Redescobrindo Seinfeld

Televisão terça-feira, 04 de Fevereiro de 2014

Meses atrás escrevi sobre estar redescobrindo uma das séries que marcaram minha vida nos anos 90: Arquivo X. Assisti as nove temporadas dela, gostei muito (Menos a última que realmente marcou a derrocada do negócio). Mas, precisamente hoje, consegui pela primeira vez todas as temporadas da série que praticamente foi o meu motivo começar a assistir séries em primeiro lugar. Estou falando de um ícone da última década do século XX. Estou falando de Seinfeld. Vem comigo.

Vamos pra um pouco de informação básica: Seinfeld estreou em julho de 1989 e terminou nove temporadas depois em maio de 1998. Criada por Larry David e Jerry Seinfeld, a série conta uma versão meio fictícia, meio real da vida do próprio Seinfeld e seus três amigos (Que, esses sim, são puramente inventados), Elaine, George e Kramer. De acordo com a própria equipe, Seinfeld era “uma série sobre o nada”, sem uma linha geral, dependo só de situações pra contar a história de um episódio, e o tema geralmente era apresentado no início do episódio por Jerry fazendo um stand-up sobre o assunto. O centro de tudo eram os quatro amigos e suas ações e personalidades. Seinfeld não tinha típicos finais felizes, situações clichês de sitcoms, nada disso. Na verdade, eles geralmente se davam mal no final das coisas e a série sempre se aproveitou do lado menos bonito das pessoas, mas que levavam a acontecimentos engraçados. Nem tudo são rosas, a vida pode ser chata, coisas bizarras acontecem, as pessoas têm uma tendência a serem escrotas. E nós podemos (E devemos) achar graça disso.

Só que quando eu tinha 13 anos e via Seinfeld, eu entendia bem pouco. O que é natural, eu acho. Mas aí eu cresci, estudei, me tornei acadêmico e… Entendo a maior parte das piadas agora. Por isso que eu apoio refazer as coisas: Rever séries e filmes, reler livros, jogar jogos de novo. Por que você sempre deixa escapar alguma coisa na primeira vez, ainda mais se essa vez foi na infância. Assista Xena, A Princesa Guerreira, por exemplo, e se maravilhe com a descoberta de que ela e a Gabriele são um casal e isso esteve na nossa cara o tempo todo nos anos 90. E não venha me dizer que você notou isso quinze anos atrás pra dar uma de precoce, seu filho da puta. Opa, mas me exaltei, desculpem, ontem eu tava mesmo? Ah sim, eu dizia que Seinfeld é a melhor sitcom que vocês vão ver na vida. Ah, você prefere Friends? FODA-SE VOCÊ SEU SEM GRAÇA. Ah, agora vem uma foto pra encher espaço no texto, peraí.

 Huuuum, olha lá a desmunhecada… Aposto que esse gosta de Friends.

O show de stand-up de Jerry Seinfeld, como é normal no gênero, sempre se baseou em experiências da vida real, e isso foi levado pra série, mas com um toque de insanidade. E pelo jeito deu muito certo: A revista TV Guide elegeu Seinfeld como a melhor série de televisão de todos os tempos, e dois episódios dela apareceram na lista de cem melhores episódios. Aí você pensa “Isso foi na época, agora é diferente”, atestando o fato de que você só não gosta do negócio por que não entende. Aposto que não gosta de ver filme legendado também. Mas enfim, aí eu respondo que ano passado, Seinfeld ainda ficou com o segundo lugar na lista de melhor série de TV escrita DE TODOS OS TEMPOS, em uma lista do Writers Guild of America (Que é só o sindicato dos roteiristas dos Estados Unidos); o primeiro lugar ficou com Os Sopranos. É difícil mesmo não dar tanto crédito pra uma série que inclusive colocou palavras novas na língua inglesa e criou um novo feriado.

Tá, vocês já notaram que eu sou um fã. Assim como naquele texto anterior de Arquivo X, espero que esse aqui desperte as memórias quase esquecidas de alguns pra mais essa baita série de TV. Ou que os que não conhecem coloquem esses mouses pra funcionar e, ahem… Comprem os boxes da série, claro. Aqui no Bacon nós prezamos pelo Pirate Bay pela legalidade. Vida longa e próspera, e parem com essas séries de menininha e assistam Seinfeld porra.

Nota do editor: Apesar desse encerramento levemente sarcástico, é sério. Cliquem nos banners ae e comprem as paradas legalmente, porque além de você não ir contra a lei, você ainda dá uns cascalhos pra ajudar a manter esse site lazarento no ar. Não que a gente vá sair do ar sem isso, mas o prejuízo é maior.

Leia mais em: , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito