho animado. Tais informações são difíceis de serem encontradas.

  • nuieny

    muito bom mais eu queria como eram feitos !!!!!!!!!!!obrigada e vc teve boa criatividade parabens

  • Tatiane

    Marcos,
    Sou formanda em Pedagogia e como tema de TCC vou defender a influencia dos desenhos animados no comportamento infantil… Caso você tenha algum material por gentileza me mande, serei grata!

  • http://www.ummabeleza.com.br Debora

    Legal, muito legal mesmo, só achei que o seu texto ficou sem final, escreva um final…

  • Thata Byttenkur

    para fikar perfeito faltou o final…^.^’

  • home de preto

    muito bom viu,adorei as explicaçoes e o jeito engraçado de vc escrever rsrsrssr bjs

busca

confira

Trutas
  • Ahnão
  • Bobolhando
  • Corvo
  • Di Vasca
  • Estranho Sem Nome
  • Facada no Fígado
  • Fail Wars
  • Gamer Sith
  • Lógica Feminina
  • Manolagem
  • MauoÊ
  • O Macho Alpha
  • Petit Cookie
  • Que Diabos?
  • Sake Com Sal
  • Uarevaa

quem?

baconfrito