Zeebo?

GameFreaks terça-feira, 18 de agosto de 2009

Estava eu vadiando por aí, quando meu amigo histericamente tem mais um de seus ataques de bichices e resolve ficar floodando propaganda de post novo em seu blog no chat dele no msn.
Como sempre por amizade, pelos posts serem uma merda tão grande que eu dou risada engraçados, eu fui lá ler o tal post.

Basicamente, o amigo dele havia ganhado um Zeebo, mas como estava de viadagem viagem, emprestou pro meu amigo pra ele testar e dizer o que acha. Mas ele inventou uma história nova de como conseguiu o negócio pro post ficar melhor.
Mas não é bem isso o que importa. Se quiserem, confiram vocês mesmos o post aqui, apesar de não ser nada muito relevante. O ponto é que o Zeebo é uma merda.

zeeboZeebo

Isso mesmo, colegas leitores, o Zeebo é uma merda gigantesca que a Tectoy se atreve a vender como “videogame”. Acham que eu estou exagerando, certo? Mas vamos aos fatos:

A idéia é boa, mas foi mal trabalhada. Esse negócio de mídia digital é complicado, e a idéia foi extremamente mal trabalhada pela Tectoy porque o Zeebo NÃO TEM muita memória interna. Aliás, não tem QUASE NADA. Pra provar que não estou mentindo, fui lá no site oficial do negócio e peguei as especificações:

especificacoesClica aí pra ver melhor, cegueta

ISSO AÍ, GALERA, O ZEEBO TEM UM GB DE MEMÓRIA. Agora me digam, o que caralhos cabe em 1gb de memória? Praticamente qualquer jogo atual que não sejam aqueles em flash passam disso. E os que não passam costumam ter, vá lá, uns 300mbs no mínimo.

O limite de tamanho pra jogos no Zeebo é cerca de 50mb. Alguém pode me explicar como você enfia um jogo como Resident Evil 4 em 50mb?
Pois bem, mesmo com essa limitação, o jogo saiu pro Zeebo. Assim como também já tinha saído pro iPhone, com uma versão que provavelmente bate a do Zeebo. Vamos comparar?
Tá legal que a qualidade do vídeo do Zeebo não é lá das melhores, mas enfim…

E aí, que cês acharam? Na minha opinião, acho que tão lado a lado, isso se a do iPhone não vencer.

Pois é, um console de mesa, supostamente “dessa” geração, perdeu prum celular. Ou seria um celular perdeu pra OUTRO celular?
Pois é, cês não leram errado. O chipset do Zeebo é o mesmo do celular “HTC Dream”. Claro, com algumas modificações pra poder ligar na TV e suportar os joysticks. Agora me digam, leitores, O QUE CARALHOS A TECTOY TINHA NA CABEÇA PRA POR UM CHIPSET DE CELULAR NUM VIDEOGAME?
Concordo que atualmente celulares possam SIM ser considerados consoles, principalmente celulares como o iPhone, que deve ter um biblioteca (muito) maior que a do Zeebo. Claro, a maioria são só jogos pra passar o tempo, mas eles exercem muito bem a função de portáteis. Mas se eu quisesse um portátil, não compraria um Zeebo.

Outro ponto importante de ressaltar aqui é o preço. O Zeebo tem o preço sugerido de 499,00R$. O playstation 2, eu achei a partir de 399,00R$. Se eu procurar melhor, acho por menos ainda.
Agora, comparando a biblioteca e inclusive o PREÇO dos jogos dos dois, com qual você ficaria? Nem estou contando o hardware aqui! Mas enfim, o PS2 tem uma biblioteca infinitamente mais extensa, e jogos (piratas, claro), com os mesmos preços de um jogo do Zeebo. Não que eu esteja incentivando a pirataria, mas qualquer brasileiro “normal” por aí compra ou já comprou um produto pirata.
Tudo bem, tem o problema das mídias do PS2 ocuparem um certo espaço, não nego.
Então eu fui lá e procurei os preços do PSP.
Procurando bem pouco, encontrei PSP por 700,00R$. Se você procurar um pouco melhor, ou comprar importado, pode sair até por menos do que os 499,00R$ do Zeebo. O PSP usa UMDs como mídia, que mal ocupam espaço. Além disso, dá pra fazer gambiarras e usar jogos gravados nos cartões de memória, que ocupam menos espaço ainda. Logo, o PSP é duas vezes menor que um Zeebo, e zilhares de vezes mais poderoso, sendo que a diferença de preço entre os dois é quase nula. E nem me venha dizer que o PSP não dá pra ligar na TV, porque dá sim. Claro, pra isso você tem que comprar certos acessórios, mas eles nem são “caros”.

Claro, os jogos originais do Zeebo são “baratos”, sendo que a maioria dos jogos não passa nem de vinte reais, mas o console não chega nem à potência de um Playstation 1! Cês podem até dizer que eu tou exagerando, mas basta comparar os jogos de futebol. A diferença é notável!
E, enfim, mesmo que os jogos de videogames da geração passada, PS2, GameCube e Xbox, sejam caros, existem locadoras de games por aí pra isso! E mesmo assim, há várias outras formas de conseguir os jogos sem ter que pagar muito por isso, basta ser um pouco criativo. Por exemplo com o PS2, que todo mundo tem, você só precisa comprar um jogo, e aí vai trocando com os outros. Eu compro tal jogo, troco por tal, quando terminar aquele, troco por outro, e assim vai indo. Claro que tem a desvantagem de não ter muitos jogos em casa, mas vai poder aproveitar bastante, cada vez com um novo jogo, e sem gastar muita coisa.

Além disso, se formos ver no geral, o Zeebo é RUIM. Mais caro que muitos videogames melhores. Jogos de gerações retrasadas, mal planejamento e um hardware bem porco pro preço dele. Sério, QUINHENTOS REAIS por um videogame com gráficos de celular, mas que não faz ligações. Não tem muita variedade de jogos. Não tem “exclusivos”. Ao menos não de “peso”. Qual a vantagem, então?

Eu sei que ele foi feito pra um povo que não pretende gastar tanto com videogames, ou que não sabe inglês, enfim, jogadores casuais, mas enfim, não é por causa disso que ele precisa ser um videogame ruim. Além de, na minha opinião, o Zeebo também não ser a melhor opção pra quem quer um videogame bom e barato. E eles poderiam também ser um pouco mais modestos. Com um videogame desses, acreditam que eles ainda tem a audácia de dizer que o “Zeebo é a evolução do videogame”?

Antes de terminar, queria só completar falando do Zeebo “boomerang”. É basicamente um acessório com um acelerômetro pra ficar sensível aos movimentos. “Ao menos algo deve prestar”, pensei. Aaaaah, doce engano, caros leitores. Tem um vídeo sobre o produto no site, bem aqui. Todo mundo esperava, acho que assim como eu, ver alguém USANDO o tal “boomerang”, né? Pois é, eles mostraram um videozinho com PORRA NENHUMA, só umas imagens de jogos. Só o que eu posso pensar é que o boomerang é uma merda, já que eles nem mostram funcionando, certo?

Enfim, o post acaba por aqui. Na próxima semana, garanto um post sobre jogos online, coisa que não fazia há tempos.

Leia mais em: ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito