Vida real e poderes ficcionais – Parte II

Nona Arte quarta-feira, 01 de setembro de 2010

Continuando da semana passada e sem muita enrolação, vamos aos resultados da loteria dessa semana. Não, espera, não era isso. Deixa eu ver… Sim, lembrei! As três habilidades/poderes escolhidos por vocês, caros leitores, para que eu as destruísse essa semana! Iniciemos com um clássico:

3. Viagem no tempo (Sugerida pelo Jorge Delamare.)

Primeiro de tudo: Até onde se sabe, somente viagens ao passado são possíveis. Quanto mais rápido você se movimenta, mais devagar o tempo passa para você; se você chegasse à velocidade da luz, o tempo pararia; se a ultrapassasse, teoricamente, o tempo engataria a ré e o passado voltaria a ocorrer. Isso é impossível por um motivo: Quanto mais rápido, mais lenta é a passagem do tempo, sua massa aumenta e seu volume diminui. Seria necessária uma fonte infinita de energia para que você conseguisse atingir e ultrapassar a velocidade da luz. Como a estupidez humana não pode ser convertida em energia, nada de ir para o passado e futuro ao custo de uma casca de banana e meia lata de cerveja choca. Estamos presos, eterna e irremediavelmente, ao nosso tempo.

Alguns outros efeitos colaterais incluiriam: Envelhecimento aparentemente acelerado (Citando um incrivelmente correto Cazuza: O tempo não pára); se você passa um ano em 1888, você envelhece um ano. Incompatiblidade entre a alimentação, costumes, usos e linguagem da época, caso você vá mais distante que, digamos, uma década do seu presente. Ah, claro, também tem aquele pequeno empecilho de que você não existe; ninguém lembra de sua existência, você não tem identidade, família, referências… E, claro, não tem como saber como será o futuro. Imagine testar sua máquina do tempo e cair em meio a uma tropa de T-1000? Desagradável, para dizer o mínimo.

2. Invisibilidade (Sugerida pela Bianca)

Ao contrário do que vocês devem pensar, a invisibilidade NÃO é impossível. É apenas muito difícil de ser atingida. Já existem cientistas trabalhando nisso há, pelo menos, cinco anos. Já tem-se uma teoria plausível: O segredo é poder criar bastões de metal extremamente finos, capazes de manipular a luz. Quão exatamente finos? Bom, qualquer coisa abaixo de 380 nanômetros de largura está valendo. Mas, por que isso? Bom, o comprimento de onda mais baixo na luz visível é 380 nm. Se você tem bastões metálicos de, digamos, 350 nm, eles poderiam modificar a luz próxima a eles, tornando objetos invisíveis. Isso já é possível, com alto grau de sucesso, em duas dimensões. Espionagem industrial, operações militares secretas e descobrir quem é o bastardo que vive comendo seu almoço… Bom, talvez isso leve algumas décadas. Isso claro, se essa tecnologia for disponibilizada para meros mortais. E, se isso acontecer, o mundo irá surtar: ladrões e assassinos à solta, pervertidos em todos os lugares (Os japoneses provavelmente vão pirar de vez).

Notem que eu acabei de fazer o oposto do que me propus a fazer. Maldito avanço tecnológico, me impedindo de fazer colunas corretamente! [/ironia].

1. Imortalidade/Juventude eterna (Sugerida por Danilo)

Não. Simplesmente não. Salvo o caso do desenvolvimento de uma tecnologia à la Transmetropolitan, não há como nos tornarmos imortais. E, mesmo que houvesse um meio, quem REALMENTE iria querer tal coisa? Todo mundo pensa nas partes boas, como praticar esportes radicais sem se preocupar em morrer, explorar o mundo só com a roupa do corpo e comer a feijoada da sua tia Cotinha sem ter um infarto 5 minutos depois. Mas, vocês já pararam para pensar na parte não-tão-boa? Primeiro de tudo: Todos que você amou, ama ou amará irão definhar e morrer enquanto você fica por aqui para sofrer. Isso é apenas o aperitivo.

Com o passar do tempo, você vai se tornar obsoleto, e não há upgrade que resolva seu problema. A humanidade continua evoluindo, lenta mas inexoravelmente, e, adivinha só, você continua parado. Em alguns poucos milhares de anos, você será, para os seres humanos do futuro, o mesmo que um Australopiteco seria para nós: Um fóssil vivo. Claro, para se aliar a isso, ainda temos o fato de que sua mente continua envelhecendo e se degradando, séculos parecerão passar em horas, você terá que proteger esse segredo eternamente para não virar cobaia de testes e, claro, sempre tem a possibilidade de você cair num vulcão ou ser soterrado e ficar preso ali para sempre.

Tenham um bom dia.

Leia mais em: , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito