Star Wars – O Despertar da Babaquice

Cinema segunda-feira, 01 de Fevereiro de 2016

Querem saber uma coisa que eu gosto muito? Não? OK, vou contar mesmo assim, realidades alternativas. Eu gosto bastante de realidades alternativas e perco muito tempo pensando nas sutis diferenças que existem entre esta realidade e as alternativas. Pode existir uma realidade alternativa onde as pessoas comemoram o Natal na Páscoa e a Páscoa no Natal, pode existir uma realidade alternativa onde as pessoas comemoram somente o Natal, mas não a Páscoa e pode existir uma realidade alternativa onde as pessoas são mais evoluídas e não comemoram nem o Natal e nem a Páscoa pelo simples motivo de não acreditarem em contos de fadas. Mas a realidade alternativa que mais me assusta é a que os nazistas venceram a Segunda Guerra Mundial e dominaram o mundo e por causa disso existem pessoas que chamam o Bolsonaro de Bolsomito e combatem a ditadura gayzista pela internet com memes do Ratinho e… NÃO, PERA!

Star Wars VII é o que todo fã de Star Wars sempre quis, uma continuação da trilogia clássica, com os personagens clássicos e novos personagens que são tão ou mais incríveis que eles. É claro que algumas pessoas não gostaram do filme e isso pode não ter nada a ver com o fato dele ser protagonizado por uma mulher e um negro, mas se você entrar em qualquer grupo sobre Star Wars você será espancado por um bando de comentários IDIOTAS. Lembram da hashtag pra boicotar o filme por causa do Finn antes mesmo da estreia? Então, a situação é muito, muito pior. Existem algumas reclamações e comentários sobre o filme que não fazem o menor sentido, principalmente se você for fã e tiver assistido aos outros seis filmes da saga. Os três piores comentários que eu li foram:

A Rey é muito overpower só pra agradar as feminazi

Anakin Skywalker usou a Força sem treinamento, Luke Skywalker usou a Força sem treinamento e a Rey usou a Força sem treinamento. Houve alguma reclamação quanto ao Anakin? Não. Houve alguma reclamação quanto ao Luke? Não. Houve alguma reclamação quanto a Rey? Para caralho. Por que? Não, sei, realmente não sei. Mas não gostar do filme porque ela usa a Força sem treinamento não é um argumento válido.

O Finn é um traidor e péssimo personagem

O Finn é simplesmente o segundo melhor personagem do novo filme. O cara tem cenas cômicas, cenas dramáticas e cenas de ação, não gostar do Finn é como não gostar do Han Solo, mas eu não vi ninguém enchendo a porra do saco por causa do Han Solo, que abandonou os rebeldes em Uma Nova Esperança e só voltou no meio da batalha.

Star Wars é um clássico e clássicos não tem viadagem

E esse vem sendo o maior problema dos fãs babacas de Star Wars. Aparentemente, para os fãs BABACAS de Star Wars, se Poe e Finn formarem um casal, a saga estará arruinada. Os pilotos deixarão de voar em naves e passarão a voar em rôlas gigantes, os sabres de luz não sofrerão grandes mudanças em seus formatos, mas passarão a sair da bunda dos Jedis e Siths, que deixarão de usar a Força e passarão a usar o Gay Power, algo que envolve purpurina e AIDS, sem falar que a nova música tema será I Will Survive.

Nota do editor: AIDS não é doença exclusiva de homossexuais, Jo. Olha o preconceito com o Loney.

Eu li comentários que fizeram meus olhos sangrarem. Uns diziam que a Disney quer colocar viadagem em tudo e outros disseram que não tem nada a ver porque o Poe Dameron nem parecia ser gay no filme. Pois é, ele nem apareceu chupando um pinto, como é que ele é gay? Eu, hein.

E olha que são apenas boatos

O que vocês, queridos idiotas, não conseguem entender é que para a história de Star Wars, Rey ser mulher, Finn ser negro ou Poe ser gay não muda absolutamente nada. É fora dos filmes que a representatividade desses personagens importa. Eu, sujeito branco, do alto de minha babaquice também achava que esse negócio de representatividade era babaquice, mas se até eu pude perceber isso e me tornar uma pessoa menos babaca, você também pode. Ou pode ser que eu esteja botando muita fé na humanidade.

Leia mais em: ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Loney

    Istaruóis é uma merda e representatividade de cu é rola, mas I Will Survive é foda.

  • Karl Marx

    Até eu achei esse texto esquerdoso demais

busca

confira

quem?

baconfrito