Showroom of Compassion (Cake)

Música terça-feira, 07 de junho de 2011

Após 7 anos sem lançar um álbum próprio (O último foi um B-Sides & Rarities em 2007, que levou esse mesmo nome), o novo disco do Cake (Freqüentemente escrito CAKE, em maiúsculas) vazou. A banda que é mais lembrada pela versão folk divertida da música I Will Survive (Garanto que você já ouviu essa e se perguntou: Quem diabos está cantando?) e por músicas incríveis como Never There e Short Skirt/Long Jacket. Depois de regravar também a ótima Perhaps, Perhaps da Doris Day, eles atacaram com um cover inteligentíssimo do Frank Sinatra (No disco anterior tinham mandado muito bem com uma música em homenagem a Voz). No disco B Sides & Rarities já tinham outros covers, como War Pigs, do Black Sabbath e Never Gonna Give You Up, do Barry White, então vê-los dando um passinho a frente com novas músicas é sempre bom.

Showroom of Compassion não parece muito diferente do que a banda já havia gravado. Rock alternativo meio ska com metais muito legais, esse disco traz várias músicas que parecem hits antigos, aquele tipo de música que você pensa que já ouviu aquilo antes, como em Got To Move. Também traz novidades no som da banda, como na country Bound Away e dando um tom diferente ao disco. Em Mustache Man, usa uma imagem de macho brega dos anos 70 para criar uma espécie de hino anti-nostalgia. Long Time traz sintetizadores pulsantes e vocais rodeados por harmonias fáceis de cantarolar.

Showroom of Compassion não desaponta os fãs, pelo contrário. O trabalho é muito bem produzido e segue a linha dos anteriores, letras quase sarcásticas, arranjos memoráveis e a inconfundível voz de McCrea. Infelizmente a banda tem feito declarações de que esse poderia ser o último. Alegam estar cansados do show business, principalmente depois do advento da internet: O disco foi lançado dia 11 de janeiro e no dia seguinte já pipocavam links para baixá-lo. Na ocasião do lançamento oficial do disco, McCrea afirmava que não suportava mais continuar tendo que fazer shows e vender camisetas para sobreviver e que estava pronto pra cair fora depois desse disco. Sou completamente a favor dessa nova configuração no mainstream musical, que tirou o poder das gravadoras, diminuindo seu poder e sua importância e o transferiu junto com os lucros para as bandas, pois isso deixou as coisas mais cruas, como deviam ser e como nunca podiam ter deixado de ser desde antigamente. Mas tenho que reconhecer que ser um artista conhecido se tornou muito mais trabalhoso do que era alguns anos atrás. Isso pode ser confirmado pela quantidade de artistas que tem feito shows no Brasil por exemplo. Não é só porque estamos melhores econômica e financeiramente: Os caras tão ficando sem grana e tem que sair dos seus circuitinhos e vir aqui onde tem público pagante e disposto a pagar o que quer que eles estejam cobrando para vê-los tocar. Isso é ruim? Não acho, mas se pudesse diria ao senhor McCrea e seus preguiçosos companheiros de banda: Não vai embora não, cara! Fica, vai ter bolo!

Showroom of Compassion (CAKE)


Lançamento: 2011
Gênero musical: Indie
Faixas:
1. Federal Funding
2. Long Time
3. Got to Move
4. What’s Now Is Now (Frank Sinatra cover)
5. Mustache Man (Wasted)
6. Teenage Pregnancy
7. Sick of You
8. Easy to Crash
9. Bound Away
10. The Winter
11. Italian Guy

Leia mais em: , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito