Séries invadem as prateleiras

Televisão segunda-feira, 04 de agosto de 2008 – 5 comentários

Semana de Troca de Coluna no AOE, por isto nesta semana assumo a coluna Analfabetismo Funcional e New Emo. Como meus poucos conhecimentos se restringem ao meu obsessivo hobby, séries e filmes, vou linká-los com os temas da coluna.

Nos anos 90, o grande fenômeno televisivo, parecido com a repercussão de Lost, atendia pelo nome de Arquivo X. No entanto, recém chegava ao Brasil a tevê a cabo, não existia internet e muito menos banda larga. A repercussão de Arquivo X demorou mais ou menos até a 3ª temporada, depois disso explodiu em quase todo mundo. Com isto, fãs, inclusive este que vos escreve, iam atrás de qualquer informação que saciasse a curiosidade frente a temas, mistérios e personagens que iam surgindo nesta fantástica série de Chris Carter.

Em pouco tempo, surgiram os famosos livros Bastidores que na verdade eram um grande guia de episódios de cada temporada (o primeiro contou com o guia da primeira e da segunda temporada juntos, depois cada volume representava uma temporada), junto a entrevistas com os envolvidos na série, detalhes de cada episódios e diversas curiosidades, um verdadeiro deleite para os eXercers. Em seguida, as espertas editoras começaram a lançar outros materias com a grife da série, como novelizações de episódios, tramas independentes da série (claro que envolvendo os personagens) ou mesmo livros que tentavam explicar os mistérios envolvendo os fenômenos sobrenaturais da série (mais ou menos o que ocorre até hoje em livros baseados em séries famosas).

Alguns anos depois, outra série que possuía uma legião de fãs também recebeu livros envolvendo guias de episódios e novelizações com os personagens, Buffy – A Caça-Vampiros. Até mesmo a série mais assitida da tevê americana embarcou nesta categoria, CSI, foram lançados no Brasil algumas novelizações de tramas inéditas de série envolvendo investigações criminais; literalmente, literatura policial com todos os personagens da série. São eles: C.S.I Investigação na Cena do Crime: Morte no Gelo (único que tive oportunidade de ler, muito bacana, a série funciona também como leitura), CSI Jogo Duplo e CSI A Cidade do Pecado.

Uma recente novidade que chegou às livrarias foi A Ciência Médica de House, sendo House uma das séries americanas mais assistidas e elogiadas atualmente no Brasil, mas que sempre deixou as pessoas com dúvida quanto a veracidade dos casos médicos que House diagnostica. Andrew Holtz, ex-repórter de saúde da CNN, pesquisou as doenças incomuns e os tratamentos pouco ortodoxos com que o médico e sua equipe se deparam no programa. Será mesmo que existe malária no cérebro? O fumo poderia realmente auxiliar na cura de uma inflamação intestinal? Os fãs de House e curiosos poderão, finalmente, desvendar os misteriosos casos da série.

No entanto, atualmente, quem tem incentivado seu espectador a aprofundar seu contato com o universo televisivo é, obviamente, Lost, série mais idolatrada do momento. Você pode expandir seus conhecimentos sobre a famosa ilha e seus habitantes em livros que discutem as teorias mostradas nos episódios, principalmente da mitologia da série ou mesmo em livros que teriam sido escritos por passageiros do vôo 815 da Oceanic. São eles: Lost: Identidade Trocada, Lost: Risco de Extinção e Lost: Sinais de Vida e outros diversos livros tentando entender e jogar alguma luz sobre os diversos mistérios da trama.

Além disso, a cada episódio exibido na série, quando surge um personagem lendo ou comentando sobre algum livro, os fãs correm atrás do mesmo para ver se não há possibilidade de haver alguma resposta aos mistérios da trama no livro citado. Parece loucura, mas isto é coisa de fã.

Episódios Finais – Lost 4ª Temporada

Sit.Com terça-feira, 24 de junho de 2008 – 3 comentários

Na noite de ontem (23/06) o canal AXN exibiu o 12º episódio (de 13 produzidos) da 4ª temporada de Lost, There’s no Place Like Home – parte 1, o que foi para os americanos um episódio final duplo. Aqui, para variar, dividiram e o season finale ficou para semana que vem.

***contém spoilers***

Depois do choque inicial de sabermos que Jack e Kate já haviam saído da ilha num futuro ainda indefinido, sendo que Jack já se mostrava arrependido da escolha e o mistério de quem seria a pessoa morta que Jack visita num funeral abandonado, a 4ª temporada de Lost se mostrou especial ao responder estes dois grandes ganchos do final da temporada anterior e, ainda, acrescentar uma narrativa (que se mostrou bastante eficiente) em seu quebra-cabeças: os flashforwards (escolha de quase todos os episódios).

