Previsões para o Oscar 2010

Primeira Fila sexta-feira, 05 de março de 2010

Oscar de novo esse ano e eu, no momento, devido a pressa, nem vou ter vergonha de me plagiar no formato do que escrevi ano passado. Mas cês nem ligam, né?

Lembrando, como sempre, que é impossível adivinhar o que se passa na cabeça dos lesados que escolhem os ganhadores. Isso aqui são chutes vendados. Eu não estranharia nem se a Sandra Bullock ganhasse um Oscar de melhor atriz coadjuvante.

Melhor Filme

• “Avatar”
• “Um Sonho Possível”
• “Distrito 9”
• “Uma Educação”
• “Guerra ao Terror”
• “Bastardos Inglórios”
• “Preciosa”
• “Um Homem Sério”
• “Up”
• “Amor sem Escalas”

And the Oscar must go to…
Avatar. Se outro filme ganhar essa estatueta eu dormiria feliz vai ser uma surpresa. É atualmente a maior bilheteria da história e continua em cartaz. James Cameron brincou de deus e foi, de fato, o criador de um universo novo e fantástico. Os efeitos especiais são de outro mundo e valeram os anos de espera pelo desenvolvimento de uma nova tecnologia especialmente pra isso.

Mas eu acho que… Cameron gastou 10 anos avaliando cores e desenvolvendo um mundo novo. E se saiu bem por esse ângulo. As pessoas que glorificam esse filme esquecem que a busca pela obra perfeita inclui – em especial, na minha opinião – um bom roteiro e um diretor que trabalhe em harmonia com os atores. O que derruba Avatar é a absoluta pieguice no roteiro, além de algumas atuações sofríveis. Por isso, gostaria que o Oscar fosse pro Bastardos Inglórios. Sim, do Tarantino. Explico depois.

Melhor Ator

• Jeff Bridges em “Crazy Heart”
• George Clooney em “Amor sem Escalas”
• Colin Firth em “A Single Man”
• Morgan Freeman em “Invictus”
• Jeremy Renner em “Guerra ao Terror”

And the Oscar must go to…
George Clooney. Essa foi um dos chutes mais chutados de todas as categorias, já que são todos atores em atuações medianas (Com uma exceção que vou falar daqui a pouco) e que estão esperando seu careca há tempos. Vou com o Globo de Ouro e digo que o coroa bonitão ganha.

Mas eu acho que… Morgan Freeman tá sensacional como Mandela, mas a Academia tem algum tipo de preconceito com personagens históricos. E digo ainda que tá faltando o Brad Pitt e seu escalpos aí nessa lista.

Melhor Ator Coadjuvante

• Matt Damon em “Invictus”
• Woody Harrelson em “The Messenger”
• Christopher Plummer em “The Last Station”
• Stanley Tucci em “The Lovely Bones”
• Christoph Waltz em “Bastardos Inglórios”

And the Oscar must go to…
Cristoph Waltz. A atuação do cara dava ao mesmo tempo calafrios e uma vontade incontrolável de rir. Isso sim é memorável.

Melhor Atriz

• Sandra Bullock em “Um Sonho Possível”
• Helen Mirren em “The Last Station”
• Carey Mulligan em “Uma Educação”
• Gabourey Sidibe em “Preciosa”
• Meryl Streep em “Julie & Julia”

And the Oscar must go to…
Gabourey Sidibe. O Oscar adora um personagem gordo sofrido – do tipo que tá grávida pela segunda vez do pai que a estupra – que dá um jeito de interromper o drama extremado antes que fique fisicamente dolorido pros espectadores.

Mas eu acho que… a Meryl podia GANHAR o careca, pra variar. Não que o personagem seja lá essas coisas, mas a voz que ela “criou” é hilária.

Melhor Atriz Coadjuvante

• Penélope Cruz em “Nine”
• Vera Farmiga em “Amor sem Escalas”
• Maggie Gyllenhaal em “Crazy Heart”
• Anna Kendrick em “Amor sem Escalas”
• Mo’Nique em “Preciosa”

And the Oscar must go to…
Mo’Nique. Pra ter um personagem sofrido como o que falei acima, é preciso ter um pra fazer sofrer. Fora que entre as indicadas, é a menos ruim.

Mas eu acho que… Maggie Gyllenhal, além de ter um nome divertido apesar de eu não saber escrever sozinha, tá uma graça em Crazy Heart. Não memorável, mas… bonitinha.

Animação

• “Coraline” Henry Selick
• “Fantastic Mr. Fox” Wes Eerson
• “A Princesa e o Sapo” John Musker e Ron Clements
• “The Secret of Kells” Tomm Moore
• “Up” Pete Docter

And the Oscar must go to…
Up. Certeza. Merecidamente.

Direção de Arte

• “Avatar” Direção de arte: Rick Carter e Robert Stromberg; Decoração: Kim Sinclair
• “The Imaginarium of Doctor Parnassus” Direção de arte: Dave Warren e Anastasia Masaro; Decoração: Caroline Smith
• “Nine” Direção de arte: John Myhre; Decoração: Gordon Sim
• “Sherlock Holmes” Direção de arte: Sarah Greenwood; Decoração: Katie Spencer
• “The Young Victoria” Direção de arte: Patrice Vermette; Decoração: Maggie Gray

And the Oscar must go to…
Avatar. Eu discordo que sequer exista “decoração” ali, uma vez que não tem nem cenário propriamente dizendo, mas certeza que a academia discorda.

Mas eu acho que… Sarah Greenwood criou com perfeição a Londres da época do Sherlock, fugindo daquele bairro pomposo e mostrando a Baker Street como ela realmente é: uma zona.

Fotografia

• “Avatar” Mauro Fiore
• “Harry Potter e o Príncipe Mestiço” Bruno Delbonnel
• “Guerra ao Terror” Barry Ackroyd
• “Bastardos Inglórios” Robert Richardson
• “A Fita Branca” Christian Berger

And the Oscar must go to…
Avatar. Sem mais.

Figurino

• “Bright Star” Janet Patterson
• “Coco antes de Chanel” Catherine Leterrier
• “The Imaginarium of Doctor Parnassus” Monique Prudhomme
• “Nine” Colleen Atwood
• “The Young Victoria” Sey Powell

And the Oscar must go to…
Coco antes de Chanel. Se vocês entendem QUALQUER COISA de moda, sabem o que esse nome significa.

Direção

• “Avatar” James Cameron
• “Guerra ao Terror” Kathryn Bigelow
• “Bastardos Inglórios” Quentin Tarantino
• “Preciosa” Lee Daniels
• “Amor sem Escalas” Jason Reitman

And the Oscar must go to…
James Cameron. Eu devo escrever um texto sobre esse senhor ainda esse ano, mas quem acompanhou o Globo de Ouro sabe que ele é um puto arrogante, hipócrita e que cospe na testa dos manés que não cansam de glorificar qualquer merda que ele faz. Mas os primeiros na fila dos adoradores são os votantes do Oscar e eu acho improvável que ele não ganhe, sei lá o por quê.

Mas eu acho que… o Tarantela merecia. Não, cês não leram errado. Eu disse que o Oscar deveria ir pro Tarantino. O cara é um tosco, mas acertou bem lá no meio do alvo com Bastardos Inglórios. Todos os personagens são engraçados, as tiradas são colocadas na hora perfeita, o roteiro foi bem amarrado, os atores estão inspiradíssimos – todos – e os ângulos das câmeras são orgásmicos. E nem todo o meu ódio pelo cover do Samuel Rosa é o bastante pra deixar de assumir que isso tudo é trabalho de uma boa direção.

Vale aqui ainda meu protesto pela falta do Guy Ritchie e, óbvio, pelo Almodóvar.

Edição

• “Avatar” Stephen Rivkin, John Refoua e James Cameron
• “Distrito 9” Julian Clarke
• “Guerra ao Terror” Bob Murawski e Chris Innis
• “Bastardos Inglórios” Sally Menke
• “Preciosa” Joe Klotz

And the Oscar must go to…
Avatar. Bah.

Mas eu acho que… mais uma vez, Bastardos Inglórios merecia mais. A divisão dos capítulos foi uma ideia que finalmente deu certo num filme do Tarântula.

Maquiagem

• “Il Divo” Aldo Signoretti e Vittorio Sodano
• “Star Trek” Barney Burman, Mindy Hall e Joel Harlow
• “The Young Victoria” Jon Henry Gordon e Jenny Shircore

And the Oscar must go to…
Star Trek. Só pra não sair de mãos abanando.

Trilha Sonora

• “Avatar” James Horner
• “Fantastic Mr. Fox” Alexere Desplat
• “Guerra ao Terror” Marco Beltrami e Buck Seers
• “Sherlock Holmes” Hans Zimmer
• “Up” Michael Giacchino

And the Oscar must go to…
Avatar. Pff.

Mas eu acho que… Sherlock Holmes e o violino torto do cara com um toque irlandês nas cenas de ação mereciam mais.

Música

• “Almost There” from “A Princesa e o Sapo” Music e Lyric by Rey Newman
• “Down em New Orleans” from “A Princesa e o Sapo” Music e Lyric by Rey Newman
• “Loin de Paname” from “Paris 36” Music by Reinhardt Wagner Lyric by Frank Thomas
• “Take It All” from “Nine” Music e Lyric by Maury Yeston
• “The Weary Kind (Theme from Crazy Heart)” from “Crazy Heart” Music e Lyric by Ryan Bingham e T Bone Burnett

And the Oscar must go to…
The Weary Kind. É a mais “oscar” das opções.

