Review – Black and White Album (The Hives)

Música terça-feira, 16 de outubro de 2007

Com um dia de atraso (o lançamento foi ontem), mas ainda assim eu não deixo vocês na mão. Eu disse que este álbum era a promessa do ano. Vamos á crítica, então.

Tick Tick Boom abre o álbum da melhor forma possível, esta é simplesmente uma das MELHORES MÚSICAS DO ANO. É impossível ficar parado com uma sonzeira dessa rolando solta, é por isso que eu tenho orgulho de curtir PRA CARÍI esses caras. Essa faixa é um soco no estômago, e o grito que você solta é: ELES VOLTARAM! E melhores do que nunca. Eu elogiaria esse som no review inteiro, então vamos parar por aqui. Foda, FODA! Tá, parei. Try It Again é um som um pouco… indie. Tá, nunca mais cito “indie” em um review de um álbum dos Hives, melhor traduzir pra “é um som um pouco… fraco”. Acho que leva um tempo pra você se acostumar, taí um som diferente do que os caras estão acostumados a fazer, mas ainda assim o estilo deles não foge. Faixa levemente dançante e repetitiva. Aí vem You Got It All… Wrong e você volta ao normal, são os caras de volta. Mas ainda assim o refrão e a bateria… ok, você continua assustado. Mas ainda assim, a faixa é boa, mas não chega perto da primeira, lógico. Pode ser que ela fez eu esperar muito do álbum, espero que não.

Well Allright! tem a introdução levemente irritante, e depois parte pra um Rock and Roll… interessante. Ainda sinto falta da energia dos caras, só. Com o tempo você se acostuma com ela e começa a bater o pé. Hey Little World mantém o ritmo dançante e a idéia de que os caras mudaram o estilo mais uma vez. The Hives dançante? Sim, sempre, mas isso aqui tá me incomodando. A música é boa, mas não é que esteja faltando algo, talvez esteja SOBRANDO. A Stroll Through Hive Manor Corridors é uma daquelas faixas completamente diferente das outras que os caras sempre fazem, sabe? Parece trilha de filme romântico (ou pornô) antigo, ou daquela série, “Hoje é dia de Maria”. É, tá mais pro último, eu não conseguiria ter uma ereção ouvindo essa música. Não veja isso como uma reclamação, a faixa é bacaninha, experimental.

Quando a It Won’t Be Long começa, você tem vontade de desligar o som. A introdução desse som é broxante, e a coisa não melhora muito pra frente. Estou com medo de citar “indie” de novo, mas isso tá ficando cada vez mais estranho. T.H.E.H.I.V.E.S. começa e você pensa “Orra, quando foi que eu coloquei um álbum do Eagles of Death Metal aqui?”. Não, você não está ficando louco, e é só o começo que é parecido. O resto é uma merda. Uma MERDA! Return The Favour traz um pouco do The Hives de volta, lembrando o álbum anterior da banda. Boa faixa. Giddy Up não é lá uma música, não sei se vocês me entendem. Ela só me faz pensar que eu estou ouvindo este álbum por obrigação.

Square One Here I Come traz novamente um pouco de The Hives, mais uma vez lembrando o último álbum da banda. Faixa bem legal, dá pra arriscar acompanhar a letra. You Dress Up For Armageddon não te decepciona e você levanta pra dançar com a sua família no refrão, esquecendo de que banda você está ouvindo e pensando “Legal, parece Dropkick Murphys”. É, o refrão lembra, até, mais um som diferente do que os caras estão acostumados a fazer. Mas essa faixa é empolgante, vai por mim. Puppet On A String é mais uma daquelas faixas diferentes do resto do álbum, com piano e backing vocals que dão medo. Diferente, bacana, mas nada impressionante. Enfim, Bigger Hole To Fill encerra o álbum de uma forma “legal, mas… vai demorar pra eu ovir este cd de novo”. Não sei o que dizer. Não sei se mais uma vez os caras “inovaram”, ou se dessa vez eles estragaram tudo de vez, ou se simplesmente eu esperava DEMAIS e me decepcionei com um álbum simples. Acho que não, aparentemente os caras “caíram”, e agora fazem o tipo de som que eu não suporto ouvir, aquele que a maioria das bandas INDIES fazem. Mas ainda assim é The Hives, e eu confesso: Queimei a língua.

blackandwhitealbum.jpg
Black and White Album – The Hives
1. Tick Tick Boom
2. Try It Again
3. You Got It All… Wrong
4. Well Allright!
5. Hey Little World
6. A Stroll Through Hive Manor Corridors
7. It Won’t Be Long
8. T.H.E.H.I.V.E.S.
9. Return The Favour
10. Giddy Up
11. Square One Here I Come
12. You Dress Up For Armageddon
13. Puppet On A String
14. Bigger Hole To Fill

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Rogério

    você é um crítico muito, mas muito raso.
    não escutei o disco ainda, aliás, nem conheço bem a banda, só os hits, mas essa sua resenha é coisa de leigo.
    você não consegue escrever uma linha técnica sobre som, letra, melodia ou qualquer coisa relevante. todo o texto é baseado em “essa é bacana”, “essa é uma merda”.
    nada contra fanzocas resenhando música, muito pelo contrário, todo mundo tem direito a uma opinião, o que acho risível é essa sua empáfia de crítico especializado.

    “mas ainda assim eu não deixo vocês na mão. Eu disse que este álbum era a promessa do ano. Vamos á crítica, então.”

    fala sério.

  • théo

    @Rogério
    Você errou de site, aqui não é o UOL.

  • atillah

    Como eu SEMPRE digo:

    É absolutamente espetacular e desbundante ver como as pessoas AINDA acham que isso aqui é o site da VEJA ou da FOLHA. Como se nós tivéssemos a OBRIGAÇÃO de fazer críticas fundamentadas e imparciais, baseadas em preceitos e regras reconhecidas pela indústria fonográfica e pela crítica especializada.

    Eu simplesmente fico de boca aberta com isso.

  • Laércio

    Acho que vc esperava mais do mesmo e quebrou a cara quando ouviu um disco novo em folha.

    Sugiro que vc fique com os antigos.

    Esse novo não é para você.

  • Won’t Be Long é um faixa irônica, porra. A idéia é tirar um sarro desses vocais “graves alternas”. Ele muda completamente de vocal do verso pro refrão pra justamente dar essa quebra e mostrar o tom da ironia.

    E a melhor faixa deles, sem sombra de dúvidas, ainda é B is for Brutus do Tyranossaurus Hives.
    Principalmente a versão ao vivo. Quando o Pelle entra gritando logo no comecinho ce pensa “puta merda, quando esses putos vêm pra cá?”

  • “Acho que vc esperava mais do mesmo e quebrou a cara quando ouviu um disco novo em folha.”
    falou tudo

  • théo

    @Laércio @Thiago
    Caras, não esperava “mais do mesmo”, esperava “mais sons sensacionais”. Não sou fã xiita que solta a franga quando uma banda “inova”, veja o caso de Queens of the Stone Age – eu elogiei o álbum novo dos caras.

    Sinceramente, achei esse álbum MUITO fraco. Eles começam com uma faixa fodástica e estragam tudo com sons que seguem uma linha totalmente diferente. Tipo propaganda enganosa.

busca

confira

quem?

baconfrito