Mesmo não sendo tão surpreendente quanto Through the Looking Glass (episódio final da temporada anterior), esta 4ª temporada me deixou com uma sensação de que tudo se encaixou, principalmente no arco envolvendo a saída dos Ocean Six, talvez com exceção do episódio de Juliet, The Other Woman, meio óbivo demais ainda contando com flashbacks da médica, um pouco desperdiçada nesta temporada. Os demais episódios foram criando um painel sobre quem eram os Ocean Six, como estes saíram da ilha e porque alguns se arrependeram, quem eram as pessoas no cargueiro de Naomi e a princial informação da temporada: a guerra particular entre Benjamin Linus (novamente impecável durante toda temporada) e Charles Widmore (sim, o pai de Penny, logo, sogro do brotha Desmond).

O arco da temporada, a obsessão de Jack pelo resgate dos naufragos, na verdade, contrastou com o pesado tom dos personagens já no futuro, arrependidos, assombrados e á procura de vingança – com exceção de Kate, que acabou ganhando uma segunda chance do destino ou da ilha. Mesmo assim, os roteiristas encontraram tempo para criar “a pérola” da temporada, The Constant (centrado em Desmond, que possui uma trama própria dentro de Lost, já notaram?), onde criaram uma trama sobre viagem no tempo/mente, morte iminente e um final tão emocionante que funcionou como uma história á parte dos acontecimentos da ilha e dos outros personagens, F-E-N-O-M-E-N-A-L!!!

No balanço final, como saldo positivo: o retorno de Locke e os personagens novos inseridos no tempo e de maneira correta (notem que a personagem de Charlotte promete uma subtrama com o passado da ilha); já como saldo negativo, a concentração de tramas com os Ocean Six, sacrificou excelentes personagens subaproveitados como Juliet e Sawyer (que se transformou quase num alívio cômico, tomando o lugar de Hurley).

Para a próxima temporada a série promete modificar sua estrutura narrativa novamente. Teremos, provavelmente, a reunião de Ben com os Ocean Six para retornar a ilha e os terríveis eventos que ocorreram na ilha após a saída dos Ocean Six que levaram Locke a sair da ilha terminar num caixão (ou melhor, Jeremy Bentham).

Até janeiro/fevereiro de 2009, losties!

As Novidades de Maio

Sit.Com terça-feira, 29 de abril de 2008 – 3 comentários

Como está se tornando hábito, todo mês os canais mais populares de séries estréiam séries e temporadas durante todo o ano, ao contrário do que ocorre com os canais americanos que estréiam séries, em sua maioria, no fall season (setembro e outubro) e no mid season (início do ano).

Vamos ás novidades:

AXN

Na verdade a única estréia do canal é a volta de episódios inéditos de Lost em 19/05, com apenas poucas semanas de diferença em relação aos EUA. O nono episódio (The Shape of Things Come) estreiou na quinta passada, diga-se de passagem, um episódio muito bom. A temporada terá mais 4 episódios até o final de maio, fechando a 4ª temporada com 13 episódios.

As demais séries, Criminal Minds, CSI: Crime Scene Investigation, CSI: Miami, CSI: NY e NCIS continuam tendo episódios inéditos exibidos toda semana, até o final de suas temporadas. As séries terão menos episódios neste ano, em virtude da greve que interrompeu a produção de novos episódios. Já Las Vegas continua com novos episódios até o início de julho, quando vai ao ar 19º episódio da quinta e última temporada da série. Dirty Sexy Money, Law & Order – Criminal Intent estão em reprise devido ao término das temporadas por causa da greve e Damages, excepcional, é uma série com somente 13 episódios, terminando agora dia 06/05.
___________________________________________________________

Fox

Se você aguentar a dublagem!

Estréia no dia 13 de maio, terça-feira, ás 21h, Saving Grace. No elenco, Holly Hunter, vencedora de um Oscar por O Piano. Na série ela faz o papel de uma detetive da polícia de Oklahoma de comportamento autodestrutivo que vê sua vida mudar ao ser salva por um anjo. A série já foi renovada para uma segunda temporada.

Outra estréia é o drama Journeyman. Estrelada por Kevin McKidd, o Lucius Vorenus da série Roma, a série mostra um homem que descobre que pode viajar pelo tempo, mudando a vida das pessoas. Journeyman teve 13 episódios exibidos nos EUA pela rede NBC e estréia no dia 28 de maio, quarta-feira, ás 21h. A série substitui Women’s Murder Club na grade do canal.

