Porque atores bons fazem filmes ruins?

Primeira Fila sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Estava eu assistindo a segunda temporada do seriado Entourage, que mostra os bastidores de um astro em Hollywood, quando surge uma questão bastante curiosa: após fazer um filme independente, o jovem astro Vince Chase é meio que obrigado pelo seu agente a fazer o filme Aquaman, uma super produção com um cachê milionário, que Vince necessita para pagar sua nova mansão e seu dispendioso custo de vida. Assim, me lembrei que vira e mexe algum ator de prestígio, principalmente após ganhar um prêmio como o Oscar, se envolve em produções de qualidade duvidosas que somente se justificam por inflacionarem seus cachês, escolhas equivocadas do próprio ou a divulgada Maldição pós-Oscar.

O primeiro nome que me vem á mente é Nicolas Cage. Sobrinho do diretor Francis Coppola, Cage abocanhou o Oscar em 94 pelo excelente desempenho como alcoólatra em Despedida de Las Vegas. Desde então, o ator vem diversificando suas escolhas em produções menores e filmes de ação, como 60 Segundos e Com Air. No entanto, nestes últimos dois anos Cage apareceu em nada mais, nada menos do que em cinco produções: O Sol da Cada Manhã, As Torres Gêmeas, O Sacrifício, Motoqueiro Fantasma e O Vidente (que estréia agora). Em comum, todos os filmes foram mal de bilheterias, inclusive Motoqueiro Fantasma, que mesmo rendendo mais de 100 milhões de dólares nos EUA, era esperado muito mais pelo investimento no filme (também na faixa dos 100 milhões).

nicolas“Como este roteiro porcaria caiu em minhas mãos?”

O futuro de Cage ainda está atrelado a filmes comerciais como a continuação do seu último sucesso A Lenda do Tesouro Perdido, que estréia no final do ano nos Eua e por aqui em janeiro. Mas ainda em 2008 Cage terá a chance de se redimir no drama Amarillo Slim, do excelente diretor Milos Forman, de Amadeus e O Estranho no Ninho.

Outro exemplo fácil de encontrar é o ator Cuba Gooding Jr., que ganhou o Oscar de ator coadjuvante por Jerry Maguire (da famosa cena “Show me the Money”). Depois do prêmio, Cuba ainda se envolveu em produções como Homens de Honra, com Robert De Niro. No entanto, nos últimos anos encontra-se o ator fazendo filmes de ação de segunda categoria, como End Game e Dirty (lançados diretamente me dvd) e nas comédias idiotas americanas como Norbit e na continuação de A Creche do Papai, que irá estrear nos cinemas (a princípio) com o título Acampamento do Papai, fracasso de bilheteria nos Eua. Imaginem a qualidade do filme.

cubaBom ator? dúvidas…

Contudo, esta situação não se restringe somente aos atores. Atrizes de renomado talento se perdem em produções de pouco reconhecimento, como Marisa Tomei, que ganhou o prêmio de atriz coadjuvante por Meu Primo Vinny (alguém ainda lembra deste filme?). Mesmo a bi-oscarizada Hilary Swank, que a cada Oscar ganho faz produções como O Núcleo e A Colheita do Mal. Porém, atriz que me chama a atenção pelas más escolhas é Halle Berry. De talento inegável (quem viu A Última Ceia pode notar), vem optando por produções de grandes estúdios, como a cinessérie X-Men e 007, ou ainda produções constrangedoras como Mulher-Gato, Na Companhia do Medo e o recente A Estranha Perfeita. A atriz ainda não conseguiu encaixar um filme decente desde seu merecido Oscar. Com certeza isto deve estar preocupando seu agente e a própria atriz.

halleUma foto menos formal

De concreto, fica-se com impressão da difícil tarefa que deve ser escolher um filme somente pelo roteiro, ou mesmo argumento, sem saber direito quem deve ser o diretor ou os demais atores do elenco. Mas nota-se que sempre que um ator se destaca por uma interpretação num filme menor, inegavelmente seu agente ou empresário deve forçá-lo a aceitar o convite de algum produtor de Hollywood para aumentar o cachê do mesmo, independente do filme. Por vocês que atores se venderam por um ótimo cachê em um filme ruim?

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Joao

    Concordo..na maioria das vezes e isso!

  • Friederichs

    Cara, será q agentes tem tanta influencia assim sobre os atores?

  • bel

    dei arrumadinha sintática no seu texto, ok?

    de resto, outro que fazia filme bom mas que só tá fazendo porqueira é o robin williams. ele dublou o gênio de aladin, fez jiumanji (rox!), o homem bicentenário, gênio indomável… mas atualmente só tá fazendo porcaria. e eu gostava tanto dele ;_;

  • Bruno.com

    sei lá, acho que o que importa prum ator é fazer personagens diferentes, que sejam uma prova pra sua capacidade de interpretação.

    o cage ta ótimo em “o sol de cada manhã”, o filme em si tem grande graça por causa da sua interpretação, contando, óbvio, com um bom roteiro.

    e em “o vidente”, que, graças a pirataria dos dias atuais, eu ja vi a semanas, ele também esta ótimo, pena que meio que parece ele em “cidade dos anjos”, se bem que ele tbm esta ótimo em cidade dos anjos….sei la

    acho que tbm eles escolhem um papel para ganhar bastante dinheiro (assim como ele fez em o tesouro perdido, que é um filme todos porcento comercial, e é bem legalzinho, apesar de eu achar meio indiana jones a idéia do segundo filme, que vai ser sobre a caixa de pandora)

    enfim …. eles tem mais é que se vender quando precisam, e escolher quando podem…

  • Claro que eu lembro de Meu Primo Vinny. Clássico absoluto da Sessão da Tarde.

  • Fernando Rocha

    Nicole Kidman… só ta fazendo merda.

  • Muito bom o que você disse. Eu já havia reparado nisso. O meu exemplo é mais crítico até: Tom Hanks. Eu o acho um ator excelente, mas o que o levou a participar de “O matador de velinhas”, ou algo di tipo? Não há explicação! Entre outros casos…Fica aí um mistério..
    Mas cá entre nós, por uns 30 milhões de verdinhas você recusaria participar?

  • Cláudio Oliveira

    Há uma lenda de Hollywood que diz que Marisa Tomei não foi eleita pela academia. O que teria acontecido é que Jack Palance, que lia as indicadas ao prêmio, se enrolou com os óculos na hora de abrir o envelope, ficou nervoso e anunciou o nome da última indicada, que ainda aparecia no telão como vencedora: Tomei. Dadas as circuntâncias (idade de Palance, atuações de Tomei), a história é bem plausível…

  • Letícia

    Ahah!! Muito bom, Paulo, e você me fez lembrar do Wolverine!!
    Você citou X-Men como má escolha da Halle Berry, mas… bom, eu gostei do filme! E ninguém pode dizer que o … não está bem como Wolverine…
    Mas aí o cara me vem com Van Helsing, um filme horroroso, pel’amordedeus.
    Trazendo um pouco disso pro Brasil, eu pergunto por que diabos atores brasileiros tão bons entram em novelas TÃO ruins.
    Ah, mas deixa eles ganharem dinheiro, né… Fica mal pra eles, nem é pra gente, nééééé…

busca

confira

quem?

baconfrito