Quebrando Regras (Never Back Down)

Cinema quinta-feira, 14 de agosto de 2008

 Situado no agitado mundo das artes marciais, o filme conta a história de Jake Tyler, um garoto durão que precisa aprender que na vida cada um tem a sua luta. Para Jake – nascido em Iwoa -, Orlando parece um paraíso. Chamado de “o garoto novo” com seu jeito calado e suas roupas de lenhador, Tyler não está fazendo muitos amigos, mas isso não o incomoda. Quieto e isolado, ele sofre silenciosamente a recente morte do pai. Porém, não demora muito até que o passado conturbado voltar a perturbá-lo.

Depois de ver uma sinopse dessas, o que você esperaria do filme? Nada que preste, certo? Pois você está errado!!!

A cena inicial mostra um jogo de futebol americano com Jake ferrando com o outro time. Até ai tudo bem, já que essa é a função dele. Mas quando um dos adversários o provoca, falando de seu pai recentemente morto, o futebol é ignorado, e o campo vira um ringue, mas o round termina em nocaute rapidamente. Jake tem a mão pesada. Como seu irmão ganhou um tipo de bolsa pra jogar tênis em Orlando, os dois se mudam para lá, juntamente com a mãe.
Chegando lá, ele vai pra escola local. Por ser de Iowa, é considerado meio caipira, e não se enturma. E ai começa a treta. Numa típica cena loser, o moleque vai almoçar na arquibancada do campo, e na volta encontra um grupinho vendo dois moleques se estapearem. Jake ajuda o que tá apanhando, mas é escurraçado, por que ele não quer ajuda. Tá apanhando porque gosta tá numa espécie de clube de luta.

 KD PEITO, BAJA? KD?

Ai começa a putaria: Ele acha que Baja tá dando bola pra ele, mas ele não sabe que a loira é namorada de Ryan, o mané bom de briga. Ela convida o roceiro pra ir numa festa, e ele fica se achando, pensando que conquistou a gostosinha. Mas chegando lá, ele descobre que era tudo uma arapuca pra fazer ele lutar, já que um vídeo de sua ação no campo de futebol tá rodando a internet. O cara se recusa a lutar, mas Ryan usa o mesmo estrategema [Ó, falei bonito] que foi usado no futebol: Falar do papai do moleque. Com isso, ele se emputece, vai pra cima e apanha legal. Apanha MESMO, já que ele se recusa a desistir e só para quando desmaia.
Então, Max, também conhecido como “o moleque que tava apanhando e ele tentou ajudar”, o leva pra casa e indica um lugar pra treinar: a academia de Jean Roqua.
A partir dai, por um bom tempo, o filme se torna uma versão teen de Rocky. Treinamento, treinamento foda, treinamento do caralho, até que o moleque fica fodão no Jiu Jitsu.

 “Pra dançar créu, tem que ter disposição!

Com o treinamento, ele fica amigo do negão, que é brasileiro e treinou com os Gracie [Pra quem não sabe, a família Gracie é sinônimo de Jiu Jitsu no mundo todo]. Eles criam um vínculo de amizade e Roqua meio que vira o pai que Jake não tem mais. Só que chega uma hora que o baitola Ryan, depois de tanto ouvir que Jake treinou e tá fodão e blá blá blá, quer uma nova luta com ele. Só que uma das regras de Roqua é: Não faça xixi no tatame! Não lute fora do ringue, ou sem regras, ou algo assim. Só que o loiro com cara de cu usa de métodos sujos pra convencer o outro a lutar. E se eu contar mais, é capaz de vocês encherem o saco por spoiler, pra variar. Sem contar que, como é previsivel, ele fica com a loirinha no final, o vilão não é mais tão vilão e todo mundo tá feliz, resolvendo seus problemas. Bem Malhação, mesmo.

 “Tá de castigo, moleque…”

Quebrando Regras, por mais clichê que pareça [E até seja], é um filme legal, que faz o que se propoe, e até mais. Talvez porque eu goste de pancada comendo solta e de histórias de superação. Mas filme brainless é pra isso mesmo, pra não pensar, só sentir. [UI!]

Quebrando Regras

Never Back Down (110 minutos – Ação)
Lançamento: EUA, 2008
Direção: Jeff Wadlow
Roteiro: Chris Hauty
Elenco: Sean Faris, Amber Heard, Cam Gigandet, Evan Peters, Leslie Hope, Djimon Hounsou, Wyatt Smith, Affion Crockett, Neil Brown Jr., Lauren Leech

Leia mais em: ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Putaquepariu. De onde eu conheço esse ator? ¬¬

  • @Manuela
    É um genérico do Tom Cruise

  • Felipe

    1º : O Jean Roqua não é brasileiro,ele só morava no Brasil,na verdade é do Senegal.
    2º : O que o Jake aprendeu ta mais pra MMA(mixed martial arts) do que jiu jitsu.

    É um bom filme…

  • @Felipe
    Ele tem uma bandeira do BRASIL na academia… Entre outras coisas.

busca

confira

quem?

baconfrito