Rock irlandês

Música quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Você, assim como eu, bebedor de cerveja, já deve ter ouvido falar da Guinness, certo? Sinceramente é uma das melhores cervejas que eu já bebi na minha vida. Apesar de a graduação alcoólica não ser lá essas coisas (4,2%), ela tem seu sabor forte característico, não é cerveja pra gente fresca. Enfim, não sou degustador de cerveja, só sei que ela é boa pra caramba. Todo mundo saber que irlandês adora beber, faz-se filmes e escreve-se livros sobre isso, e a Guinness não poderia vir de outro lugar senão de lá. O que essa cerveja tem a ver com o que eu to falando? Assim como o sabor da tal bebida, o rock irlandês é muito bom, e sem frescura nenhuma, música pra bater de frente. É, parece que irlandês num é muito chegado em frescura não. Esquece o U2 e vem sacar o que é bom na terra dos Leprechauns.

Rory Gallegher

Este cara é simplesmente foda (É considerado um dos 100 melhores guitarristas da história segundo a Rolling Stones). Não existe outro adjetivo para caracterizá-lo. Sério, poucas vezes ouvi um guitarrista com mais feeling na minha vida e o interessante que ele não curtia muitos efeitos na guitarra. Se for procurar algo dele, dê preferência para as performances ao vivo, o cara era basicamente um monstro no palco.

Thin Lizzy

Banda de hard rock formada no final dos anos 60. Seu vocalista, Phil Lynott, possui um dos timbres de voz mais legais que já ouvi. Como o Rory Gallegher ali, os caras são bem diretos, mandando pancada atrás de pancada. Sua música mais famosa, Whiskey in the Jar, foi regravada pelo Metallica e não faço ideia se a versão é tão boa quando a original. Fiquem com ela ai.

Gary Moore

Outro gênio da guitarra de pegada bem pesada, fazendo um rock blues digno de nota. Vale ressaltar que foi guitarrista do Thin Lizzy por um tempo, mas o que pega mesmo é sua carreira solo. O timbre de sua guitarra e seus solos resgatam bem a alma blues dos anos 40/50. Só ouvindo pra ter ideia.

Tá ai jovens, uma pequena amostra do som da parte legal de verdade do Reino Unido. Sugiro a vocês que procurem outros, e tragam aqui pra mim também, que estou sempre disposto a escutar música de qualidade. No mais é só e dependendo do meu ânimo eu posso trazer mais músicos e bandas de lá.

Nota do editor: A República Democrática da Irlanda não faz parte do Reino Unido. A Irlanda do Norte sim. Dumbass.

Leia mais em: , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • A Irlanda não é do Reino Unido e Whiskey in The Jar não é do Thin Lizzy, eles regravaram e é música folclórica irlandesa; No máximo dá pra falar que “é” do Dubliners. Aí sim, um post sobre música folk Irlandesa ia ser bem foda. Irish Drinking Songs é que há!

  • Eu ACHO que o Arthur não falou em nenhum momento que Whiskey in the Jar é deles. Só falou que é a música mais famosa deles. Afinal, antes deles, ninguém tinha feito uma versão rock. Ou hard rock. Ou seja lá como vocês jovens chamam essa porra hoje em dia.

  • Arthur

    Perdao pelo erro geopolitico. E obrigado pela informacao. E meu teclado ta com problema, dai a falta de acentos.

  • Paulo

    Cerveja preta. Meu objetivo de vida é, um dia, tentar gostar desse café alcoolico nojento. Talvez só pra n ter que me, eu mesmo, me achar fresco mas vai ser ruim lá longe.

  • Cê leva jeito de quem gosta de drinks com guarda chuvas miniatura.

  • Arthur

    Só posso sentir muito por você meu caro.

  • ClaytonSlayer

    Sonho da vida: conhecer a Irlanda. Lugar bonito, boa bebida, boa música, nem vou ligar para a comida mais ou menos… Um dia ainda paro de ver o Street View de Dublin e vou trabalhar para comprar uma passagem… E as indicações foram ótimas. Nem sei poe que o Rory Gallegher é tão desconhecido nas nossas terras. O bicho era um monstro!

  • ClaytonSlayer

    Se vc provou foi malzebier, tem toda razão. Aquilo não passa de guarapan com pinga de quinta. Mas Stouts, shwarzenbiers e munchens são muito boas.

  • ClaytonSlayer

    Passive Sex on the Beach…

  • Arthur

    Rapaz, um dia eu visitarei a Irlanda também. Não morro sem ir lá. Agora, é foda mesmo o Rory Gallegher não ser mais apreciado, porém eu mesmo só vim a ouvi-lo a menos de um ano, mas de cara gostei muito.

  • passive sex HAUHAUHAUAHUAHUHUUAHUAHUAH

  • Paulo

    Porra n é assim n galera. Cerveja preta é minoria que gosta e tem gente que bebe pra dar uma de gostoso.

busca

confira

quem?

baconfrito