Review – In Utero (Nirvana)

Música terça-feira, 18 de setembro de 2007

Foo Fighters

In Utero, mais um álbum com Dave Grohl na bateria. Então, vamos evitar enrolações: É Nirvana.

Serve the Servants tem um “quê” de Stoner Rock, o que é normal pra uma banda Grunge, tendo em vista que as influências caminham ali, lado a lado. A faixa abre o álbum de uma forma foderosa, ela é simplesmente sensacional. Não é lá empolgante, mas é daquelas que te fazem aumentar o volume e acompanhar a letra. Scentless Apprentice já é um som mais pesado, com direito a gritaria e chiadeira no refrão. Deve dar medo ouvir esse som no escuro, ainda bem que faço reviews com a luz acesa. E talvez eu vá dormir com a luz do quarto acesa também, espero que o fantasma do Kurt não goste de luz. Enfim, ignorem isso, a música é foda. GOOO AWAAAAYYY!

Heart-Shaped Box, começo calmo com refrão pesado. É o que o Kurt conseguiu fazer após ganhar uma caixa vazia em formato de coração de Courtney Love. Puta inspiração, eu queria ganhar mais presentes, quem sabe eu poderia estar fazendo algo melhor nesse momento. Se bem que ouvir um cd do Nirvana não é ruim, e olha que eu detestava essa banda por causa dos fãs. É, cabeça dura, mas eu já me perdoei por isso e PORRA, eu devia estar falando sobre o cd. Enfim, esse refrão dá um bom bate cabeça, vai por mim. Rape Me é um clássico da banda e já foi líder de piadinhas que eu prefiro não citar por aqui. Acho que um refrão com a frase “Rape me my friend” já diz muita coisa. Bom, a letra é fraca, mas eu odeio citar letras em reviews. O som é bom, e o fim é empolgante. Pena que é curto.

Frances Farmer Will Have Her Revenge on Seattle, ou “Carái, vamos colocar um título ENORME nessa aqui”, é daquelas que fazem você balançar a cabeça, se for uma pessoa normal. Caso contrário, você só vai aumentar ainda mais o volume e acompanhar o Kurt, fazer performances e envergonhar a sua família. Dumb, um som pra viajar. Aposto que o Kurt “queimou todos” quando escreveu essa letra, aliás. Mas mesmo sem ela, a música em si tem um ritmo que desliga seu cérebro. E vai ser uma merda quando ele voltar a funcionar e você ver que está lendo este site.

Very Ape tem um riff sensacional e viciante, ele fica ecoando no seu ouvido. Bom, o Kurt era um cara doidão, creio que ele quis passar como ele se sente quando está… enfim, “ó, ouve aí. Ééé, eu me sinto assim quando to noiado!”. Algo do tipo. Milk It, outro som que dá medo. E, puta que pariu, que som FODA. As pausas antes dos gritos do refrão são as melhores partes da música, tente elevar o volume ao máximo nelas, é empolgante. E ensurdecedor, claro. Pennyroyal Tea, taí um refrão que vicia e faz você cantá-lo no caminho inteiro pro trabalho, ou pra escola, ou, sei lá, pro raio que o parta. O que importa é que a bagaça gruda. Quando Radio Friendly Unit Shifter começar, diminua o volume pra não ficar louco e surdo, conselho de amigo. Com o volume baixo, você vai ficar só louco. Essas chiadeiras entram no cérebro e derretem os neurônios. Eu me sinto assim quando to noiado. Hm, peraí, eu não faço isso.

Véi, sério: AUMENTA O VOLUME. Tourette’s é uma das melhores, senão a melhor música do Nirvana. Pancadaria com direito a scream, Kurt Cobain precisou de uma garganta nova depois de ter gravado esse som. A única coisa que estraga é o baixo, como eu disse no review de Nevermind, eu não gosto desse baixo. Mas enfim, é EMPOLGANTE esse som, e, mas uma vez: Pena que é curto. Então, All Apologies fecha o álbum com classe. Som “leve” com refrão pesado, quase um modelo padrão de músicas do Nirvana. Espera, encerra o álbum? Não, aguarde mais 20 minutos e a faixa Gallons of Rubbing Alcohol Flow Through the Strip, quase um “Easter Egg”, vai rolar. Bom, é um som totalmente cru, com algumas partes pesadas e outras que te deixam doidão. Enfim, este álbum vai derreter seu cérebro, é isso. Então, coloque no repeat, você não vai perder nada mesmo.

inutero.jpg
In Utero – Nirvana
1. Serve the Servants
2. Scentless Apprentice
3. Heart-Shaped Box
4. Rape Me
5. Frances Farmer Will Have Her Revenge on Seattle
6. Dumb
7. Very Ape
8. Milk It
9. Pennyroyal Tea
10. Radio Friendly Unit Shifter
11. Tourette’s
12. All Apologies
13. Gallons of Rubbing Alcohol Flow Through the Strip

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Friederichs

    Bem , desse cd , eu não conheço o cd.. não darei opnião.

busca

confira

quem?

baconfrito