Sem mim cês não aprendem nada

Nerd-O-Matic quinta-feira, 30 de julho de 2009

Vocês podem até não acreditar, mas o fato é que eu LEIO os comentários que vocês fazem nessa coluna semanal. Há dois anos que eu escrevo esse negócio, e tenho me esforçado muito pra afastar os leitores débeis mentais daqui:

… e tenho falhado miseravelmente, pelo jeito.

Nah, pra falar a verdade a maioria de vocês até comenta coisas relevantes. Acho que a maior parte dos despossuídos cerebrais acaba indo pras outras seções do site. Na maior parte do tempo os comentaristas que aparecem por aqui complementam as idéias que eu escrevo ou confrontam-nas de forma inteligente.

E hoje, para vocês leitores fiéis e relevantes desta soberba coluna, resolvi desvelar algumas das minhas fontes mais interessantes de entretenimento gamístico, das quais espero que pelo menos uma seja novidade para vocês.

The Game Show

The Game Show é um videocast mais ou menos semanal, que eu acompanho há quase um ano. Eu costumo baixar pra assistir no ITouch (é só dar um search por “the game show” nos videocasts do Itunes), e ele sempre significa meia hora de diversão garantida nas minhas idas e vindas no transporte coletivo ou na fila do banco. Você também pode assistir ao vivo na página dos caras. Tem programa novo toda quinta ou sexta, não sei. Sempre baixo depois. Tem o fuso horário também, então vocês precisam dar uma olhada lá.

O que diferencia o programa dos outros videocasts é que ele é razoavelmente bem-produzido, mas ao mesmo tempo possui um ambiente muito amador e genuíno. Os apresentadores são engraçados e possuem uma boa interação no programa, além de manjarem o suficiente de games sem serem absurdamente nerds. Frequentemente eles incluem convidados famosos nas edições, o que adiciona muito valor à programação eventualmente. A convidada do último foi a Jessica Chobot. Ah, cês não sabem quem é Jessica Chobot?

 Oi

Não, não é só uma gostosa. Ela já trabalhou full-time para a IGN e para o G4, então ela manja um pouco de games. Os convidados variam muito, mas sempre é alguém interessante e minimamente engraçado. Descolei um promo aí pra vocês terem uma idéia do programa:

Slobs of Gaming

Slobs of Gaming é um site tosco, mas que sempre traz informações e opiniões diferentes do que se lê por aí sobre games. Um ponto que eu gosto muito é que o foco ultimamente tem sido em putaria, como os recentes post sobre os mods pra ver a Cammy pelada em Street Fighter IV. Ou pelo menos com pouca roupa.

Os posts costumam ser curtos e grossos. Não existe muita informação nem muita opinião, mas os caras só postam coisas relevantes, como vocês podem ver. A frequência de atualização anda baixa, mas eu acompanho de qualquer forma. E vocês também deviam.

Deixei o melhor pro final, sintam vergonha se vocês não conhecem esse.

The Angry Video-Game Nerd

Começou como um programinha motherfucker onde o cara simplesmente xingava um jogo. Era legal, mas a tendência era ficar chato com o tempo. Felizmente o idealizador e apresentador (o nerd) soube investir adequadamente no programa. Hoje o show continua focando em xingar jogos e consoles, mas de uma forma altamente didática e educativa para o gamer que se preza.

Alguns programas apresentam consoles que nós nunca tivemos a chance de ver na vida aqui no Brasil, como o 3DO. Eu não sei vocês, mas eu acho mágico ter a chance de ver uma review sobre consoles que existiam apenas na minha imaginação, como o Jaguar ou o Virtual Boy.

Além do mais, o programa é engraçado. Eu não assisto nada que não seja engraçado e que não me faça cuspir cerveja no monitor pelo menos uma vez. Definitivamente esta é a melhor recomendação desta coluna. Veja esse programa sobre jogos pornô no Atari que eu selecionei pra vocês e depois vão na página do cara pra ver todos os outros vídeos. Eles estão naqueles ícones “Vids 2006, 2007, 2008 e 2009”.

O que vocês fariam sem mim, porra?

Leia mais em: , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • The Angry Video-Game Nerd eu já conhecia. Que eu acompanho sobre jogos é só aqui e o Loading Time mesmo, a maior parte do tempo tenho que dividir entre trabalho, mulher e jogar.

  • yarzon

    E o Nowloading?Você conhece?Eles têm um podcast bem legal sobre games.

  • Sagara

    AVGN é foda.
    Um cara que é uma copia descarada dele é o “Happy Video Game Nerd”. (Não deixa de ser ruim)

  • Ass

    Um bom site nacional é o Baú de jogos. O layout é tosco no último, mas é muito engraçado.

    A resenha do Sonic do Mega Drive é imperdível: http://www.baudejogos.net/jogo.php?id=8364

  • Leslan Livonor

    Jogos só isso? Vcs deviam expandir os assuntos para outras coisas sei lá algo além de games se não o povo enxoa disso!

  • Pizurk

    @Leslan Livonor
    Cê notou que, além de Games, tem Cinema, HQs, Livros, Música e Televisão?

  • Guil5566

    belos sites ;o
    ja acompanho avgn, alem do bullshit, ou msm os previews de filme dele, mto bom

    ah, o 3do chegou sim no braisl véi, eu tenho um O.O

  • [TRG]Vash

    Leslan Livonor, o famoso leitor débil mental…

  • Ass

    Leslan Livonor, essa coluna é de games. Óbvio que só vão falar disso. É a mesma coisa que reclamar que os classificados do jornal sempre anunciam coisas.

  • Fernando

    Eu também tive um 3DO! o The Need For Speed dele era muito bom!

    Tive também lendas como Neo Geo de cartuchos gigantes (ah, King of Fighters, isso sim era um bom jogo de luta!) e Atari Jaguar.

  • anônimo

    Pô, o 3DO era comum pra caramba, foi meu primeiro aparelho em CD, e olha que eu comprei quando morava em Pinhalzinho, cidade de SP com ridículos 10000 habitantes…

busca

confira

quem?

baconfrito