Quem são os atuais Reis da Comédia Americana?

Primeira Fila sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Depois que Jim Carrey e Adam Sandler resolveram diversificar suas carreiras ou tentar ganhar um Oscar, demonstrando talento em filmes dramáticos (hein?) como O Show de Truman/Número 23 (Carrey) e Embriagado de Amor/Reine sobre Mim (Sandler), abriu-se espaço para novos comediantes no cinema americano fazerem sucesso. Surgiram diversos nomes em Hollywood, porém quem se destacou com a crítica (pelos roteiros) e o público (pelas bilheterias) foram dois grupos de comediantes. Estes comediantes, normalmente, vindos de seriados cômicos televisivos ou do já lendário programa Saturday Night Live.

Um destes é o Frat Pack (nome em homenagem ao grupo de cantores e atores liderados por Frank Sinatra nos anos 60 reconhecido como Rat Pack), grupo variado de comediantes com nomes como Ben Stiller, Owen Wilson, Luke Wilson, Will Ferrell, Steve Carrell, Paul Rudd e Vince Vaughn, somente para citar alguns. Em seus filmes sempre algum deles protagoniza enquanto outros participam em papéis coadjuvantes ou somente em participações especiais. Vários são os exemplos dos trabalhos deste grupo: Zoolander, Entrando numa Fria, Com a Bola Toda, O Âncora, Penetras Bons de Bico, etc.

Abaixo, um vídeo que faz uma paródia com as cenas do filme O Âncora, um dos filmes mais sem noção do frat pack, com a narração monstruosa do filme 300. Obs:reparem na participação de Tim Robbins, Luke Wilson e Ben Stiller.

O último exemplar do grupo foi o filme Escorregando para a Glória, protagonizado por Will Ferrell e Jon Heder, de Napoleon Dynamite (quem sabe um novo nome no grupo), além deles ainda há a participação de Luke Wilson. Em comum, os filmes do grupo possuem um humor mais grosseiro, não muito ofensivo, e atuações e situações exageradas do tipo “sem noção”. A maioria de seus filmes também exaltam a amizade masculina: geralmente os protagonistas formam duplas ou equipes tentando superar um desafio em comum. Somente para relembrar em Escorregando para Glória, dois patinadores de gelo expulsos das competições solos se unem para voltar as competições como dupla, com direito a coreografias duvidosas e colãs brilhosos, mais engraçado impossível.

escorregandoFerrell e Heder “soltando a franga” no gelo

Já o outro grupo que anda se destacando é o liderado pelo diretor/roteirista/produtor Judd Apattow, de filmes como O Virgem de 40, Ricky Bobby – A Toda Velocidade, Ligeiramente Grávidos e Superbad- É Hoje (que estréia nesta sexta nos cinemas). Estes filmes que citei ultrapassaram bilheterias de 100 milhões de dólares somente nos Eua (sem contar que são produções, geralmente, baratas). Apattow é o produtor de dois seriados desta década considerados já cults, Freaks and Geeks e Undeclared, ambos não duraram uma temporada no entanto, revelaram o estilo de comédia de Apattow e diversos de seus atores como, Seth Rogen (que também trabalha como roteirista em Superbad), Jay Baruchel (Ligeiramente Grávidos e Menina de Ouro), Jonah Hill (Ligeiramente Grávidos e Superbad) e Jason Segel (atualmente, em How I Met Your Mother).

superbadQue tal a dupla dinâmica de Superbad

O estilo cômico de Apattow é completamente diferente do Frat Pack, em suas produções, os roteiro são criativos, irreverentes, inteligentes (acima da média) e, até mesmo, com toques dramáticos. Outro fator que se destaca é o carinho com que a história trata seus personagens nerds, em sua quase totalidade masculinos, por mais ridículos e irresponsáveis que estes sejam, o roteiro permite que eles sejam infantis e bobos mas, sem apelar para idiotices grosseiras.

Ainda é cedo para apontar mas, futuramente, estes comediantes podem entrar para o Hall da comédia mundial, ao lado de ícones como os irmãos Marx, Charlie Chaplin, Jerry Lewis, Mel Brooks e Monty Phyton. Sorte nossa!

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • eric

    Théo, tu participou do Superbad e nem avisou?

  • théo

    @eric
    Eu não sou tão gordo assim, mas confesso que quanto aos olhos azuis eu sou bem parecido com o cara.

  • atillah

    Achei que o Théo era aquele de patins, na foto mais de cima.

  • théo

    Certeza que ele errou o nome do filme.

    Enfim, nunca gostei do Sandler, mas o Jim Carrey foi mal em Número 23. Aliás, seria difícil ver alguém se saindo bem nesse filme.

  • théo

    Acabei de ver outra foto do Superbad. Caralho, vsf, maldito óculos.

    http://www.sonypictures.com/movies/superbad/

    Olha o maluquinho lá atrás.

  • POxa, parece o théo mesmo,cara! (zuando)

  • o théo é o McLovin? AUHEUHEUHEUH
    eu prefiro mesmo é o Evan no filme *-*

    e falando do Jim Carrey, eu gosto dele como comediante, embora não tenha assistido todos os filmes dele

  • Buenejhe

    gostei de suas analises cinematograficas más tenho que salintar (desculpe a liberdade)que você esqueceu de um filme que é uma obra de arte no ramo da comedia que é o Dias Incriveis (old school)é marcante a atuação de Ferrel. Voltando o assunto Jim Carrey é um exelente artista que tem o seu proprio estilo de contracenar é claro que como todo artista
    ele cometeu um equivoco em atuar nesse filme numero 23 que é um lixo incoerente. Mas acredito eu ele não domina o mundo dos filmes de comedia ele possui fortes concorrentes como o proprio Ferrel.

busca

confira

quem?

baconfrito