Wolverine – Velho Logan (Old Man Logan)

HQs quarta-feira, 23 de setembro de 2015

De vez em nunca alguém leva a sério a profissão de roteirista de quadrinhos e cria algo que presta. Não que seja o caso de Velho Logan, que é superestimada para caralho. Aliás, bela ideia da Fox em adaptar Velho Logan pra fechar a trilogia do Wolverine no cinema, principalmente porque a Fox tem os direitos do Hulk, do Gavião Arqueiro, do Homem Aranha e do Caveira Vermelha. Vai ser bem daora mesmo ver 2 horas de Hugh Jackman lutando contra os Toupeiroides. Isso se a Fox ainda tiver os direitos do Quarteto Fantástico até lá.

Mas vamos tentar deixar a Fox e sua genialidade de lado e nos focar na HQ. 50 anos no futuro encontramos um Wolverine velho e completamente zoado. Ele leva uma vida normal, com uma família normal em uma fazendo normal. O problema é que os proprietários dessa fazendo são os filhos do Hulk, um bando de greeneck rednecks que gostam de dar uma surra em quem atrasa o aluguel. É claro que pra qualquer um que conheça o tio Wolverine antes dele virar o tio do pavê sabe que nenhum parente do Hulk é páreo pras garras do carcaju e que eles não deveriam ser loucos de se meterem com o baixinho, mas eis que eles descem a porrada no Wolverine, que aceita tudo na boa e sequer mostra as garras. QUE?

Pois é, o Wolverine do futuro está quebrado. Ele não usa mais suas garras, a violência não é mais a solução, não desde o que aconteceu 50 anos atrás na mansão Xavier no dia em que os vilões venceram. Mas eis que pra mudar completamente esta situação mimizenta do velho Logan surge ninguém menos que Clint Barton, velho, cego e dirigindo o Aranhamóvel. Clint precisa fazer uma entrega do outro lado do país e acha que Wolverine seria seu melhor segurança, ou melhor, co-piloto. E é em meio a uma road trip pós apocaliptica que desbravamos um Universo Marvel de depressão e esqueletos e descobrimos o que caralhos aconteceu 50 anos atrás pra foder de vez com a cabeça do Wolverine. Se você por algum motivo ainda não leu essa HQ, eu não irei spoilear aqui, já que a única coisa que realmente presta deste arco é a revelação do que houve com o Wolverine.

Eu gosto de realidades alternativas. Eu gosto do Wolverine em realidades alternativas, mas essa história toda me pareceu meio boba. Digo, legal botarem o Wolverine velho pra peitar uma família de Hulks, mas há muita ingenuidade nesse velho Logan. Tudo bem ele não usar mais de violência pra resolver seus problemas, mas partir numa road trip louca e deixar a família completamente desprotegida em casa? Que isso mano, cê já foi mais esperto.

E por falar em ingenuidade, o que dizer do velho Clint Barton que caiu no conto da carochinha e foi humilhantemente enganado? Sem falar que o vilão que fodeu com o Wolverine no passado jamais conseguiria foder o Wolverine daquele jeito. JAMAIS. Se ele não consegue foder o Homem Aranha, ele vai conseguir foder o Wolverine? Para mano. Para que tá feio.

No final do arco a impressão que você tem é que Millar teve algumas boas ideias, Wolverine quebrado, Wolverine versus os Hulks e um futuro onde os vilões venceram, mas a forma como ele desenvolveu a história pra mostrar estes três pontos positivos parece que foi feita de qualquer jeito. Tipo: Eu quero botar o Wolverine pra peitar os Hulks, bora escrever qualquer merda só pra chegar nesse final maneiro. Enfim, podia ser um arco foda, mas acabou sendo um filme da Fox. Se é que vocês me entendem.

Velho Logan


Old Man Logan
Lançamento: 2008
Arte: Steve McNiven
Roteiro: Mark Millar
Número de Páginas: 238
Editora: Marvel

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Nilton

    Millar sendo “pipocão”, pra dar uma variada.

busca

confira

quem?

baconfrito