E o retorno de Bones, na segunda-feira, dia 19 de maio, ás 21h. Entre outras novidades, a nova temporada traz um arco envolvendo um serial killer que constrói um corpo com ossos de diferentes pessoas e acrescenta um psicólogo para tratar do “casal” Booth e Temperance, sempre caindo para o lado cômico. Para a estréia de Bones, a Fox irá tirar Shark do ar antes do final da temporada – a interrupção acontecerá no mesmo ponto em que o seriado parou nos EUA, onde ficou três meses fora do ar, em função da greve de roteiristas.

No domingo, dia 25, ás 20h30, chega ao canal a 19ª temporada de Os Simpsons. Com 20 episódios, a nova temporada abre com o episódio He Loves To Fly and He D’oh, que tem participações do cantor Lionel Ritchie e do comediante Stephen Colbert. Ao longo da temporada passarão pela série atores como Topher Grace (That ´70s Show) e Julia Louis-Dreyfus (The New Adventures of Old Christine), cantores como Placido Domingos e Weird Al Yankovic e até mesmo o cultuado roteirista de histórias em quadrinhos Alan Moore.
____________________________________________________________

Sony

O sony estréia duas novas temporadas de séries:

Na segunda, 12 de maio, ás 21h00, chega a 4ª temporada de Medium. Nos novos episódios, o mundo de Allison (Patricia Arquette) e de sua família são virados de cabeça para baixo após as habilidades dela como médium serem expostas ao público, resultando em grandes mudanças profissionais e pessoais.

Uma das novidades do quarto ano (que terá 15 episódios), indo muito bem de audiência, garantindo sua renovação, é a participação de Anjelica Huston, atriz vencedora do Oscar, como Cynthia Keener, uma investigadora de uma empresa chamada “Ameritips” que faz um acordo com Allison para utilizar as habilidades dela na solução de crimes. Huston vai participar de pelo menos seis episódios da série.

Na sexta, 16/05, ás 20h00, é a vez da 7ª temporada de According to Jim. No episódio de estréia, Jim (Jim Belushi) fica furioso ao descobrir que Cheryl (Courtney Thorne-Smith) está participando de um clube de jantares festivos e decide questionar o “idiota” que inventou as mulheres. A partir daí, ninguém menos que o Todo Poderoso (vivido por Lee Majors, “The Six Million Dollar Man”) aparece para se defender perante Jim. Mesmo não tendo uma grande audiência – muito pelo contrário – a série terá 18 episódios, e pode ser renovada.
____________________________________________________________

Warner

Estréia na terça, 06 de maio, ás 22h00, a aguardada série sci-fi Terminator: The Sarah Connor Chronicles, série baseada na franquia de filmes “O Exterminador do Futuro”. No final de “O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final”, Sarah Connor derrotou o Exterminador que foi mandado do futuro para matar o filho de 15 anos dela, John. Sarah (Lena Headey, “300”) e John (Thomas Dekker (“Heroes”, “7th Heaven”) agora se vêem sozinhos num mundo perigoso e complicado. Fugitivos da lei, eles são confrontados com a realidade de que mais inimigos do futuro e do presente poderão atacá-los a qualquer momento. Sarah pára de fugir e decide reagir contra os inimigos que sempre estão evoluindo tecnologicamente e estão determinados a destruir a vida dela — e talvez o mundo. John sabe que ele talvez seja, no futuro, o salvador da raça humana, mas ele ainda não está pronto para assumir a liderança que lhe foi dita que seria o seu destino. A única amiga de John é Cameron (Summer Glau, “Firefly”), uma enigmática aluna da sua escola que provará ser uma destemida protetora dele e de Sarah. E eles também terão um poderoso aliado no inteligente e agressivo agente do FBI James Ellison (Richard T. Jones, “Ally McBeal”, “Nova York Contra o Crime”). Vale uma espiada, a série já foi renovada, tem bons efeitos mas requer uma visita á locadora para relembrar a história de O Exterminador do Futuro 1 e 2.

Na quarta, 07/05, ás 23h00, estréia o novo drama Big Shots. Com um elenco estrelar, a série é focada em quatro competitivos empresários de Nova York que procuram refúgio na amizade deles, discutindo negócios, confidenciando segredos, pedindo conselhos e apoiando uns aos outros nas reviravoltas e altos e baixos da vida. James Walker (Michael Vartan, “Alias”) é o centro moral do grupo, mas sua vida profissional quase desmorona por um instante, graças á uma reestruturação nas Indústrias AmeriMart e uma revelação surpreendente sobre sua mulher. Brody Johns (Christopher Titus, “Titus”) é o vice-presidente da Alpha Crisis Management, mas ele sabe que sua mulher irá julgá-lo apenas pela organização da festa de aniversário dela. Karl Mixworthy (Joshua Malina, “The West Wing”) é o doce e muitas vezes estressado presidente de uma grande empresa farmacêutica que tem uma mulher adorável — e uma amante que começa a monopolizar todo o tempo livre que ele consegue ter. E Duncan Collinsworth (Dylan McDermott, “O Desafio”) é o sexy e divorciado presidente da Cosméticos Reveal que descobre que sua vida pessoal está ameaçada por rumores de uma indiscrição (verdadeira) que poderá acabar com tudo o que ele já conquistou.

