Remakes começam a assolar as séries

Sit.Com terça-feira, 18 de março de 2008

Sabem que fui completamente favorável á greve dos roteiristas que assolou o universo de entretenimento americano, pois os caras merecem um salário excelente; afinal, a criação e o andamento dos projetos dependem, principalmente, no caso das séries, dos roteiros produzidos. Agora, imaginem que mesmo assim os produtores televisivos vira-e-mexe tentam resgatar um projeto antigo como argumento para uma nova série, ou seja: simplesmente refilmar filmes e séries de antigamente.

Este tema me veio á mente depois de ler sobre o interesse do canal CW (o mais fraquinho dos canais americanos) em refilmar a série teen, febre dos anos 90, Barrados no Baile. Sim, você não leu errado, esta mesmo é a idéia (ou, pelo menos, ambientar a trama neste universo). Como se fosse necessário uma readaptação daquele universo, visto que desde seu encerramento diversas outras séries teens tomaram conta da telinha, como Dawson’s Creek, The OC e, atualmente, Gosssip Girl. Não seria mais fácil criar uma nova série? Está certo que este subgênero é recheado de clichês que, dificilmente, algum roteirista foge, mas… parece tão desnecessário.

Para a próxima temporada também ressurgirá o remake de Super Máquina, aquela do carro que fala e com David Hasselhoff (salva-vidas em S.O.S. Malibu, lembram?) que era exibido nos anos 80. Foi realizado um filme para televisão como teste para a resposta do público, o filme foi bem de audiência e teve seu passaporte carimbado como uma das estréias da temporada 2008/2009.

Não sei como os produtores ainda têm estas idéias. Se nessa temporada uma das séries mais esperadas era Bionic Woman, com alto investimento (aqui no Brasil o canal A&E começa a exibí-la no final do mês) e que acabou não rendendo nem meia temporada – foram somente 8 episódios produzidos (antes da greve). Para piorar, eu assisti a dois episódios e posso confessar que achei a série meio fraca, um misto de ação, ficção e drama que não combinava. Em temporadas anteriores, tivemos remakes como Tarzan (um fiasco), Night Stalker (refilmagem da série homônima dos anos 70 que serviu de inspiração para a criação de Arquivo X – aqui a qualidade era baixa), Flash Gordon (apesar de ter uma temporada completa, esta série da tevê a cabo americana é muito fraquinha, desculpem os fãs).

Como sempre há exceções, aqui (se vocês lembrarem de alguma citem abaixo), lembro da espetacular série de ficção científica Battlestar Gallactica, que está em sua quarta e última temporada (estréia em abril nos Eua, exibida aqui pela TNT). Esta série é um exemplo, pois soube utilizar o argumento inicial de um filme cinematográfico do final dos anos 70 (que bebia na fonte de Star Wars) para criar um grande universo científico acrescido de suspense, reviravoltas, dramas, ação e política; imperdível para os admiradores do gênero. A outra série que lembro é The Dead Zone, baseada no filme e livro homônimo de Stephen King; não é muito reconhecida pelas suas qualidades mas teve seis temporadas interessantes. Pena ter sido cancelada sem ao menos resolver algumas questões pendentes da trama.

Leia mais em:

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Lanna

    Quando a série traz alguma coisa de novo,é até legal assistir,mas quando ela é TOTALMENTE baseada na antiga,fica uma coisa cansativa…

    Tá faltando imaginação nesse povo.

  • guts

    serie q eu naum esqueco eh Firefly, do joss whedon(buffy, angel), q inclusive rendeu o filme serenity. Foi cancelada depois de 14 episodios, mas deu e dah o q falar pq ela foi espetacular. Aconselho todo mundo a ver, quem ficar na duvida, aluga Serenity

busca

confira

quem?

baconfrito