Mas eu acho que… “Almost There” é absolutamente apaixonante. Pra vocês terem uma ideia, eu não vi o filme mas tive que procurar a trilha sonora completa do “A Princesa e o Sapo” depois de ouvir essa música. A letra é do tipo que anima e a pegada jazz de New Orleans deve tomar conta do filme todo. Só me resta esperar o DVD.

Mixagem de Som

• “Avatar” Christopher Boyes e Gwendolyn Yates Whittle
• “Guerra ao Terror” Paul N.J. Ottosson
• “Bastardos Inglórios” Wylie Stateman
• “Star Trek” Mark Stoeckinger e Alan Rankin
• “Up” Michael Silvers e Tom Myers

And the Oscar must go to…
Avatar. Não que eu já tenha entendido a diferença de mixagem pra edição de som.

Edição de Som

• “Avatar” Christopher Boyes, Gary Summers, Ey Nelson e Tony Johnson
• “Guerra ao Terror” Paul N.J. Ottosson e Ray Beckett
• “Bastardos Inglórios” Michael Minkler, Tony Lamberti e Mark Ulano
• “Star Trek” Anna Behlmer, Ey Nelson e Peter J. Devlin
• “Transformers: Revenge of the Fallen” Greg P. Russell, Gary Summers e Geoffrey Patterson

And the Oscar must go to…
Avatar.

Efeitos Especiais

• “Avatar” Joe Letteri, Stephen Rosenbaum, Richard Baneham e Erew R. Jones
• “Distrito 9” Dan Kaufman, Peter Muyzers, Robert Habros e Matt Aitken
• “Star Trek” Roger Guyett, Russell Earl, Paul Kavanagh e Burt Dalton

And the Oscar must go to…
Avatar. O único prêmio verdadeiramente merecido, sem a menor discussão.

Roteiro Adaptado

• “Distrito 9” Written by Neill Blomkamp e Terri Tatchell
• “Uma Educação” Screenplay by Nick Hornby
• “In the Loop” Screenplay by Jesse Armstrong, Simon Blackwell, Armeo Iannucci, Tony Roche
• “Preciosa” Screenplay by Geoffrey Fletcher
• “Amor sem Escalas” Screenplay by Jason Reitman e Sheldon Turner

And the Oscar must go to…
Preciosa. Como eu disse, a Academia é chegada num drama.

Roteiro Original

• “Guerra ao Terror” Written by Mark Boal
• “Bastardos Inglórios” Written by Quentin Tarantino
• “The Messenger” Written by Alessero Camon & Oren Moverman
• “Um Homem Sério” Written by Joel Coen & Ethan Coen
• “Up” Screenplay by Bob Peterson, Pete Docter, Story by Pete Docter, Bob Peterson, Tom McCarthy

And the Oscar must go to…
Bastardos Inglórios.

É isso. Eu vou finalmente ter umas mini-férias, então vou ter sorte se não assistir a cerimônia tomando glicose numa cama de hospital. Nada melhor do que a companhia do José Wilker pra curar todos os males. Enquanto isso, façam suas apostas aí embaixo.

Leia mais em:

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Jorge Delamare

    Concordo com a maioria de suas indicações. Se bem que não assisti muitos dos indicados… tô meio por fora. Também preferiria que Bastardos Inglórios ganhasse como Melhor filme, deixando Avatar com direçao de arte, fotografia….
    Um detalhe… NENHUM Oscar pra Guerra ao Terror? Merece nem que seja um Melhor ator…. “soh por caridade” :P Nessas horas o emocional fala mais alto em mim…..

  • Oscar é oscar, dá até preguiça acompanhar o que esses malucos da academia escolhem. Agora, deixar Watchmen de fora de “Roteiro Adaptado” e “Edição de Som” me parece uma das maiores besteiras já feitas. Merecia ao menos a indicação.

  • Thiago

    Avatar é divertido…mas sinceramente não merece tantos “carecas” quanto dizem! Vale dizer que eu acho que não somente Bastardos, mas também o Sherlock merecia umas estatuetas a mais!
    E bem…Guerra ao Terror deve levar algum prêmio sim! Filme um tanto quanto “patriota”, então tem seu lugar no peito dos votantes!

  • yuri

    Tarantino Girl!
    Se rendeu ao cara. Até que enfim!

  • Uiara

    Menos, Yuri… BEM menos.

  • Jorge Delamare

    Até que as previsões não foram tão mal…. teve seus escorregões significativos, especialmente por não ter dado mt crédito a Guerra ao Terror que foi o grande vencedor… mas, confesso, nem eu botava mt fé…
    Por muito pouco, mas passou por média, Mãe Dinah.
    :P

busca

confira

quem?

baconfrito