A série não engrenou, teve apenas 11 episódios produzidos devido á greve dos roteiristas, que foram vistos por 7,728 milhões de telespectadores, fazendo com que a série fosse cancelada pelo canal americano ABC.

Na sexta, 09/05, ás 20h30, chega a 3ª temporada da mais engraçada sitcom da atualidade (para mim, óbvio), The New Adventures of Old Christine. No episódio de estréia, Christine (Julia Louis-Dreyfus) e o Sr. Harris (Blair Underwood, “Dirty Sexy Money”) finalmente estão prontos para consumar o relacionamento deles — até que Barb (Wanda Sykes) diz algo que dá á Christine um motivo para se preocupar. E Matthew (Hamish Linklater) reconsidera sua decisão de fazer medicina após descobrir que o cadáver que ele utilizará nas aulas é de um ex-vizinho dele. A série teve somente 10 episódios (maldita greve) hilários, destacando a tentativa de Christine fumar maconha com Barb e seu encontro com um amigo de New Christine.
____________________________________________________________

Telecine Action

O canal é de filmes mas exibe a série policial/matemática Numbers. Estréia na segunda, 26 de maio, ás 23h45, a 4ª temporada de “Numb3rs”. E o primeiro episódio será especial, com a participação de Val Kilmer, como um perigoso criminoso que foi o responsável pela revelação de que o agente Colby (Dylan Bruno) era o traidor do FBI.

Destaques da Semana em DVD – 21/04 á 25/04

Cinema sexta-feira, 25 de abril de 2008 – 3 comentários

Desaparecidos: Uma garota de 13 anos é seqüestrada por uma gangue de tráfico sexual no México. Com isso, o irmão dela, um jovem de 17 anos, parte em busca do paradeiro da vitima para tentar salvá-la. Como única companheira e protetora nesse cruel mundo, a menina só conta com uma garota polonesa que também foi raptada. Enquanto isso, o jovem faz de tudo para tentar recuperar a irmã, envolvendo-se em vários perigos e furando o bloqueio da imigração para os EUA. Ali, acaba conhecendo um policial que também perdeu familiares da mesma forma e os dois acabam se unindo para partir nessa jornada perigosa e impedir que a menina seja definitivamente vendida e seu paradeiro nunca mais encontrado. Passou rapidamente nos cinemas este filme com forte conteúdo denunciatório. Co-produção EUA e Alemanha, que tem Kevin Kline como nome mais conhecido no elenco. Leia a crítica.

Bratz – O Filme: Esta produção é baseada em uma famosa série de bonecas chamada Bratz. No filme, elas são quatro adolescentes que vivem, cada uma, em um mundo diferente, mas com o desejo de sempre serem elas mesmas e realizarem seus sonhos e aspirações. Todas estudam juntas na Carry Nation High e vivem uma aventura com muita música, dança e moda. Nem vou comentar sobre o que esperar deste filme, somente digo que concorreu a diversas categorias no “Prêmio” Framboesa de Ouro neste ano.

A Última Hora: Este documentário, produzido e escrito pelo ator Leonardo DiCaprio, tem tom ecológico e trata de um tema que está mais na moda do que nunca: o aquecimento global. O filme propõe uma visão global sobre o meio ambiente e ainda procura soluções para tentar corrigir as graves falhas que os seres humanos provocaram no ecossistema. Acho extremamente inteligente quando um astro do cinema resolve utilizar sua fama para chamar atenção para causas, diríamos, mais socias. Aqui Di Caprio ataca de Al Gore para defender a natureza.

Lost – 4ª Temporada disco 1: Em função da greve dos roteiristas que dividiu a temporada de Lost em duas partes e em virtude do grande número de downloads de episódios, a distribuidora Bena Vista resolveu inovar e lançará o pack de Lost em discos unitários contendo dois episódios cada. Os lançamentos serão quinzenais, neste primeiro disco temos os seguintes episódios: 01 – The Beginning of the End e 02 – Confirmed Dead.

Página 4 de 41234

busca

confira

quem?

baconfrito