Por que você ainda não assiste a Trailer Park Boys?

Televisão sexta-feira, 07 de junho de 2019

Esse texto faz parte de uma série, em que ex-colaboradores e conhecidos retratam sua percepção sobre os 10 anos de Bacon. Nem parece, né?

As pessoas me param na rua pra perguntar por que o AOE morreu.

Seu cu morreu.

 AIIIIIN NÃO MORREU NÃO, TÁ VIVAÇO E LATEJANTE!

Vocês deveriam tomar vergonha na cara e começar a parar outras pessoas na rua pra perguntar algo mais produtivo, como “É ‘o’ ou ‘a’ Kauany?”, “Como tirar cheiro de alho da roula?” ou “Por que você ainda não assiste a Trailer Park Boys?

 HUR

A premissa da série, que é no formato mockumentary (pseudodocumentário), é bem simples: Dois caras tentam ganhar dinheiro – de maneira ilegal – o suficiente para se aposentar, preferencialmente evitando a cadeia. Os “trabalhos” vão de cultivar maconha a quebrar a lei só um pouquinho, e o final é quase sempre o mesmo.

Só que cada vez mais absurdo.

Ricky é o estúpido da dupla, mas cultiva maconha e engana poliças como ninguém; e Julian é o cara das ideias infalíveis que tem um copo de bebida como Mjölnir (q). A dupla conta com a ajuda de Bubbles, o cara mais sensato do trailer park, e Cory e Trevor (e futuramente Jacob), dois (três) Pizurks.

Não é exagero, os dois (três) são de um extremo retardo que pqp.

 Opa, tive um déjà vu com as reuniões do Secretária Eletrônica no AOE

Há ainda Lucy, a atual/ex (Loop) de Ricky, sua filha Trinity e a gordinha Sarah, que no começo tem um papel bem aleatório. A dupla rapper T e J-Roc dão um toque ainda mais Q à série e, por fim, há os responsáveis pela “””zeladoria””” do trailer park: Jim Lahey, um ex-policial alcoólatra, e Randy, um… Randy. É, acho que a única definição pra esse cara é que ele é um Randy. Randers. Randy Bobandy. Randingo. Randy Man. Ran Ran Sexy Man.

 Sim, você já viu esse gif por aí.

Há também participações especiais de famosos, como Ellen Page (ainda criança), Alex Lifeson (Rush), Sebastian Bach, Snoop Dogg, Jimmy Kimmel, Doug Benson e Tom Arnold (esses quatro últimos proporcionaram alguns dos momentos mais insanos da série). Há também um certo fetiche com o Patrick Swayze, que basicamente ganhou uma temporada inteira em sua “homenagem”.

 HOLY SWEET MOTHER OF MAPLE SYRUP TREES!

Em meio a tanta parada repetitiva por aí, Trailer Park Boys se diferencia por ser algo propositalmente feito nas coxas, que aparenta ser na base do improviso e com humor retardado. Ou seja, é como todo bom mockumentary deveria ser.

Quando foi adquirido pela Netflix, a série ganhou uma certa qualidade na produção, mas manteve a essência (o retardo). E mesmo com alguns personagens saindo ao longo da série (alguns morreram), a coisa não desanda.

Inclusive, a Netflix tem acertado em séries cômicas. I Think You Should Leave with Tim Robinson, que é um Monty Python moderno (Zorra Total?), e It’s Bruno, que é um Curb Your Enthusiasm com cachorros na vizinhança, são alguns exemplos.

 Trailer Park Boys também é filosofia

Bom, não tem mais desculpa: vá assistir. Atualmente há 12 temporadas na Netflix, de 10 (ou menos) episódios de meia hora cada. Também há extras e uma animação, além de alguns filmes, mas ainda não assisti essas porras aí.

Até 2029!

Após se distanciar da internet e virar guru de rednecks, théo perdeu tudo na vida ao engravidar de Billy Bob Joey e ter de fugir para ter seu filho no Brasil.

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito